Sem Categoria

10 momentos na vida de um médico

  1. Ouvir o grito de um recém-nascido;

2. O despertar de um paciente comatoso;

3. Ouvir o som de reiniciar os batimentos cardíacos ao ressuscitar um paciente;

4. O verdadeiro obrigado de um paciente aliviado de dor/ stress/doença;

5. Quando uma  cirurgia / procedimento ocorre  sem complicações;

6. Quando você silenciosamente prova seu argumento clínico com bons resultados;

7. Quando você sabe que não são apenas as habilidades médicas, mas também o seu envolvimento emocional, rapidez e coordenação que salvou o paciente;

8. Quando alguém aleatoriamente o reconhece em público e o agradece na frente de seus filhos e familiares;

9. Quando a polícia de trânsito “deixa-lo ir” por motivos pequenos apenas porque você é um médico, especialmente no caminho para uma emergência;

10. Quando alguém no trabalho diz “vá descansar um pouco agora… você tem trabalhado demais”;

Há muitos mais. Cada dia é cheio de lágrimas e sorrisos, e o médico tem que equilibrar estes usando sua alma como ponto de apoio. No final do dia, a morte humilha todo mundo, mas é o médico que está para defender a vida de todos os outros sem pensar se eles são bons ou maus, amigo ou inimigo. Quem vai acreditar que casa, família, e até mesmo amor, são alegrias secundárias para a maioria dos médicos, e vem depois de terem atendido todos os problemas do seu paciente? Este orgulho é precioso. O sofrimento é uma escolha. As recompensas imateriais.

  Dr. Rajas Deshpande

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar