Ciclos da Medicina

Aprenda como estudar para passar na residência do SUS SP

Aprenda como estudar para passar na residência do SUS SP

Compartilhar

A residência médica do SUS SP é uma das maiores e mais disputadas do Brasil. Na última edição da prova foram mais de 780 vagas oferecidas entre os 52 programas de residência. E houve mais de 13,7 mil inscritos.

É importante lembrar que o processo seletivo é unificado. Ao se inscrever no SUS SP, o(a) candidato(a) concorre a todas as vagas disponíveis. A escolha da instituição que ele(a) vai cursar ocorre meio por uma espécie de “leilão de vagas”.

A prioridade na escolha da instituição é com base na classificação dos candidatos. Quanto melhor a classificação, mais chances você tem de fazer a residência naquela instituição tão sonhada.

Para te ajudar a entrar na lista dos aprovados, e até no topo das colocações, a Sanar está oferecendo mentorias gratuitas.

Sem pagar nada, você pode ter acesso direto aos nossos professores. Em um grupo exclusivo, eles enviam conteúdos, tiram dúvidas, mandam cronogramas de estudo e enviam convites para aulas ao vivo.

Um dos mentores deste projeto é o professor Vinícius Destefani. Recentemente, ele convidou os mentorandos dele para a aula “Como fazer 87 pontos no SUS SP estudando somente três meses?”.

Na ocasião, ele compartilhou um cronograma de estudos bem objetivo e deu várias dicas valiosas. A aula foi tão boa que resolvemos trazê-la para o site oficial da Sanar. Queremos que ainda mais pessoas tenham acesso ao conteúdo.

O que fazer para ser aprovado na residência do SUS SP?

Nesta reta final de preparação, não adianta mais ficar se matando de ler apostilas. Por isso, o professor Vinícius montou um cronograma focado em como acertar o máximo de questões possíveis nas grandes áreas. Elas são responsáveis por uma grande porcentagem das questões das provas.

As grandes áreas são:

  • Clínica Médica
  • Cirurgia Geral
  • Obstetrícia e Ginecologia
  • Pediatria
  • Medicina Preventiva e Social

“Quem não passa na residência do SUS-SP é porque erra o básico. Erra questões das grandes áreas. Não adianta acertar as questões mais difíceis e errar as básicas. Errar 3 ou 4 de clínica médica, mais 3 de cirurgia geral e por aí vai. Isso compromete totalmente o resultado”, alerta Vinícius Destefani.

O professor da Sanar ainda conta que esse é o momento de tornar os estudos objetivos. Ele deu orientações importantes para todos os tipos de estudante. Confira:

Vai fazer prova para mais de uma instituição?

Defina qual você quer mais. Para essa, você tira um tempo para assistir aulas sobre os conteúdos especificados no edital e fazer as questões. E as demais você foca em assimilar como são os estilos de questão. E em fazer questões mesmo.

Tem tempo para estudar?

A dica é assista uma aula sobre um assunto do cronograma e depois parta para rodada de questões. Vale fazer questões mais gerais e cerca de 25 questões sobre o assunto específico que escolheu estudar naquele dia. Você também pode ler algumas coisas na apostila para complementar o que aprendeu na aula.

Tem a rotina mais corrida?

Foque em fazer questões. Treine bastante. Você deve recorrer as aulas e/ou apostilas para aprender mais sobre os assuntos que têm dúvida, que errou mais questões.

Qual é a dica de ouro para passar na residência do SUS-SP?

Estude com um caderninho de erro. Para isso, quando estiver fazendo rodadas de questões, você deve anotar o tema das perguntas que errou. E, em seguida, ler o comentário desta questão e conferir na sua apostila a explicação sobre esse assunto.

A sua leitura, tanto do comentário como da apostila, precisa ser direcionada. Você deve entender o que faltou você analisar no enunciado da questão para respondê-la e acertar.

Quer mais dicas? Assista a aula completa

Aproveita para acessar o site do “Se é Prova, A gente Aprova” e se inscrever gratuitamente na mentoria do Vinícius Cogo. Estude com a Sanar e garanta sua aprovação na residência.

Veja também:

Como estudar de forma eficiente para prova de residência médica

Cronograma de estudo SUS-SP

Dez especialidades médicas mais procuradas para residência

Compartilhe com seus amigos: