Como e por que revisar artigos para o Jornal Brasileiro de Pneumologia

Como e por que revisar artigos para o Jornal Brasileiro de Pneumologia

Autores:

Bruno Guedes Baldi,
Pedro Rodrigues Genta

ARTIGO ORIGINAL

Jornal Brasileiro de Pneumologia

versão impressa ISSN 1806-3713versão On-line ISSN 1806-3756

J. bras. pneumol. vol.45 no.5 São Paulo 2019 Epub 07-Out-2019

http://dx.doi.org/10.1590/1806-3713/e20190319

A Sociedade Real de Edimburgo, a partir de 1731, adotou um sistema de revisão de artigos científicos por seus membros que é reconhecido como o precursor do processo de revisão por pares. O sistema de revisão de artigos científicos por pares continua a ser empregado por toda a comunidade científica, com uma novidade a partir da segunda metade do século passado, que foi o convite de revisores externos às sociedades científicas.1 Esse sistema é a força motriz da qual as publicações científicas dependem.

O revisor tem a responsabilidade de melhorar a qualidade do artigo e a clareza da mensagem transmitida, minimizando erros em diversos pontos, como em metodologia, escrita e qualidade do uso do idioma, assim como na apresentação e interpretação dos resultados, emitindo impressões que auxiliam o editor na tomada de decisões.2,3 Idealmente, um artigo sai do processo de revisão lapidado, tendo incorporado melhorias em seu formato e adquirindo maior acuidade científica.

O presente editorial tem como objetivos reforçar as razões para a participação da comunidade científica na realização de revisão de artigos submetidos ao Jornal Brasileiro de Pneumologia (JBP) e descrever, de forma sucinta, sugestões de como avaliar um trabalho científico.

POR QUE REVISAR UM ARTIGO CIENTÍFICO?

  • Auxiliar a comunidade científica: se você é um autor renomado, você estará retribuindo as revisões de seus trabalhos e poderá prestar um enorme apoio a um jovem cientista pelas orientações que poderá oferecer. Se você é um jovem cientista, você certamente se beneficiará, obtendo experiência. Seja júnior ou sênior, a revisão de artigos é uma atividade fundamental para as publicações científicas no mundo todo, incluindo o JBP. A disponibilidade de revisores afinados com o propósito do JBP permitirá que o periódico se aprimore progressivamente pela redução do tempo durante o qual um artigo fica aguardando a revisão, assim como pela constante melhora da qualidade das avaliações. O resultado é a atração da submissão de artigos com qualidade progressivamente melhor, refletindo o amadurecimento da nossa comunidade científica, o que contribui para a evolução da ciência na área respiratória e em outras afins.

  • Manter-se atualizado em sua área: revisando artigos, você terá a oportunidade de rever a literatura pertinente e ter contato com a produção científica atualizada. Adicionalmente, você poderá conhecer novos métodos e diferentes abordagens para problemas comuns.

  • Melhorar a capacidade de revisão e a análise crítica: a revisão de artigos não só aprimora sua capacidade em avaliar e revisar textos científicos, bem como aperfeiçoa suas qualidades em escrever um artigo.

  • Tornar-se corresponsável pelo artigo: o revisor se torna corresponsável pelo artigo, e isso por si só é uma enorme recompensa.

  • Obter prestígio pelos pares no assunto: constar da lista de revisores de uma publicação indica que você é uma autoridade confiável na área respectiva.

COMO REVISAR UM ARTIGO CIENTÍFICO?

Recomendações para a revisão de um artigo científico estão apresentadas no Quadro 1. Antes de aceitar a avaliação de um artigo, o revisor deve verificar três pontos fundamentais2-4: 1) se o artigo está inserido na sua área de experiência; 2) se há algum conflito de interesse em relação ao artigo em questão; e 3) se tem disponibilidade para cumprir os prazos estabelecidos.

Quadro 1 Recomendações para a revisão de um artigo científico. 

Comentários gerais
• Verifique se o tema está incluído na sua área de atuação, se há conflito de interesses, e se há disponibilidade para cumprir os prazos • Seja claro, conciso, respeitoso e ético • Evite comentários ofensivos • Avalie aspectos metodológicos, escrita, qualidade do uso do idioma, apresentação e interpretações dos resultados • Observe a relevância e a originalidade do trabalho • Realize uma leitura inicial para obter uma impressão geral do artigo • Na elaboração da revisão, escreva um parágrafo inicial resumindo os principais resultados e, em seguida, os divida em comentários maiores e menores
Seção a seção
• Título
Objetivo e claro Coerência com o texto
• Resumo
Verificar se reflete os pontos-chave do artigo
• Introdução
Deve ser sucinta, com 2-3 parágrafos Avaliar se descreve o escopo do problema e lacunas na literatura Deve ser racional e hipóteses do estudo devem estar incluídas no parágrafo final
• Metodologia
Observar se está suficientemente detalhada para permitir replicação Características do estudo devem estar apresentadas, incluindo tipo, desenho, população, critérios de inclusão e exclusão, desfechos e tamanho amostral Avaliar se utilizou técnicas adequadas Análise estatística utilizada, aprovação do comitê de ética local e consentimento informado (se pertinente) necessitam estar inseridos
• Resultados
Devem refletir de forma clara o que foi apresentado na metodologia Interpretações e especulações não devem ser apresentadas nos resultados Verificar a apresentação e qualidade de tabelas e figuras Tabelas e figuras não devem em geral repetir informações contidas no texto
• Discussão
No primeiro parágrafo, recomenda-se que o resumo dos resultados esteja apresentado Observar se foi contextualizado, a seguir, com informações da literatura Parágrafo sobre limitações do estudo deve estar apresentado
• Conclusões
Observar se as conclusões estão coerentes com os resultados e a hipótese levantada Perspectivas futuras podem ser acrescentadas
• Referências
Devem ser atuais e pertinentes Observar se atendem o padrão da publicação

No processo de revisão é importante que sejam lidas as instruções aos revisores e que esses tenham ciência do escopo do periódico. O revisor deve demonstrar cuidado, transparência, ética e profissionalismo. Faça comentários construtivos e elabore justificativas, lembrando que o objetivo principal é melhorar a qualidade do artigo.2-4 Tenha paciência com autores menos experientes, sobretudo quando enxergar um potencial para a pesquisa apresentada. Seja respeitoso nos comentários, pois uma revisão rude pode ser o suficiente para um jovem pesquisador perder noites de sono e desencorajar-se. Seja claro e conciso na solicitação de revisão e não tente modificar significativamente o manuscrito. Um trabalho com muitas deficiências deve ser rejeitado na primeira revisão.3,5 Rejeitar o trabalho depois de uma extensa revisão é muito decepcionante para o autor.

Realize uma leitura inicial para se familiarizar e adquirir uma impressão geral do artigo. Em seguida, proceda à avaliação seção a seção, realizando os comentários. Na elaboração da revisão, recomendamos a escrita de um parágrafo inicial com o resumo dos principais resultados. Em seguida, de maneira didática, sugerimos a elaboração da avaliação, dividindo-a em comentários maiores e menores e numerando-os. É fundamental contextualizar os resultados encontrados em relação aos conhecimentos existentes e observar a relevância e a originalidade do tema.

Título

O título deve ser coerente com o conteúdo apresentado no texto e preferencialmente objetivo e claro.2,5

Resumo

Comece lendo o resumo e entenda qual o escopo do artigo. Verifique se o resumo reflete de fato o que o artigo apresenta, com detalhes suficientes dos pontos-chave.2 Certifique-se de que se trata de assunto de seu domínio. Continue lendo-o na íntegra para ter uma visão geral da qualidade da escrita, da pertinência do estudo e da qualidade da pesquisa.2,6

Introdução

A introdução deve conter em geral de dois a três parágrafos, informando o escopo do problema e as lacunas da literatura, descrevendo o racional do estudo.5 O leitor deve ser convencido de que o trabalho é original e relevante. Uma hipótese é desejável e sintetiza os objetivos do estudo.

Métodos

Os métodos devem ser suficientemente detalhados para que permitam a reprodução da pesquisa. Devem ser apresentados o tipo e o desenho do estudo, a população avaliada, os critérios de inclusão e de exclusão, assim como os desfechos primários e secundários.5 As técnicas utilizadas devem ser adequadas para o objetivo do estudo e capazes de produzir resultados precisos e confiáveis. O tamanho amostral deve ser descrito com detalhes suficientes para leitor possa calculá-lo. Recomenda-se detalhar a descrição estatística e como a hipótese foi testada. Quando achar conveniente, análises adicionais podem ser sugeridas. A aprovação do comitê de ética local e o consentimento informado (se necessário) devem ser informados nessa seção.

Resultados

Os resultados devem refletir o que foi apresentado na metodologia e ser resumidos de forma clara e adequada. Recomenda-se não incluir interpretações ou especulações, que devem ser apresentadas na discussão. Verifique se as tabelas estão bem organizadas, possibilitando o entendimento dos resultados e análises. Em geral, as tabelas e figuras não devem repetir os resultados apresentados no texto.

Gráficos e figuras refletem bem a qualidade do artigo, seja pela originalidade dos dados apresentados, seja pela forma, caprichosa ou não, pela qual foram construídos. Verifique se é possível entender claramente os dados expostos em gráficos.

Discussão

No primeiro parágrafo, é esperado que os autores resumam os principais resultados. Posteriormente, orienta-se que se faça uma análise crítica dos principais resultados do estudo, comparando-os com dados previamente publicados. No penúltimo parágrafo é fundamental que sejam incluídas as limitações do estudo.

Conclusões

Conclusões finalizam a seção de discussão. Verifique se os resultados suportam as conclusões e se respondem a hipótese levantada. Perspectivas futuras em relação ao tema em questão podem ser incluídas.

Referências

Confira se as referências são atuais e pertinentes. Verifique se artigos originais são citados e não somente artigos de revisão. Confirme que estejam de acordo com o padrão da publicação.

Nossa publicação depende de um corpo editorial forte e atuante, de um bom nível de submissões e de revisores disponíveis e ágeis. Agradecemos a todos os revisores que têm participado da análise dos manuscritos submetidos. Esperamos que novos colegas possam rever artigos para o JBP com cuidado e excelência, um processo fundamental para o aprimoramento e a consolidação internacional do nosso jornal. Caso exista interesse em participar como revisor, entre em contato conosco, mencionando sua área de experiência. O futuro do JBP está em nossas mãos.

REFERÊNCIAS

1 Spier R. The history of the peer-review process. Trends Biotechnol. 2002;20(8):357-8.
2 Hoppin FG Jr. How I review an original scientific article. Am J Respir Crit Care Med. 2002;166(8):1019-23.
3 Spigt M, Arts IC. How to review a manuscript. J Clin Epidemiol. 2010;63(12):1385-90.
4 COPE Council [homepage on the Internet]. Eastleigh: United Kingdom [cited 2019 Sep 1]. COPE Ethical Guidelines for Peer Reviewers. September 2017. [Adobe Acrobat document, 6p.]. Available from:
5 Brown LM, David EA, Karamlou T, Nason KS. Reviewing scientific manuscripts: a comprehensive guide for peer reviewers. J Thorac Cardiovasc Surg. 2017;153(6):1609-1614.
6 Rochitte CE, Mesquita CT. What are the Characteristics of an Excellent Review of Scientific Articles? Arq Bras Cardiol. 2018;110(2):106-108.
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.