Contribuicoes de florence nightingale: uma revisao integrativa da literatura

Contribuicoes de florence nightingale: uma revisao integrativa da literatura

Autores:

Ariane Thaise Frello,
Telma Elisa Carraro

ARTIGO ORIGINAL

Escola Anna Nery

versão impressa ISSN 1414-8145

Esc. Anna Nery vol.17 no.3 Rio de Janeiro jul./ago. 2013

http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452013000300024

RESUMEN

OBJETIVO:

Este capítulo tiene como objetivo identificar la contribución de los hechos y escritos de Florence Nightingale en los artículos publicados entre los años de 2004 y 2011, en la percepción de sus autores.

MÉTODOS:

Se trata de una revisión integradora de la literatura expuesta en artículos que contenían, en sus títulos y/o resúmenes, las palabras "Florence Nightingale". La investigación fue realizada con un total de 33 artículos. El análisis se dio con base en un cuadro con el objetivo y el resumen de los principales puntos expuestos.

RESULTADOS:

Los resultados indican que Nightingale, como persona pública, es objeto de comentarios polémicos sobre su vida y profesión.

CONCLUSIÓN:

Se concluye que sus hechos y escritos influenciaron diversas áreas además de la enfermería, como la estadística, la administración en salud, la salud pública, la fisioterapia y la espiritualidad.

Palabras-clave: Enfermería; Historia de La Enfermería; Atención de Enfermería

INTRODUÇÃO

Florence Nightingale contribuiu, em sua época, para a melhoria e o desenvolvimento da saúde, mantendo-se, até os dias atuais, como fonte de inspiração e alvo de pesquisa para estudiosos em todo o mundo. Nascida de família abastada, tinha sobre si expectativas da alta sociedade inglesa: passar longas tardes de conversas com a irmã, fazer passeios de carruagem para visitar amigos, frequentar festas e jantares, tocar piano e manter-se ocupada com bordados e pinturas. Tudo isso para se preparar para o casamento. Nightingale, entretanto, queria usar suas habilidades para fazer diferença no mundo1 . Graças a sua determinação, inteligência, perspicácia e influência, conseguiu alcançar seus objetivos. Foi inovadora ao utilizar a sua experiência na Guerra da Crimeia para demonstrar os primeiros exemplos da interligação entre pesquisa, teoria e prática2 . Ao retornar da guerra, usou sua influência para fazer campanhas pela saúde pública e promover sistemas educacionais por meio de suas cartas e livros3 . Seu livro mais conhecido, "Notes on Nursing: What it is and what is not"4 , é uma leitura obrigatória para os profissionais de enfermagem, pois está repleto de sabedoria, sagacidade, história e conhecimento5 .

Algumas de suas práticas de observação, pesquisa, experiência e arte estão começando a ser redescobertas, com o propósito de resgatá-las na prática atual de enfermagem, o que inclui respeito ao ser humano6 . Reconhecida como pioneira no que se refere ao pensamento filosófico, científico e ético para a enfermagem7 , deixou um legado rico em carinho e compaixão, instituindo o cuidado como base do trabalho de enfermagem8 .

A produção científica sobre Florence Nightingale é extensa e conhecida em diversos países. No Brasil, os estudos concentram-se em sua biografia e utilizações de seus escritos como referencial teórico e/ou metodológico em estudos de enfermagem. Esta revisão visa contribuir com um recorte do que vem sendo estudado sobre Florence no mundo, com o intuito de ampliar o conhecimento dos brasileiros interessados na autora e, especialmente, dos acadêmicos de enfermagem e enfermeiros. Desta forma, este artigo tem como objetivo identificar a contribuição dos feitos e escritos de Florence Nightingale nos artigos publicados entre os anos de 2004 e 2011 na percepção de seus autores.

METODOLOGIA

Utilizou-se um protocolo de pesquisa guiado pelas seis etapas indicadas para constituição da Revisão Integrativa da Literatura: 1) seleção da pergunta de pesquisa; 2) definição dos critérios de inclusão de estudos e seleção da amostra; 3) representação dos estudos selecionados em formato de tabelas, considerando todas as características em comum; 4) análise crítica dos achados, identificando diferenças e conflitos; 5) interpretação dos resultados; e 6) relato claro da evidência encontrada9 .

A busca e a seleção dos estudos foram realizadas no mês de junho de 2011, nos sites Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e EBSCOhost, por acesso remoto identificado pela Universidade Federal de Santa Catarina. A pergunta de pesquisa foi: Qual a contribuição dos feitos e escritos Florence Nightingale evidenciada nos artigos publicados entre os anos de 2004 e 2011 na percepção de seus autores?

Considerou-se como critérios para seleção dos artigos: pesquisas originais, reflexões e revisões de literatura disponíveis online gratuitamente no formato completo, nos idiomas português, espanhol e inglês, entre os anos de 2004 e 2011, e que contivessem, em seus títulos e/ou resumos, as palavras: Florence Nightingale.

Foram identificadas 1.460 publicações, das quais 178 disponíveis no formato completo. Após leitura do título e do resumo, excluíram-se as produções duplicadas e/ou que não atendiam aos critérios, restando 40 para análise detalhada, a qual ocorreu mediante leitura criteriosa do texto, verificando-se a aderência e pertinência ao escopo do estudo. A amostra final foi composta por 33 artigos. Os dados foram organizados em um quadro, com a identificação do artigo com base em sua referência e a sumarização de seus resultados.

RESULTADOS

Em relação ao país de origem dos estudos publicados nos artigos, os dados revelam que 42,4% >(14) são dos Estados Unidos, 21,2% (7) do Brasil, 12,1% (4) do Canadá, 12,1% (4) da Inglaterra, 6% (2) da Austrália, 3,1% (1) de Portugal e 3,1% (1) da Suíça.

O Quadro 1 apresenta a síntese das percepções dos autores sobre as contribuições de Florence Nightingale expressas em cada artigo selecionado:

Quadro 1 Sumarização dos resultados por artigo 

Artigo Sumarização dos Resultados
Ruffin PT. A history of massage in nurse training school curricula (1860-1945). J Holist Nurs [periódico na Internet], 2011 Mar. [citado 2012 maio];29(1): 61-7.Disponível em: http://jhn.sagepub.com/content/early/2010/07/30/0/0898010110377355. Nightingale enfatizou o toque como cuidado, o que fez surgir a massagem como uma prática e subespecialidade da enfermagem de 1873 a 1945, quando era prescrita pelos médicos. Entre 1930 a 1940, com o desenvolvimento de fármacos, como morfina e aspirina, o cuidado de enfermagem teve maior ênfase na tecnologia, e a massagem foi perdendo espaço. Atualmente, há um movimento para inserção desse conteúdo nos cursos de enfermagem.
Stanley D. Sherratt A. Lamp light on leadership; clinical leadership and Florence Nightingale. JNurs Manag [periódico na Internet]. 2010 Mar.[citado 2012 maio 02]; 18(2): 115-21.Disponível em:http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1365-2834.2010.01051.x/full Define liderança em enfermagem como algo administrativo e liderança clinica como assistencial. Destaca que Nightingale foi Líder de Enfermagem, já que sua atuação foi mais administrativa do que assistencial dado seu curto período na prática, seu péssimo relacionamento com as enfermeiras e maior preocupação com a limpeza e organização da enfermaria do que com o cuidado direto aos pacientes.
Lopes LMM, Santos SMP. Forence Nightingale -Apontamentos sobre a fundadora da enfermagem moderna. Rev Enferm Refer [periódico na internet]. 2010dez. [citado 2012 maio 02]III Série (2):181-9. Disponível em: http://www.esenfc.pt/rr/rr/index.php?target=DetalhesArti&id_website=3&id_artigo=2208&pesquisa=dor Resgate histórico da vida e das realizações de Nightingale. Destaca suas contribuições por meio das ações e escritos que fizeram da Enfermagem uma profissão digna que inovara ao priorizar o doente e a prevenção, ao contrário do que era valorizado na época: a doença e a cura.
Selanders LC.Crare P. Florence Nighthgale in absentia: nursing and the 1893 Columbian Exposition.J Holist Nurs. [periódico na intemet]2010Dec [citado 2012 maio 02]: 28(4): 313-6 Disponível: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20807865 Análise de dados coletados de relatórios oriundos do Congresso Internacional de Caridade e Filantropia que aconteceu concomitante à exposição de Colômbia de 1893. Houve grande discussão sobre a Enfermagem e, a despeito de Nightingale não ter participado, devido a sua saúde debilitada, seus feitos e escritos tiveram grande influência. Discutiu-se sobre a profissionalização da classe, posição que Nightingale não apoiava, pois acreditava que a enfermagem era um dom divino e não tinha grau educacional suficiente para obter esse status.
Wagner DJ, Whaite B. An exploration on the nature of caring relationships in the writings of Florence Nightingale. J Holist Nurs.[periódico na internet] 2010 Dec; [citado 2012 maio 02]; 28(4):225-34.Disponível em:http://jhn.sagepub.com/content/28/4/225.short?rss=1&ssource=mfr Define as "relações de cuidado" como um modo de nutrir o estar com os outros (pessoa ou grupo) que engloba atitudes e ações. Os escritos de Nightingale oferecem uma oportunidade para explorar as relações de cuidado do passado de enfermagem e sua influência na prática e educação da enfermagem atual.
Dossey BM. Florence Nightingale: A 19th-century mystic. J Holist Nurs. [periódico na internet]2010; [citado 2012 maio02];28(1):10-35.Disponível em: http://jhn.sagepub.com/content/28/1/10.abstract Indica cinco fases do desenvolvimento espiritual que Nightingale atravessou: Chamado: aos 16 anos teve uma visão, mas só foi compreendê-la claramente aos 30 anos; Purgação: anos de luta e sofrimento para compreender o seu chamado e convencer a família de que seria esposa de Deus, ajudando os necessitados do mundo; Iluminação: fase em que seus estudos e determinação são reconheddos com seu primeiro emprego como enfermeira e a ida à Guerra da Crimeia; Renúncia: fase de retorno à Inglaterra, onde se recuperou lentamente de uma doença e também da fadiga mental e física do período de intensa atuação como enfermeira, bem como de sua vocação revelada por Deus. Nessa fase, escreveu o livro "União: Última Década de Vida", no qual busca compreender melhor as palavras de Deus, momento de paz e plenitude.
Selanders LC. Florence Nightingale: The evolution and social impact of feminist values in nursing. J Holist Nurs. [periódico na internet]2010; [citado 2012 maio 02]; 28(1): 70-78. Disponível em:http://jhn.sagepub.com/content/28/1/70.abstract Analisa a novela de autoria de Nightingale intitulada "Cassandra". que descreve o staíus e a futilidade em ser mulher na Inglaterra Vitoriana; estipula-se que tenha sido autobiográfico. Cassandra, um mito grego, tornou-se uma jovem de magnífica beleza, profetísa e devota de Apolo. Quando se negou a dormir com ele, Apolo lançou-lhe a maldição de que ninguém acreditasse nassuas previsões. Anos após o ocorrido. Cassandra foi morta por uma mulher. Esta é uma reflexão de Nightingale. ao perceber ter sido destruída pelas mulheres importantes em sua vida, sua mãe e irmã. Em seus escritos"Suggestions of Tought" e "Cassandra" são destacados os posicionamentos feministas e declara-se que Nightingale era uma feminista não radical, que contribuiu com as mulheres ao quebrar os paradigmas relacionados ao sexo feminino, estabelecendo a enfermagem como profissão.
Dossey BM. Florence Nighthgale: her crime an fever and chronic illness. J Holist Nurs. [periódico na internet]2010:[citado2012 maio 02]: 28(1): 38-53, Disponível em: http://jhn.sagepub.com/content/28/1/38.abstract. Discute as doenças mais comuns da época de Nightingale e conclui que seus sintomas condiziam com a febre da Crímeia conhecida como brucelose. Muitas criticas cercam o seu estado emocional, porém a doença afetou sua personalidade, deixando-a irritada nervosa e depressiva. A análise da vida e os sintomas de Nightingale mostram que ela sofreu por 32 anos com muitas dores e crises severas originadas pela doença desde 1855 até 1887. Na época, os médicos atribuíam seus sintomas a consequências de sua dedicação excessiva ao trabalho.
McDonald L. Florence Nightingale: Passionate statistician. J Holist Nurs. [periódico na internet]2010 March; [citado 2012maio 02]; 28(1): 92-98. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20467034 Apaixão de Nightingale pela estatística tem relação direta com sua espiritualidade. A estatística ajuda, indicando precisamente como agir conforme os desejos de Deus para cuidar do que foi criado por Ele. O conhecimento sobre dados estatísticos fez com que ela realizasse a reforma hospitalar. Destaca o aprendizado de Nightingale com o estatístico belga Quetelet sobre o monitoramento do sistema de saúde e a mortalidade materna durante o parto, o que incutiu melhoras nessas áreas.
Beck DM. Remembering Florence Nightingale's Panorama: 21st-Century Nursing-At a critical crossroads. J Holist Nurs. [periódico na internet]2010 Dec; [citado 2012 maio 02]: 28(4): 291-301.Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20664022 Exploram os termos utilizados por Nightingale - enfermagem da saúde e da doença- em que as enfermeiras devem colocar os pacientes nas melhores condições para a saúde atuar. Esta orientação de Nightingale é percebida como algo esquecido atualmente, ao focar na doença, e assim deve ser relembrada pelas enfermeiras para melhorar o presente e planejar o futuro.
Neils PE. The influence of Nightingale rounding by the liaison nurse on surgical patient families with attention to differing cultural needs. J Holist Nurs. [periódico na internet] 2010 Dec; [citado 2012 maio 02]; 28(4): 235-43. Disponível em: http://vww.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20592290 As lições retiradas dos escritos de Florence permitiram o destaque dos modos de ser e de atuar da enfermeira no cenário de tratamento cirúrgico, bem como a importância de se ter uma enfermeira como elemerto de ligação entre a família, a equipe e o paciente do centro cirúrgico.
Beck DM. Expanding our Nightingale horizon: seven recommendations for 21st-century nursing practice. J Holist Nurs. [periódico na internet]2010 Dec; [citado 2012 maio 02]; (28)4: 317-26. Disponível em: http://jhn.sagepub.com/content/2S/4/317.abstract Sete recomendações para a Enfermagem do século XXI com base nos escritos de Nightingale. Essas recomendações foram adaptadas para os dias atuais e enfatizadas, em sua época, a fim de inspirar enfermeiros no mundo: 1. faça saúde e influencie com exemplos positivos; 2. valorize as enfermeiras e seus cuidados de saúde: 3. use colaboração interdisciplinar e intercultural para promover saúde comunitária; 4. pense globalmente e haja localmente para criar educação em saúde para todas as pessoas; 5. faça dos meios de comunicação catalisadores para a enfermagem e saúde; 6. manten ha a saúde holística e transdisciplinar; 7. responda seu chamado interior, seja a mudança que você deseja ver.
Selanders LC. The power of environmental adaptation: Florence Nightingale's original theory for nursing practice. J Holist Nurs. [periódico na internet]2010 Mar; [citado 2012 maio 02]; 28(1): 81-88. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/9801537 Análise do trabalho de Nightingale sob o paradigma filosófico, a fim de delinear a sua teoria e seus componentes. Apresenta sete suposições: Leis Naturais; Enfermagem é um chamado; Humanidade pode atingir a perfeição; Enfermagem é uma arte e uma ciência; Enfermagem é alcançada mediante a alteração ambiental; Enfermagem necessita de educação básica específica; Enfermagem é diferente e separada da Medicina. Os componentes da teoria, nomeados também como conceitos, são: ambiente, ser humano, saúde e Enfermagem. Essa base teórica propõe o Modelo de Nightingale para a enfermagem prática, relacionando-o com o Modelo de Glasgow, a fim de concluir que o primeiro é consistente filosoficamente e aplicável na prática.
Attewell A, Florence Nightingale's relevance to nurses. J Holist Nurs. [periódico na internet]2010 Mar; [citado 2012 maio 02]; 28(1): 101-6. Disponível em: http://jhn.sagepub.com/content/28/1/101.abstract Análise da relevância de Nightingale para as enfermeiras, estudando a sua contribuição em três aspectos da enfermagem: conhecimento, organização e educação, e importância da sua vida. A organização da enfermagem destaca-se com base nos seus esforços na busca do respeito dos médicos,além do importante papel na reforma hospitalar. Na Educação, percebe-se a influência do Modelo nightingaleano nas escolas, inicialmente voltado para a prática hospitalar: entretanto, Nightingale vislumbrava o cuidado também na saúde pública.
Kearney G. We must not forget what we once knew. J Holist Nurs. [periódico na internet]2010 Dez; [citado 2012 maio 02]; 28(4): 260-2. Disponível em: http://jhn.sagepub.eom/content/28/4/260.abstract Relato do curso de atualização para as enfermeiras de um hospital em Nova Iorque. Foram utilizados trechos de cartas de Nightingale e do livro "Notas sobre Enfermagem". Ao final, as participantes relataram surpresa ao ver como Nightingale é atual em suas colocações e inspiradora para a prática de enfermagem.
Selanders LC, Lake K. Crane P. From charity to caring: Nightingale's experience at Harley Street. J Holist Nurs, [periódico na internet]2010 Dec; [citado 2012 maio 02]; 28(4): 284-90. Disponível em: http://jhn.sagepub.com/contet/28/4/284.abstract Delineia a passagem de Nightingale no hospital da cidade de Harley Street. Os relatórios trimestrais para a diretoria do hospital exigiam mudanças: enfermeiras alfabetizadas e educadas, atendimento a todas as pessoas doentes, independente de sua religião, a limpeza do ambiente, prover uma morte digna e a divulgação da enfermagem como um emprego para as mulheres. A percepção sobre seu papel em Harley Street era o de prover a enfermagem de um serviço cristão para a humanidade.
Wildman S. Nursing and the issue of 'party' in the Church of England: the case of the Lichfield Diocesan Nursing Association. Nurs Inquiry. [periódico na internet]2009; [citado 2012 maio 02]: 16(2): 94-102. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19453354 O envolvimento da Igreja e da religião na Enfermagem era muito marcante no século XIX. A diocese da cidade de Lichfield, na Inglaterra, criou uma Associação Diocesana de Enfermagem e, em resposta contrária a esse movimento, surgiu a Associação Derby, ambas disputando o controle da enfermagem da região. Quando pediram conselhos e suporte à Nightingale, ela dispôs-se a orientá-los, porém sem envolver-se em controvérsias religiosas. Ela ajudava e buscava enfermeiras de todas as religiões sem discriminação. Desta forma, correspondeu-se por carta com as duas organizações, aconselhando-as sobre o fazer em enfermagem.
Costa R, Padilha MICS, Amante LN, Costa E, Bock LF.O legado de Florence Nightingale: uma viagem no tempo.Texto Contexto Enferm. [periódico na internet]2009 Out/Dez: [citado 2012 maio 02]; 18(4): 661-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v18n4/07.pdf A revisão traz olhares de autores sobre a biografia de Nightingale, seu papel social, político, educativo, administrativo, feminista e histórico. Críticas e elogios são apresentados pelos artigos selecionados nesta revisão, porém conclui-se que a vida de Nightingale e seu papel enquanto criadora da enfermagem moderna no mundo é reforçado como algo positivo, uma mulher que dedicou a sua vida para o cuidado do outro e para a profissionalização da enfermagem.
Helmstadter C. Authority and leadership: the evolution of nursing management in 19th century teaching hospitais. J Nursing Management; [periódico na internet]2008:[citado 2012 maio 02]; 16(1): 4-13. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18211330 Apresenta o panorama da enfermagem no século XIX na área da administração, detalhando a trajetória de enfermeiras chefes de hospitais na época. Nightingale teve dificuldades em coordenar as enfermeiras do Hospital St. Thomas, pois evitavam sua autoridade enquanto planejava a escola de enfermagem. Em 1860, a Escola de Enfermagem Nightingale foi inaugurada, porém, devido aos problemas de saúde, ela não pôde acompanhar pessoalmente. Assim, começou a enviar cartas anuais às alunas, inspirando-as e orientando-as sobre a enfermagem. A despeito da dificuldade enfrentada por Nightingale para administrar a Escola de Enfermagem, esta recebeu seu nome, devido a seu prestígio na sociedade, assim como adotou seu método de ensino.
Meyers PD, McNicholas MJ. Improved data illustration in complex multi-ligament knee reconstruction surgery. Acta Orthop. [periódico na internet]2008; [citado 2012 maio 02); 79(2): 244-8. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.gov/pubmed/18484251 Para embasar o desenvolvimento de uma ferramenta tecnológica de pesquisa de dados para desenvolvimento de estudos sobre a área de reconstrução do joelho, é realizado um resgate histórico sobre Nightingale e John Venn. Ela que é lembrada como pioneira dos métodos de instalações sanitárias hospitalares e ele, um matemático inglês. Nighlingale foi inovadora também ao coletar, tabular, interpretar e ilustrar as estatisticas descritivas. Durante a Guerra da Crimeia. inventou o diagrama área-polar para adicionar clareza aos dados sobre mortalidade e demonstrar suas relações com as condições de vida encontrada. Revolucionou a idéia de que fenômenos sociais podem ser submetidos à análise matemática e, usando estatística, ilustrou graficamente a necessidade de reforma sanitária.
Macedo PO. Quitete JB, Lima EC, Santos I. Vargens OMC. As tecnologias de cuidado de enfermagem obstétrica fundamentadas pela teoria ambientalista de Florence Nightingale. Escola Anna Nery Rev Enferm. [periódico na internet]2008[citado 2012 maio 02]. 12(2): 341-7. Disponivel em: http://www.scielo.br/pdf/ean/v12n2a22.pdf Análise das tecnologias de cuidado durante o trabalho de parto com o referencial teórico de Nightingale embasado no livro "Notas sobre Enfermagem". Destacam-se trechos do livro, interpretando-os sob a realidade dos cuidados de enfermagem no trabalho de parto e parto, constatando que é possível aplicar seus escritos na prática de enfermagem.
Stanley D. Lights in the shadows: Florence Nightingale and others who made their mark. Contemp Nurse. [periódico na internet] 2007 Feb: [citado 2012 maio 02]; 24(1): 45-51 .Disponível em: http://ww.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17348782 Nightingale teve grande reconhecimento por sua passagem pela Guerra da Crimeia, porém outras mulheres também tiveram papéis importantes nessa guerra. Tornou-se a Salvadora de Scutari dada sua influência política e apoio de pessoas influentes, tais como a Rainha Vitória. Foi divulgado que ela diminuiu a mortalidade na Crimeia de 42,7% para 2,2%, porém isso não é real, pois, durante toda sua estada, a mortalidade manteve-se e, por vezes, aumentou. Ela instituiu a limpeza, mas não viu problema no fato de a enfermaria se encontrar sobre um esgoto aberto. Após seu retorno para a Inglaterra, a Comissão Sanitária mandou fechar o esgoto, o que resultou na diminuição de mortes e, em dois meses, houve a queda divulgada. Outras mulheres foram para a Crimeia: mulheres de comunidades religiosas, simples enfermeiras pagas, senhoras voluntárias e enfermeiras não oficiais. Destaca-se Mary Seacole que, vinda da Jamaica, não foi aceita no grupo de Nightingale e fez sua própria enfermaria, indo até o campo de batalha resgatar os soldados. O texto ressalta a necessidade de se valorizar essas mulheres que viveram à sombra de Florence e fizeram um trabalho importante para a enfermagem.
Gomes VLO, Backees VMS, Padilha MICS, Vaz MRC.Evolução do conhecimento científico na enfermagem: do cuidado popular à construção de teorias. Investig Educ Enferm. [periódico na internet]2007 Sept:[citado 2012 maio 02]: 25(2): 108-15. Disponível em: http://aprendeenlinea.udea.edu.co/revistas/index.php/iee/article/view/2888/2447 Analisa as quatro fases relativas à evolução do conhecimento cientifico em enfermagem, identifica a primeira fase- denominada. O que fazer?-como marcada por Nightingale, que estabeleceu normas e formas de fazer em enfermagem, precedendo as fases de grande desenvolvimento intelectual e tecnológico da profissão.
Rasmussen BH. Edvardsson D. The influence of environment in palliative care: Supporting or hindering experierces of 'at-homeness. Contemp Nurse. [periódico na internet]2007;[citado 2012 maio 02]; 27: 119-31.Disponivel em: http://www.ncbi.nlm.mih.gov/pubmed/18386962 Pesquisa desenvolvida com pessoas sob cuidado paliativo com o foco na influência do ambiente no seu cuidado, baseando-se nos escritos de Nightingale e Rogers. Concluem que a sabedoria de Nightingale sobre o ambiente ainda é aplicável e que a arte de enfermagem é prover um ambiente que cria possibilidades para a cura, neste caso para a melhoria da qualidade de vida dos pacientes em cuidados paliativos.
Dan K. Qualily improvement: the pioneers. Nexus [periódico na intemet]2007;[citado 2012 maio 02]: 85(4): 36-8. Apresenta alguns dos pioneiros da saúde, dentre eles Nightingale. Enfatiza que ela demonstrou o valor da boa organização, limpeza e treinamento apropriado para enfermeiras no tratamento de soldados na Guerra da Crimeia. Teve grande contribuição no desenvolvimento da estatística. Fundou a Escola Nightingale e é reconhecida por seu trabalho em organizar hospitais, como a primeira Administradora Hospitalar.
Clements PT. Averill JB. Finding pattems of knowing in the work of Florence Nightingale. Nurs Outlook. [periódico na internet]2006 set [citado 2012 maio 02]: 54(5)268-74. Disponível: http://www.nursingoutlook.org/article/S00296554(06)00194-1/abstract A educação e a prática de enfermagem foram organizadas em um corpo conceitual denominado de Caminhos do Conhecimento de Barbara Carper, White, Munhal e Heath. Os escritos de Nightingale foram analisados por esse prisma e relacionados nos seis itens que contemplam os caminhos do conhecimento para a enfermagem: empirismo - usou do seu conhecimento empírico para estabelecer formas de cuidar na enfermagem, além de incentivar as enfermeiras para que utilizassem o empirismo unido à ciência para melhor cuidar; estético -discutiu a presença da enfermeira assim como a comunicação interpessoal, como uma forma de conhecimento; ética - a escrita e a conduta de Nightingale sempre estiveram muito ligadas à ética e à moral, zelando pela postura das enfermeiras; conhecimento pessoal-destacou o conhecimento pessoal e as relações interpessoais no fazer de enfermagem: conhecimento sociopolítico - como figura de destaque de sua época, teve grande influência social e política, devido a sua preocupação com os necessitados de cuidados de saúde; desconhecido - esta categoria está ligada ao que a enfermeira não sabe sobre o paciente e deve ficar atenta para descobrir. Enfatizou a observação como grande qualidade da enfermeira. Os autores concluem que, pela sua persistência em educar as enfermeiras, se ela conhecesse os caminhos do conhecimento de Enfermagem, os tomaria como base para seus estudos.
Kudzma EC. Florence Nightingale and healthcare reform. Nurs Science Quarterly. [periódico na internet]2006 Jan: [citado 2012 maio 02]; 19(1): 61-4. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16407602 Nightingale teve importante papel na Reforma da Saúde no século XIX por suas contribuições estatísticas. Atuando em conjunto com William Farr, médico estatístico, contribuiu com grandes avanços sobre a mortalidade de enfermeiras em relação às mulheres da época, mortalidade infantil e na guerra.
Weller T, Bawden D. Individual perceptions: a new chapter on victorian information history. Library History. [periódico na internet]2005 July;[citado 2012 maio 02]; 22(2): 137-56. Disponível em: http://www.soi.city.ac.uk/~dbawden/libraryhistory.pdf Destaca que Nightingale viu a informação como algo objetivo e científico em seu aprofundamento na estatística, por meio da qual transformou algo subjetivo, como as mortes da guerra, em números, dando-lhes significado e possibilitando denunciar e exigir modificações nas condições de vida dos militares. Os estudos de Nightingale permitiram perceber que dados numéricos sozinhos são inúteis, porém as informações estatísticas, ao serem analisadas, de forma racional e informativa, tornam-se ferramentas importantes de modificação da realidade na área da saúde.
Padilha MICS, Mancia JR. Florence Nightingale e as irmãs de caridade: revisitando a história. Rev Bras Enferm. [periódico na internet]2005 nov-dez;[citado 2012 maio 02]: 58(6): 723-6. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S00034-71672005000600018&script=sci_arttext Nightingale foi Influenciada pelas Irmãs de Caridade da França depois que conheceu as Irmãs no Hotel Hyot e acompanhou seu trabalho assistencial e administrativo. O estágio de três meses no Instituto de Diaconistas, na Alemanha, seguia regras semelhantes às das Irmãs de Caridade, influenciando profundamente no seu modo de pensar e na prática de enfermagem por ela proposta para suas estudantes.
Gill CJ Gill GC. Nightingale in scutari: her legacy reexamined. Clin Infect Diseases. [periódico na internet]2005:[citado 2012 maio 02]; 40(12): 1799-805. Disponível em: http://connection.ebscohost.com/c/articles/17113743/nightingale-scutari-her-legacy-reexamined Resgate histórico sobre as condições do hospital de Campanha em Scutari e as condições precárias de saúde dos soldados feridos. Para modificar essa situação, Nightingale foi enviada para reformar as áreas de alimentação, limpeza do ambiente, dos pacientes e ventilação, o que trouxe grande melhora para os soldados. Os autores respondem às criticas que dizem que Florence não fez com que o número de mortes diminuísse, porque seus feitos contribuíram para o bem-estar dos pacientes enquanto as mortes estavam relacionadas ao esgoto, algo fora do seu alcance. Outros críticos dizem que Nightingale foi mais administrativa do que propriamente enfermeira em Scutari, algo que é desmentido por suas cartas e pelos relatos de médicos e enfermeiras que trabalharam com ela. A contribuição de Nightingale vai além da enfermagem. Ela teve importante papel na estatística, na saúde pública e nos asilos, ao valorizar, em sua prática, a morte com dignidade.
Formiga JMM. Germano RM. Por dentro da História: o ensino de Administração em Enfermagem. Rev Bras Enferm. [periódico na intemet]2005 mar-abr;[citado 2012 maio 02]; 58(2): 222-6. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672005000200019 Nightingale ampliou as funções da Enfermagem para além da assistência, percebendo a organização do ambiente e dos serviços como importantes para as enfermeiras. Ao demonstrar necessidade de aplicar as funções administrativas nos hospitais e alcançar êxito em suas implementações, passou a ser considerada pioneira da administração hospitalar.
Carraro TE. Os postulados de Nightingale e Semmelweis: poder/vital e prevenção/contágio como estratégias para a evitabidade das infecções. Rev Latino-am Enferm:[periódico na internet]2004 jul-ago;[citado 2012 maio 02]; 12(4): 650-7. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-11692004000400011 Nightingale, com sua preocupação com o meio ambiente e o ser humano, atuou para a prevenção e o controle de doenças infecciosas e infecções hospitalares, mesmo antes do conhecimento sobre bactérias. Foi além do ambiente, ao preocupar-se com o poder vital do ser humano que, ao ser fortalecido, aumentava seu sistema imune, diminuindo sua vulnerabilidade as doenças infecciosas.
Martins DL, Garcia TR. Perfil diagnóstico de enfermagem de pacientes acometidos por infarto do miocárdio. Brazilian J Nurs. [periódico na irtemet]2004;[citado 2012 maio 02]; 3(2): [aprox. 5 telas]. Disponível em:http://www.uff.br/nepae/siteantigo/objn302martinsegarcia.html Anáisa os diagnósticos de enfermagem em pacientes acometidos por infarto do miocárdio internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), segundo os conceitos de Nightingale: nutrição, variação do ambiente, conversando sobre esperanças e conselhos, ruído iluminação limpeza e ventilação. Os conceitos são uma interpretação dos escritos de Nightingale, já que ela não os orgarizou como modelos conceituais. Os autores concluem que seus conceitos são aplicáveis não só em UTI mas também em outros setores do hospital.

Fonte:Elaboração própria com base e dados extraídos nos sites Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e EBSCOhost, em junho de 2011

DISCUSSÃO

Os dados apresentados demonstram oscilação no número de artigos publicados sobre Florence Nightingale no período do estudo. Destaca-se o significativo número de publicações em 2011, ano em que se comemorou o centenário da sua morte. Os estudos, delineados com diversificadas metodologias, mostram a versatilidade de suas ideias.Registram ainda diferentes juízos de valor para Nightingale, positivos e negativos, defensores e acusadores. Conforme registrado nos artigos, seus feitos e escritos influenciaram diversas áreas, além da enfermagem, tais como estatística, administração em saúde, saúde pública, fisioterapia e espiritualidade.

Esta enfermeira italiana destacou-se em sua época por suas habilidades em estatística, que lhe permitiram visualizar a situação dos hospitais e apresentar propostas de melhorias. Como metodologista de pesquisa de alta habilidade e estatística apaixonada, foi responsável pelo mais notável projeto de melhoria da qualidade de um hospital, como demonstrado por sua cuidadosa documen tação quantitativa e pelos resultados do atendimento10 . Na Guerra da Crimeia, introduziu a visão da atuação da enfermagem não somente ao paciente, mas também no ambiente, ao ampliar as suas funções para organizar os serviços de cozinha, lavanderia, rouparia, limpeza e almoxarifado,controlando-os pela observação e supervisão. Com isso, introduziu a hierarquia e a disciplina na Enfermagem11 .

Alguns artigos ressaltam a importância de Nightingale como precursora dos conhecimentos de administração em enfermagem ao mudar a realidade dos hospitais. Antes da atuação de Florence , estes eram casas de repouso, onde a morte coexistia desveladamente com a vida; insetos e roedores disputavam alimento com os pacientes; mortos e vivos permaneciam no mesmo leito. O hospital - depois dela - tem tido a saúde como o maior bem produzido e a melhoria da qualidade de vida como uma busca constante12 .

Os planos de Florence para o cuidado de enfermagem transcendem o seu tempo e incitam a vislumbrar o presente e o futuro quando ela, por exemplo, tornou clara as relações entre o ser humano, o ambiente e a natureza como um meio de aprendizagem para crescimento profissional por meio da conexão entre saúde, cuidado e cura.6 Sua contribuição transcende a prática ao refletir sobre os aspectos éticos e morais da enfermagem, o que permite que os acadêmicos possam não só construir o legado deixado por Nightingale como também moldar o futuro da profissão.13

A despeito das contribuições de Nightingale para a enfermagem e para a saúde em geral, autores discutem sua atuação enquanto cuidadora e destacam suas dificuldades de relacionamento com as enfermeiras em guerra, na sua escola e nos hospitais por onde passou. Entretanto, relatos da época contradizem-se, pois, enquanto alguns confirmam o apoio e cuidado de Nightingale aos feridos da guerra, outros criticam sua postura administrativa e dedicação ao registro das suas realizações. Independente dos rumores sobre sua forma de relacionamento em trabalho, os feitos de Florence Nightingale cruzaram os continentes, fazendo com que o sistema nightingaleano fosse considerado um modelo a ser seguido para a criação dos primeiros cursos de enfermagem.

CONCLUSÃO

Ao revisitar a vida, os feitos e os escritos de Nightingale, percebe-se que muitos são os olhares que podem ser lançados sobre eles. Inovadora para o seu tempo, teve impacto em diversas áreas do conhecimento, como explorado nos 33 artigos selecionados nesta revisão.

Como uma pessoa pública, Nightingale é alvo de comentários controversos sobre sua vida e profissão. Com uma postura mais administrativa ou cuidadora, afetuosa ou distante, é importante destacar sua contribuição para as diversas áreas de estudos. Como pioneira na saúde, continua atraindo admiradores e críticos, que aprofundam os estudos sobre esta enfermeira. Seus escritos são passíveis de adaptação e implementação nos mais variados cenários de cuidado, influenciando na experiência de ser enfermeira.

Quanto às limitações deste estudo, o extenso achado de publicações sobre Florence Nightingale somado a resumos incompletos fizeram com que os autores da revisão lessem boa parte dos artigos na íntegra para poder selecioná-los ou descartá-los. O rigor na produção de resumos completos deve ser priorizado para melhor compreensão dos escritos sem ter que recorrer ao texto completo. Conclui-se que este artigo, ao incorporar estudos realizados em vários países e englobar diferentes perspectivas, contribui para a ampliação do olhar sobre Florence Nightingale. Mostra-a como mulher e estudiosa, como uma pessoa com qualidades e defeitos que deixou um legado significativo para a enfermagem e saúde mundial.

REFERÊNCIAS

1. Garofalo ME, Fee E.Florence Nightingale (1820-1910): feminism and hospital reform. Am. j. public health. 2010;100(9):1588.
2. Clements PT, Sekula LK. Toward advancement and evolution of Forensic nursing: the interface and interplay of research, theory, and practice. J Forensic Nursing. 2005;1(1):35.
3. Attewell A. Florence Nightingale (1820-1910). Prospects: the quarterly review of comparative education. 1998;26(1):156.
4. Nightingale F. Notas sobre enfermagem: o que é e o que não é. São Paulo (SP): Cortez; 1989.
5. Tierney GL. The passion in Florence Nightingale. Orthop Nurs. 2003;22(5):319.
6. Watson J. Florence Nightingale and the enduring legacy of transpersonal human caring-healing. J. holist nurs. 2010;28(1):107.
7. Camponogara S. Saúde e meio ambiente na contemporaneidade: o necessário resgate do legado de Florence Nightingale. Esc. Anna Nery Rev. Enferm. (Online). 2012 mar; [citado 2012 June 11];16(1):178-84. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S141481452012000100024&lng=en.
8. Boykin A, Dunphy L. Justice-making: nursing's call. Policy Polit Nurs Pract. 2002;3(1):14-9.
9. Ganong LH. Integrative reviews of nursing. Rev Nurs Health. 1987;10(1):1-11.
10. Neuhauser D. Florence Nightingale gets no respect: as a statistician that is. Qual Saf Health Care [ periódico na internet ]. 2003;12(4):317; [ citado 2010 Out 15 ]; Disponível em: <http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1743730/>.
11. Formiga JMM, Germano RM. Por dentro da história: o ensino de Administração em Enfermagem. Rev bras Enferm. 2005; [citado 2012 fev 29];58(2):223. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S003471672005000200019&lng=en&nrm=iso
12. Andrade GM. Infecção hospitalar: mitos e verdades, velhos hábitos, novas atitudes. Brasília Med. 2002;39(1):58.
13. Hoyt S. Florence Nightingale's Contribution to Contemporary Nursing Ethics. J holist nurs. 2010;28(1):331.
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.