Distribuição sazonal das larvas de Mylossoma aureum e Μ. duriventre (osteichthyes: serrasalmidae) na Costa do Catalão, Rio Amazonas, Amazonas, Brasil

Distribuição sazonal das larvas de Mylossoma aureum e Μ. duriventre (osteichthyes: serrasalmidae) na Costa do Catalão, Rio Amazonas, Amazonas, Brasil

Autores:

Edinbergh Caldas de OLIVEIRA

ARTIGO ORIGINAL

Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967On-line version ISSN 1809-4392

Acta Amaz. vol.30 no.1 Manaus Jan./Mar. 2000

https://doi.org/10.1590/1809-43922000301166

RESUMO

A distribuição sazonal das larvas de Mylossoma aureum e M. duriventre (Osteichthyes: Serrasalmidae), foi estudada na costa do Catalão, rio Amazonas durante três anos. As larvas de ambas espécies de Mylossoma foram mais abundantes na estação marginal do que na estação localizada no centro do rio. O período de ocorrência das duas espécies foi semelhante e durou em média 109 dias, variando de novembro-janeiro a abril-maio. A variação na abundância de larvas durante o período de ocorrência não se relacionou com a luminosidade da lua, nem com a pluviosidade local. Porém, a enchente apresentou efeito na variação da densidade de larvas de M. aureum no ano de 1994-1995.

Palavras-Chave: Amazônia; peixe; larva; distribuição sazonal; Characiformes

ABSTRACT

The seazonal variation of larval distribution of Mylossoma aureum and M. duriventre (Osteichthyes: Serrasalmidae), were studied in the coast of Catalão, Amazon River during three years. Only the first feeding stage larvae were found drifting on the river. Larvae were more abundant near the banks than in the middle river channel. The average larval drift lasted 109 days, varying from November-January to April-May. The variation of larval abundance was not related to the rain or the moon phases, but only to an increase of water level for M. aureum in year of 1994-1995.

Key words: Amazon; fish; larvae; seazonal distribution; Characiformes

Texto disponível apenas em PDF
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.