Compartilhar

ESTRATIFICAÇÃO E DENSIDADE DE INVERTEBRADOS EM SOLO ARENOSO SOB FLORESTA PRIMÁRIA E PLANTIOS ARBÓREOS NA AMAZÔNIA CENTRAL DURANTE A ESTAÇÃO SECA

ESTRATIFICAÇÃO E DENSIDADE DE INVERTEBRADOS EM SOLO ARENOSO SOB FLORESTA PRIMÁRIA E PLANTIOS ARBÓREOS NA AMAZÔNIA CENTRAL DURANTE A ESTAÇÃO SECA

Autores:

Ana Yoshi HARADA,
Adelmar Gomes BANDEIRA

ARTIGO ORIGINAL

Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967On-line version ISSN 1809-4392

Acta Amaz. vol.24 no.1-2 Manaus 1994

https://doi.org/10.1590/1809-43921994242118

RESUMO

Densidade e distribuição vertical de invertebrados foram estudados durante o mês de setembro de 1990 e 1991, em solo de três tipos de cobertura vegetal: floresta primária, plantios de Dipteryx odorata (Leguminosae = cumaru) e Simaruba amara (Simarubaceae = marupá), nos arredores de Manaus, Brasil. Foram encontrados 19 grupos principais da fauna. A maioria desses grupos foram similares para os três tipos de cobertura, sendo Isoptera (40,1%), Formicidae (25,2%), Araneae (6,7%) os grupos mais abundantes que, juntos, representaram 62,4% da fauna de cumaru, 57,0% da fauna de marupá e 84,1% da fauna de floresta. Houve uma diminuição da densidade para todos os grupos (excluídos os cupins) até a profundidade de 20 cm, com subseqüente aumento até 30 cm de profundidade, principalmente pela presença de Isoptera. Cerca de 45% de toda a fauna ocorreu no estrato de 0-5 cm de profundidade, seguido de 9,5% (5-10 cm), 9,1% (10-15 cm), 2,7% (15-20 cm), 20,7% (20-25 cm) e 12,3% (25-30 cm) nos estratos subseqüentes. Isoptera, Diptera e outros invertebrados não apresentaram correlação com a umidade e o pH do solo.

Palavras-Chave: Invertebrados do solo; densidade; distribuição vertical; solo arenoso; estação seca; floresta; plantio arbóreo; Amazônia Central

ABSTRACT

Density and vertical distribution of soil invertebrates were studied during September of 1990 and 1991 in three plots, namely one forest plot and two arboreal plantations (Dipteryx odorata = cumaru <Leguminosae> and Simaruba amara = marupá <Simarubaceae>) near Manaus (Brazil). Nineteen main fauna groups were found, and most of them had similar densities in the three plots. The most representative groups were Isoptera (40.1 %), Formicidae (25.2%), Araneae (6.7%), all together representing 62.4% of all soil fauna in the cumaru plot, 57.0% in marupa and 84.1 % in the forest plot. Density of soil fauna decreased from the top soil to 20 cm depth (excluding termites), with a subsequent increase until 30 cm depth. 45% of all fauna occurred in the top 0-5 cm, followed by 9.5% (5-10 cm), 9.1 % ( 10-15 cm), 2.7% (15-20 cm), 20.7% (20-25 cm) and 12.3% (25-30 cm). Isoptera, Diptera and other invertebrates did not present correlation with the pH and the humidity of the soil.

Key words: Soil invertebrates; density; vertical distribution; sandy soil; dry season; forest; arboreal plantaion; Central Amazonia