Estudo antropométrico da população infantil da calha do Rio Negro, Amazonas, Brasil. III - parque nacional do Jaú

Estudo antropométrico da população infantil da calha do Rio Negro, Amazonas, Brasil. III - parque nacional do Jaú

Autores:

Fernando Hélio ALENCAR,
Lucia Kiyoko O. YUYAMA,
Dionísia NAGAHAMA

ARTIGO ORIGINAL

Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967On-line version ISSN 1809-4392

Acta Amaz. vol.30 no.4 Manaus Dec. 2000

https://doi.org/10.1590/1809-43922000304669

RESUMO

Foi realizado no Parque Nacional do Jaú (1999) estudo transversal, onde avaliou-se o estado nutricional de 49 pré-escolares e 130 escolares, adotando-se os critérios propostos pela OMS (1986). Segundo estes critérios, 23,9% dos pré-escolares e 9,4% dos escolares apresentavam inadequação no indicador "altura/idade" (desnutrição crônica). A inadequação no indicador "peso/altura" (desnutrição aguda) foi constatada em apenas 2,2% dos pré-escolares e 1,6% dos escolares. Estes resultados evidenciam as precárias condições de saúde e nutrição da referida população.

Palavras-Chave: Antropometria; Estado Nutricional; Desnutrição Aguda; Nanismo Nutricional

ABSTRACT

A cross-sectional study was carried out in the Jaú National Park (1999), involving 49 pre-school children and 130 school children, in order to evaluate their nutritional status according to antropometric indicators. According to the criteria of the WHO (1986), 23,9% of pre-school children and 9,4% school children presented a height to ratio indicative of chronic undernourishment. Weight for heigth ratios indicative of acute undernutrition were detected in 2,2% of the pre-school and 1,6% school children. These results are an indication of the precarious state of health and nutrition of the study population.

Key words: Antropomety; Nutritional study; Acute Malnutrition; Nutritional Stunting

Texto disponível apenas em PDF
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.