Compartilhar

Flebótomos da Amazônia Central do Brasil. I. Resultados obtidos das capturas feitas com iscas humana e eqüina (Diptera, Psychodidae)

Flebótomos da Amazônia Central do Brasil. I. Resultados obtidos das capturas feitas com iscas humana e eqüina (Diptera, Psychodidae)

Autores:

Jorge R. Arias,
Rui A. de Freitas

ARTIGO ORIGINAL

Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967On-line version ISSN 1809-4392

Acta Amaz. vol.7 no.4 Manaus Oct./Dec. 1977

https://doi.org/10.1590/1809-43921977074507

Resumo

Capturas de flebótomos com isca humana e isca eqüina foram realizadas numa floresta tropical na Amazônia Central do Brasil. Todos os flebótomos que atacam ao homem, com a exceção de Lutzomyia punctigeniculata (Floch & Âbonnenc), também atacam cavalos; algumas outras espécies atacam cavalos mas não sugam sangue humano. Descobrimos portanto, que, quando se está procurando as espécies antropofílicas da região, um homem pode ser substituído por um cavalo. A espécie que mais freqüentemente ataca o homem é L. maripaensis (Floch & Abonnenc), e esta foi também a espécie que mais freqüentemente atacou o cavalo. O flebótomo capturado mais freqüentemente atacando o homem, a 15m acima do chão da floresta, foi L. anduzei (Floch & Abonnenc). Um total de 8.563 fêmeas foram capturadas, durante um período de oito meses, representando pelo menos 21 espécies ou grupos, das quais 17 antropofílicas.

Summary

Human bait and horse bait captures of phlebotomine sandflies (Diptera: Psychodidae) were conducted in a tropical forest in the Central Amazon of Brazil. All sandflies that bite man, with the exception of Lutzomyia punctigeniculata (Floch & Abonnenc) also attack horses and some other species attack horses but do not bite man. We found, therefore, that a horse may be substituted for a man when seeking the anthropophilic species of the region. The species most frequently attacking man was L. maripaensis (Floch & Abonnenc) and this was also the species that most readily attacked a horse. The sandfly most frequently caught attacking man at 15 m above the forest floor was L. anduzei (Floch & Abonnenc). A total of 8563 female sandflies were caught, during an 8 month period, representing at least 21 species or groups. Of these, 17 species were anthropophilic.