Influência da estrutura anatômica de Brosimum rubescens Taub. Moraceae (Pau-rainha) no processo de microdistribuição do CCA -A

Influência da estrutura anatômica de Brosimum rubescens Taub. Moraceae (Pau-rainha) no processo de microdistribuição do CCA -A

Autores:

Ceci SALES-CAMPOS,
Maria Silvia de MENDONÇA,
Basílio Frasco VIANEZ

ARTIGO ORIGINAL

Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967On-line version ISSN 1809-4392

Acta Amaz. vol.31 no.4 Manaus Oct./Dec. 2001

https://doi.org/10.1590/1809-43922001314631

RESUMO

No presente estudo foi avaliada a tratabilidade da espécie madeireira Brosimum rubescens Taub., Moraceae (pau-rainha), da região amazônica. Os testes foram feitos em três diferentes alturas (base, meio e ápice do fuste), com preservante CCA, tipo A, a 2% de concentração, utilizando-se o processo de impregnação sob pressão, através do método de célula cheia "Bethell". Os dados mostraram que o grau de tratabilidade do alburno é "moderadamente difícil" enquanto que o cerne é "refratário". Os resultados de absorção das toras estudadas nas diferentes alturas da árvore não apresentaram diferença significativa. Houve diferença significativa entre cerne e alburno, com intervalos de retenção de 7,95 a 8,84 kg/m3 para o alburno e de 0,13 a 0,27 kg/m3 para o cerne. Embora os vasos sejam considerados estruturas de maior importância em relação a condução, as fibras obtiveram papel relevante no processo de distribuição do preservante. O raio e o parênquima axial, mesmo no alburno, apresentaram-se ineficientes quanto a condução, devido a deposições de extrativos presentes nesses elementos. Os resultados sugerem que a refratabilidade do cerne, bem como a permeabilidade limitada do alburno desta espécie está relacionada com o conteúdo de extrativos presentes na madeira e, em especial, devido à presença de tiloses nos vasos.

Palavras-Chave: Madeira da Amazônia; Brosimum rubescens ; estruturas anatômicas; preservação da madeira; tratabilidade; absorção; retenção; penetração

ABSTRACT

In the present study, the wood treatability of the Amazon species Brosimum rubescens Taub., Moraceae (pau-rainha) was evaluated. The tests were carried out on three different positions of the tree stem (lower end, middle and upper end) with CCA type A at 2% concentration, using the Full-Cell process, also known as "Bethell" process. The data showed that the sapwood is moderately difficult to preserve, whereas the heartwood is refractory. The results of absorption at different positions of the tree stem did not present significant differences. There was a significant difference between sapwood and heart-wood, with the retention ranging from 7,95 to 8,84 kg/m3 for sapwood and from 0,13 to 0,27 kg/m3 for heartwood. Although the vessels are considered structures of major importance related to conduction, the fibres played a relevant role in the process of preservative distribution. The rays and the axial parenchyma, even in the sapwood, were not efficient due to extractive deposits present in these elements. These results suggest that the refractory property of the heartwood, as well as the limited permeability of the sapwood of this specie is related to the extractive contents present in the wood, and especially due to the presence of tyloses inside the vessels.

Key words: Amazonian wood; Brosimum rubescens ; anatomical structures; wood preservation; treatability; absorption; retention; penetration

Texto disponível apenas em PDF
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.