Inventários quantitativos de árvores em matas de terra firme: histórico com enfoque na Amazônia Brasileira

Inventários quantitativos de árvores em matas de terra firme: histórico com enfoque na Amazônia Brasileira

Autores:

Alexandre Adalardo de OLIVEIRA

ARTIGO ORIGINAL

Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967On-line version ISSN 1809-4392

Acta Amaz. vol.30 no.4 Manaus Dec. 2000

https://doi.org/10.1590/1809-43922000304567

RESUMO

Os principais inventários quantitativos de árvores na Amazônia são revisados, enfocando os estudos desenvolvidos no território brasileiro. Resumiu-se os principais resultados de cada trabalho e compilou-se os padrões obtidos para a comunidade arbórea da florestas de terra firme no sentido restrito. São discutidas a validade e eficiência da metodologia utilizada e sua importância para o entendimento da composição e estrutura dessas comunidades. Amostras de um hectare, utilizando a metodologia usual, tem fornecido informação insuficiente sobre a comunidade e não permitem a extrapolação dos resultados para áreas adjacentes. Pouco conhecimento tem sido gerado, a partir dessas parcelas, desde o estabelecimento dos padrões observados nos primeiros trabalhos. Ε sugerido um novo direcionamento dos estudos de inventários quantitativos de árvores na Amazônia brasileira.

Palavras-Chave: Amazônia; inventário florestal; floresta de terra firme; estrutura da vegetação

ABSTRACT

The published results of quantitative tree inventories in Amazonia rain forest, especially those from the Brazilian Amazon, are reexamined. The principal results of each work are summarized, and patterns obtained from these are presented. The validity and efficiency of the methodology used to date and its importance for the understanding of structure and composition of these communities are discussed. A sample of one hectare, using the traditional methodology, provides insufficient information to extrapolate to adjacent areas. Little additional knowledge had been obtained from such plots since the establishment of patterns in the earliest studies. New directions for quantitative inventories of trees in the Brazilian Amazon are suggested.

Key words: Amazon; Forest Inventories; Tropical Rain Forest; Vegetation Structure; Vegetation Composition

Texto disponível apenas em PDF