Os solos de uma Topossequencia na ilha de Algodoal/ Maiandeua, nordeste do estado do Pará, Brasil: composição química e produção de matéria orgânica

Os solos de uma Topossequencia na ilha de Algodoal/ Maiandeua, nordeste do estado do Pará, Brasil: composição química e produção de matéria orgânica

Autores:

Maria de Lourdes P. RUIVO,
Idême Gomes AMARAL,
Elton Luciano da C. RIBEIRO,
André Luis Santos GUEDES

ARTIGO ORIGINAL

Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967On-line version ISSN 1809-4392

Acta Amaz. vol.32 no.2 Manaus Apr./June 2002

https://doi.org/10.1590/1809-43922002322266

RESUMO

O estudo foi realizado na Ilha de Algodoal/Maiandeua no nordeste do Estado do Pará (00° 34' 35" S, 00° 40'00" S e 47° 39'35" WGr, 47° 3Γ25" WGr). Amostraram-se o solo e a matéria orgânica leve, nas profundidades de 0-5 cm, 5-10 cm c 10-20 cm, e a manta orgânica ao longo de uma toposseqüência com solos e cobertura vegetal diversificados. Não foram verificadas diferenças estatísticas entre os componentes químicos da fração ácido fúlvico nos solos estudados.

Palavras-Chave: Solos Litorâneos; Gênese de Solos; Área de Proteção Ambiental

ABSTRACT

This paper shows the results of a survey in Algodoal/Mainadeua Island, Pará State Coastal Zone (00° 34' 35" S, 00° 40'00" S e 47° 39'35" WGr, 47° 3125" WGr). Samples were colleted from the organic surface layer (litter), light organic matter and soil (depths 0-5 cm, 5-10 cm and 10-20 cm) along a toposequence with diversified soils and vegetation cover. There were no statistical differences between the chemical components of the fulvic acid fraction in the soils ander study.

Key words: Coastal Soil; Soil Geneis; Environmetal Protection Area

Texto disponível apenas em PDF
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.