Portal de revistas da USP: crescimento e visibilidade dos periódicos

Portal de revistas da USP: crescimento e visibilidade dos periódicos

Autores:

André Serradas

ARTIGO ORIGINAL

Fisioterapia e Pesquisa

versão impressa ISSN 1809-2950

Fisioter. Pesqui. vol.22 no.1 São Paulo jan./mar. 2015

http://dx.doi.org/10.590/1809-2950/00000022012015

A edição de periódicos é uma atividade desenvolvida por quase todas as Unidades de Ensino e Pesquisa da Universidade de São Paulo e existente em algumas delas mesmo antes da criação da Universidade. Esse é o caso, por exemplo, da Revista da Faculdade de Direito (www.revistas.usp.br/rfdusp), publicada há mais de 120 anos.

Apesar da longa e disseminada tradição editorial, somente em 1988 entrou em operação o Programa de Apoio às Publicações Científicas Periódicas da USP, vinculado ao Sistema Integrado de Bibliotecas (SIBi), com o objetivo de garantir a pontualidade e distribuição pontual das publicações editadas à época.

As mudanças verificadas nos processos de gestão e produção dos periódicos, principalmente em ambiente eletrônico, assim como a necessidade de maior qualificação das publicações, provocaram reflexões que conduziram a novas ações e adequações do Programa nos anos subsequentes. Assim, em 2008 foi lançado o Portal de Revistas da USP (http://www.sibi.usp.br/credenciamento), que pela primeira vez reuniu em um único ambiente virtual um conjunto expressivo de periódicos publicados pela Universidade de São Paulo, começando com 30 periódicos - hoje são 130.

Em 2013 o SIBiUSP começou a gerenciar as atividades de atribuição de nomes DOI para as revistas credenciadas no Programa de Apoio às Publicações Científicas Periódicas da USP, que hoje conta com mais de 20 mil nomes DOI atribuídos. Consideramo-lo uma boa contribuição aos editores, mas também aos pesquisadores, que podem registrar suas produções em seus currículos com maior facilidade e precisão.

Atualmente estão publicados no Portal de Revistas da USP mais de 63 mil documentos on-line. A visibilidade desse conteúdo pode ser expressa por meio dos 7.063.774 downloads contabilizados em 2014.

No ano de 2013 iniciamos nossas atividades do projeto "Os periódicos científicos brasileiros: estratégias para expandir e melhorar a comunicação com a sociedade", do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo da Unicamp, que tem como foco os periódicos da USP e Unicamp. O objetivo do projeto é promover a valorização e visibilidade dos periódicos brasileiros a partir da publicação de notícias nos meios de comunicação institucionais e na mídia em geral. É possível acompanhar um pouco do nosso trabalho pela fan page Divulga Ciência (https://www.facebook.com/divulgacienciaoficial).

Em 2014 foi implementada no Portal de Revistas da USP a ferramenta Article Level Metrics customizada pela equipe do Public Knowledge Project. A ferramenta oferece relatórios individuais referentes ao desempenho/impacto dos artigos na Internet: acessos e downloads, citações em bases de dados abertas, compartilhamentos, likes e comentários em redes sociais etc.

É claro que todos esses recursos sempre estiveram à disposição da revista Fisioterapia & Pesquisa e que colaboraram com outros esforços para sua trajetória de sucesso. Em 2014 ela figurou entre as 10 publicações com mais downloads no Portal de Revistas da USP, com 198.015 acessos.

Como esta é a primeira vez que tenho a oportunidade de me comunicar por meio de uma carta editorial, agradeço aos editores da Fisioterapia & Pesquisa pela oportunidade.

Boa Leitura!

Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.