Revisitando 2019, projetando 2020 e refletindo sobre a ciência aberta

Revisitando 2019, projetando 2020 e refletindo sobre a ciência aberta

Autores:

Bruno Guedes Baldi

ARTIGO ORIGINAL

Jornal Brasileiro de Pneumologia

versão impressa ISSN 1806-3713versão On-line ISSN 1806-3756

J. bras. pneumol. vol.46 no.1 São Paulo 2020 Epub 02-Mar-2020

http://dx.doi.org/10.1590/1806-3713/e20190431

O Jornal Brasileiro de Pneumologia (JBP) tem como funções primordiais divulgar a pesquisa brasileira na área das doenças respiratórias e afins, ampliar sua inserção internacional e atuar como uma das principais fontes de atualização dos membros da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, aproximando-se cada vez mais de seus leitores. O JBP completará 45 anos de existência em 2020 e vem amadurecendo na divulgação do conhecimento e acompanhando as evoluções e os eventos casuais na área em foco, permanecendo como o principal periódico da América Latina no tema. Outros objetivos secundários e indiretos, que devem ser ressaltados, incluem aumentar o interesse de profissionais recém-formados para a especialidade e estimular o desenvolvimento de novos pesquisadores nas áreas em questão.

Em 2019, diversas metas propostas pela atual gestão do JBP foram atingidas, destacando-se1:

  • Adoção da modalidade de publicação contínua, mantendo-se os seis números ao ano, com o objetivo de reduzir o tempo entre a aprovação e a disponibilização on-line dos artigos, e a suspensão da publicação da versão impressa

  • Ampliação do número de editoriais com a participação de autores internacionais, ampliando a visibilidade do jornal

  • Continuação do processo de atualização de diretrizes e consensos das principais doenças respiratórias, que se constituem em um importante instrumento de consulta e auxílio na abordagem dessas doenças, especialmente para os pneumologistas brasileiros2,3

  • Maior divulgação dos artigos de destaque em rede sociais, como Twitter, Facebook e Instagram, incluindo comentários dos autores

  • Atualização das instruções aos autores e aos revisores

  • Utilização sistemática da ferramenta iThenticate para a verificação de plágio de todos os artigos a ser revisados

  • Criação da seção de Educação Continuada em Fisiologia Respiratória, que foi bem avaliada em pesquisa recente (dados não publicados)

  • Reforço da parceira com o Pulmonology Journal (antiga Revista Portuguesa de Pneumologia), ampliando a divulgação do JBP e de seus artigos

  • Publicação de números temáticos relacionados à tuberculose e à DPOC

Diversas são as perspectivas para o JBP em 2020, no ano de comemoração dos seus 45 anos:

  • Aumento do fator de impacto a ser liberado pelas bases de dados em 2020, a partir da avaliação das citações obtidas até o momento

  • Gerenciamento do Digital Object Identifier (DOI) diretamente pelo JBP, sem a necessidade de intermediação do SciELO, agilizando seu registro na base CrossRef

  • Atualização do site do JBP, melhorando o layout e a velocidade de acesso e ampliando o número de ferramentas disponíveis

  • Inclusão de podcasts sobre os principais artigos publicados

  • Otimização do tempo entre a aprovação e a publicação on-line dos artigos, aumentando sua exposição e potencial de citação

  • Início da publicação de diretrizes que abordam o tratamento farmacológico de doenças respiratórias com base na metodologia GRADE (Grading of Recommendations Assessment, Development and Evaluation),4 o que traz inclusive a perspectiva de maior suporte na definição de políticas públicas

  • Ampliação do número de artigos de revisão que facilitem a prática diária na área das doenças respiratórias, englobando temas de maior interesse do leitor do JBP

Adicionalmente, conforme recomendado pelo Plano S,5 organizado por uma coalizão internacional, e de acordo com apresentações em diversos fóruns e publicações realizados pelo Programa SciELO, tem sido sugerida para os próximos cinco anos a adoção de práticas abertas de comunicação científica. Esse modelo de ciência inclui o acesso aberto e irrestrito a todas as publicações revisadas por pares, a aceitação de manuscritos previamente depositados em um servidor de preprint, a adoção da modalidade de publicação contínua, a disponibilização em detalhes de todo o conteúdo da pesquisa e a possibilidade de abertura da avaliação por pares.5-8 Entretanto, apesar da concordância com a maior parte das propostas estabelecidas para a comunicação aberta, que certamente contribui para o progresso da ciência, estabelecendo maior transparência nos processos editoriais e democratizando o acesso à informação, ainda existem determinadas dúvidas na adoção universal dessa política mesmo na comunidade científica internacional, especialmente na questão da possibilidade de abertura da avaliação por pares dos manuscritos, que consiste na revelação da identidade dos revisores aos autores. Seguramente existem vantagens na abertura da revisão, por se tratar de um modelo que aumenta a valorização dos avaliadores e determina uma tendência à melhora da qualidade dos pareceres, uma vez que todos no processo apresentam maior cuidado em sua elaboração e ficam fora de uma zona de conforto. Por outro lado, potenciais pontos negativos nesse processo incluem um maior risco de recusa para a emissão de pareceres sobre os artigos, devendo-se destacar inclusive que já existem dificuldades para se encontrar revisores nas diversas áreas do conhecimento no modelo tradicional, além de um potencial risco de “retaliações” futuras em caso de impressões contrárias ao manuscrito em questão.

Deve-se reconhecer que ainda há muito que se melhorar e que a tarefa não é simples; porém, reforço o papel fundamental que o corpo de editores e de revisores, os próprios autores e leitores, a equipe de assistentes editoriais e a diretoria da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia apresentam no aperfeiçoamento e consolidação internacional do JBP, para que esse se torne um periódico alvo inclusive para autores de diferentes países, com o aumento da qualidade dos artigos publicados. Diversos desafios devem ser continuamente enfrentados, incluindo a necessidade de ampliação do corpo de revisores, de aumento das colaborações internacionais nos artigos publicados e mesmo das parcerias entre os próprios grupos de pesquisa brasileiros. Além disso, devemos buscar maior agilidade na devolução do primeiro parecer aos autores e na publicação on-line, almejando-se auxiliar na melhora da qualidade do material submetido e no fornecimento confiável de um instrumento de informação aos leitores. Há ainda a necessidade de se ampliar as discussões e o amadurecimento em relação à adoção universal das práticas abertas de comunicação científica para os próximos anos, conforme preconizado pelo Plano S e pelo Programa SciELO.5-8 Reforçamos ainda que críticas e sugestões são bem-vindas para a evolução do JBP.

REFERÊNCIAS

1 Baldi BG, Chatkin JM. Jornal Brasileiro de Pneumologia and Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia: perspectives for the next four years. J Bras Pneumol. 2019;45(1):e20190028.
2 Sales MPU, Araújo AJ, Chatkin JM, Godoy I, Pereira LFF, Castellano MVCO, et al. Update on the approach to smoking in patients with respiratory diseases. J Bras Pneumol. 2019;45(3):e20180314.
3 Pereira MC, Athanazio RA, Dalcin PTR, Figueiredo MRF, Gomes M, Freitas CG, et al. Brazilian consensus on non-cystic fibrosis bronchiectasis. J Bras Pneumol. 2019;45(4):e20190122.
4 Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Ciência e Tecnologia. Coordenação-Geral de Gestão do Conhecimento. Diretrizes metodológicas: Sistema GRADE - manual de graduação da qualidade da evidência e força de recomendação para tomada de decisão em saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2014.
5 Plan S [homepage on the Internet]. Brussels: Science Europe AISBL; c2019 [cited 2019 Dec 29]. cOAlition S--Accelerating the transition to full and immediate Open Access to scientific publications. [Adobe Acrobat document, 9p.]. Available from:
6 SciELO 20 Anos [homepage on the Internet]. São Paulo: SciELO; c2018 [cited 2019 Dec 29]. SciELO--Linhas prioritárias de ação 2019-2023. [Adobe Acrobat document, 13p.]. Available from:
7 Packer AL. O modelo SciELO de publicação como política pública de acesso aberto. SciELO em Perspectiva [serial on the Internet]. 2019 Dec 18 [cited 2019 Dec 29]:[about 5 screens]. Available from: /
8 Velterop J. É iminente um dramático impulso ao acesso aberto? Acredito que sim!. SciELO em Perspectiva [serial on the Internet]. 2019 Feb 13 [cited 2019 Dec 29]:[about 13 screens]. Available from: /
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.