Revista Fisioterapia e Pesquisa nas Redes Sociais

Revista Fisioterapia e Pesquisa nas Redes Sociais

Autores:

Ariane Hidalgo Mansano Pletsch,
Nathalia Cristina de Souza Borges,
Rinaldo Roberto de Jesus Guirro

ARTIGO ORIGINAL

Fisioterapia e Pesquisa

versão impressa ISSN 1809-2950versão On-line ISSN 2316-9117

Fisioter. Pesqui. vol.22 no.2 São Paulo abr./jun. 2015

http://dx.doi.org/10.590/1809-2950/00000022022015

A Revista Fisioterapia e Pesquisa (RFP) vem ampliando seu espaço no meio científico. Desde 2014 é editada em português e em inglês, e a partir do volume 22, número 1, de 2015, disponibiliza somente a versão digital, como forma de reestruturação administrativa e financeira. Com isso, surge a necessidade de ampliar o acesso ao conhecimento que ela divulga.

A revista já publica seus exemplares em formato digital, permitindo o acesso a todo o conteúdo de todas as edições. Nosso site (http://rfp-ptr.com.br/) disponibiliza todos os números publicados entre 1994 e 2007 digitalizados, e os de 2008 até o atual na plataforma SciELO.

Além da indexação na base de dados SciELO, a revista está indexada nas bases LILACS, Latindex, CINAHL e SPORTDiscus, utilizadas por pesquisadores e profissionais da área da saúde.

A RFP também está disponível para os sistemas operacionais iOS e Android, utilizados em smartphones e tablets, desde 2012, contabilizando mais de 14 mil acessos, com 350 mil páginas lidas e mais de 4 mil horas de leitura por ano.

Atualmente, a mídia eletrônica é apontada como a principal fonte de informação, por ser gratuita em sua maioria, pela velocidade de publicação e acesso ao conteúdo e pela quantidade de informações disponíveis. A internet é um importante canal de comunicação, pesquisa, comércio e socialização que atinge 50% da população do Brasil, considerando que cada brasileiro navega, em média, durante 41 horas por semana. Dentro deste contexto existem as home pages das revistas eletrônicas, que fornecem as informações de forma unilateral.

Preocupada em levar o conhecimento científico, inovações e informações relevantes de fonte seguras a toda a população, a revista aderiu à maior rede social da atualidade, o Facebook. Possuindo aproximadamente 1,4 bilhão de usuários cadastrados mundialmente, sendo 84 milhões no Brasil, o Facebook promove a interação de pessoas do mundo inteiro por meio de grupos, textos, fotos, vídeos e outras mídias. Assim, a Revista Fisioterapia e Pesquisa está lançando sua página no Facebook, que permite mais proximidade com o leitor de forma dinâmica e interativa, divulgando as publicações científicas e novidades relacionadas a pesquisa. Uma das vantagens das redes sociais é a informalidade e espontaneidade das pessoas em compartilhar as informações com seus amigos, atingindo, assim, um maior número de usuários.

Essa nova página tem como objetivo divulgar conteúdo científico e assuntos relacionados ao meio acadêmico, atingindo a população nacional e internacional. Ela expõe o conteúdo de forma simples e de fácil compreensão, favorecendo a tomada de decisões de profissionais com base em evidências científicas e informações relevantes aos pacientes, como o cuidado com a saúde, inovações de tratamento e prevenção de diversas patologias.

Não deixem de acessar nossa página: https://www.facebook.com/pages/RevistaFisioterapiaePesquisa/1425270264438487

Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.