Carreira na Sanar

Direcionamentos

Olá Sanatico!

Bem vindo ao Site da Carreira Sanar!

Este documento descreve as competências, habilidades e atitudes que a Sanar espera para o desenvolvimento de carreira de seus colaboradores!

A Sanar está em crescimento acelerado, mudando de fase, aumentamos o time e os desafios. Ter um frame de carreira estruturado nos permitirá ter mais clareza sobre o horizonte de crescimento na Sanar, a expectativa da empresa e nos tornar mais protagonistas do nosso desenvolvimento. Além disso, vai viabilizar um crescimento saudável - formando líderes mais estratégicos que, através da transparência e recursos, criam times mais coesos e coerentes com os desafios a serem enfrentados.

Aqui vão alguns direcionamentos para a melhor utilização dessa ferramenta:

  1. Nosso frame descreve quais as expectativas comuns e exemplos das habilidades e responsabilidades de um sanático em cada nível.
  2. Os níveis representam uma evolução do grupo de competências.
  3. O frame de carreira apresenta uma matriz de possibilidades de crescimento na carreira, não apenas uma escada unilateral. Há espaço para crescimento e desenvolvimento em diferentes níveis, com possibilidades de movimentações laterais e verticais
  4. Pode acontecer de um sanático não ter 100% das habilidades de um mesmo nível. Por isso, cada um terá um nivelamento global de acordo com as competências apresentadas com maior consistência.
  5. Utilize essa ferramenta como um guia, não um check list de verificações. Conte com o apoio de sua liderança para alinhar expectativas e como essas competências podem ser observadas em seu dia a dia de trabalho.
  6. A carreira na Sanar segue o modelo Y, trazendo oportunidades para que os Sanáticos possam optar entre seguir para o cargo gerencial ou escolher ser um especialista na área técnica de um determinado setor.
  7. Na Sanar, temos dois desenhos de carreira: uma carreira geral e uma carreira de desenvolvimento. Todas as pessoas não desenvolvedoras deverão utilizar a carreira geral para nortear sua evolução dentro da empresa.
Carreiras:
Nível:
Competências:

IC 1

Vá lá e broque (foco na entrega)Ter agilidade, foco, qualidade na execução e aprendizado para alcançar os objetivos.
  • Executa as atividades com objetivos claros e de forma de fazer bem definidos.
  • Entrega resultados de acordo com o planejado pelo time
  • Capaz de identificar seus erros e exergá-los como aprendizados e oportunidades de melhoria
Resolva seus BOs (resolução de problemas)Capacidade de identificar, racionalizar e traçar soluções para problemas pequenos ou complexos, conectando pontos para gerar soluções inteligentes e criativas.
  • Identifica desvios e problemas simples em suas atividades logo que ocorrem, buscando ajuda quando necessário.
  • Atua nos problemas que aparecem ao longo do seu trabalho.
  • Encontra soluções simples e criativas para problemas pouco complexos.
  • Age mais corretivamente do que preventivamente. Responde aos problemas que ocorrem de forma proativa.
Nossa responsa (responsabilidade)É a habilidade de assumir a responsabilidade direta sobre os resultados e a forma para chegar lá. Buscar constantemente novos desafios sempre alinhados com os objetivos gerais do negócio.
  • Assume responsabilidade pela execução das suas atividades prédefinidas.
  • Demonstra interesse para aprender sobre as atividades da área e inicia a busca de novos desafios para se desenvolver, com apoio de profissionais mais experientes.
Tamo junto (colaboração)Habilidade de trabalhar com o time e pelo time. Dar e receber diferentes opiniões é fundamental para alcançar excelentes resultados e entender que cada ação individual tem impacto no todo e em um objetivo comum.
  • Apoia e se compromete com o time oferecendo ajuda quando há necessidade.
  • Comunica com clareza ao time o que está realizando e toma iniciativa de participar ativamente das atividades da equipe.
  • Expressa o próprio ponto de vista ou preocupações.

IC 2

Vá lá e broque (foco na entrega)Ter agilidade, foco, qualidade na execução e aprendizado para alcançar os objetivos.
  • Define e organiza o trabalho a ser realizado para garantir a entrega dos resultados.
  • Identifica pontos da entrega que podem ser otimizados no processo. Entrega resultados com qualidade e consistência.
  • Aprende com seus erros e aplica os aprendizados para melhorar o que faz. Busca aprendizados com quem já passou pelas mesmas situações.
Resolva seus BOs (resolução de problemas)Capacidade de identificar, racionalizar e traçar soluções para problemas pequenos ou complexos, conectando pontos para gerar soluções inteligentes e criativas.
  • Identifica e define os problemas que encontra com clareza e assertividade buscando ajuda quando necessário.
  • Apresenta um racional/pensamento estruturado para encontrar soluções mais assertivas.
  • Busca formas mais estruturadas para solucionar os problemas, sem, necessariamente, se prender a soluções já existentes.
  • Além de agir corretivamente, busca soluções para que o problema não volte a ocorrer.
Nossa responsa (responsabilidade)É a habilidade de assumir a responsabilidade direta sobre os resultados e a forma para chegar lá. Buscar constantemente novos desafios sempre alinhados com os objetivos gerais do negócio.
  • Assume responsabilidade pelos resultados das suas atividades e a forma para alcançá-los.
  • É proativo e comprometido com o seu crescimento, busca desafios que estimulem sua evolução com apoio de profissionais mais experientes.
Tamo junto (colaboração)Habilidade de trabalhar com o time e pelo time. Dar e receber diferentes opiniões é fundamental para alcançar excelentes resultados e entender que cada ação individual tem impacto no todo e em um objetivo comum.
  • Trabalha colaborativamente em equipe e se comunica em reuniões do time.
  • Traz clareza do status do trabalho aos colegas de equipe e ao líder, trazendo peocupações ou dúvidas quando necessário.
  • Solicita ativamente e considera as ideias e opiniões de outras pessoas para cumprir com eficiência e eficácia objetivos específicos.

IC 3

Vá lá e broque (foco na entrega)Ter agilidade, foco, qualidade na execução e aprendizado para alcançar os objetivos.
  • Planeja adequadamente seu trabalho levando em conta objetivos, recursos, prazos e prioridades.
  • Identifica e implementa melhorias com proatividade visando alcançar os resultados de sua área.
  • Utiliza o aprendizado como um acelerador. Transforma de forma consistente os seus aprendizados anteriores e as melhores práticas do mercado em melhorias no que faz.
Resolva seus BOs (resolução de problemas)Capacidade de identificar, racionalizar e traçar soluções para problemas pequenos ou complexos, conectando pontos para gerar soluções inteligentes e criativas.
  • Define com clareza problemas de maior complexidade e é capaz de quebrá-los em problemas menores (estratificação). Possui uma boa capacidade de priorização dos problemas.
  • Faz análises para encontrar as causas dos problemas e propor soluções mais efetivas.
  • Conecta pontos, unindo conhecimento prévio com as novas informações sobre os problemas, para encontrar soluções pouco óbvias.
  • Se antecipa aos problemas. Não espera que o problema aconteça para fazer algo a respeito.
Nossa responsa (responsabilidade)É a habilidade de assumir a responsabilidade direta sobre os resultados e a forma para chegar lá. Buscar constantemente novos desafios sempre alinhados com os objetivos gerais do negócio.
  • Assume responsabilidade pelos resultados das suas atividades e a forma para alcançá-los e pensa em novas soluções para agregar valor a sua área.
  • Busca constantemente formas de desenvolver suas habilidades alinhadas com os objetivos do negócio com proatividade e necessidade de pouco apoio.
Tamo junto (colaboração)Habilidade de trabalhar com o time e pelo time. Dar e receber diferentes opiniões é fundamental para alcançar excelentes resultados e entender que cada ação individual tem impacto no todo e em um objetivo comum.
  • Trabalha colaborativamente em equipe, além de motivar e facilitar a colaboração entre as pessoas.
  • Se importa e se esforça para alcançar uma entrega coletiva, em prol dos objetivos comuns da área.
  • Incentiva abertamente outros membros da equipe a expressar suas ideias e preocupações.

IC 4

Vá lá e broque (foco na entrega)Ter agilidade, foco, qualidade na execução e aprendizado para alcançar os objetivos.
  • Executa, define e planeja seu trabalho com consistência, além de identificar e traçar estratégias que maximizem o resultado do projeto no futuro.
  • Identifica e implementa melhorias com proatividade e autonomia, visando maximizar os resultados da área para além do esperado.
  • Aplica um processo consistente de testar-aprender-melhorar para obter resultados crescentes.
Resolva seus BOs (resolução de problemas)Capacidade de identificar, racionalizar e traçar soluções para problemas pequenos ou complexos, conectando pontos para gerar soluções inteligentes e criativas.
  • Alta capacidade de definição, estratificação e priorização dos problemas. Compreende os problemas da sua área e seus impactos no nível institucional.
  • Faz análises aprofundadas e propõe soluções em cima da causa raiz.
  • Não se prende às soluções "mais óbvias". Vai além das perspectivas apresentadas, entregando ideias inteligentes e criativas.
  • Busca oportunidades de melhoria para sua área e aplica o método de resolução de problemas para torná-las concretas.
Nossa responsa (responsabilidade)É a habilidade de assumir a responsabilidade direta sobre os resultados e a forma para chegar lá. Buscar constantemente novos desafios sempre alinhados com os objetivos gerais do negócio.
  • Assume responsabilidade pelos seus resultados, pensando e executando processos que geram impácto no negócio, através da conexão com demais áreas.
  • Busca com consistência novos desafios e conhecimentos que sejam alinhados com os objetivos do negócio e apoia profissionais menos experientes nessa busca.
Tamo junto (colaboração)Habilidade de trabalhar com o time e pelo time. Dar e receber diferentes opiniões é fundamental para alcançar excelentes resultados e entender que cada ação individual tem impacto no todo e em um objetivo comum.
  • Demonstra alto nível de entusiasmo e comprometimento com os objetivos da equipe em situações difíceis ou adversas; incentiva outros a responderem de forma semelhante
  • Envolve o time/pares para tomada de decisão em conjunto. Estabelece relações e acordos e entrega de forma colaborativa.
  • Constrói e mantém relações, acordos e entregas de forma colaborativa, com foco no impacto para o negócio.

IC 5

Dê a ideia (argumentação/negociação)Capacidade de apresentar argumentos de maneira simples, utilizando conhecimentos técnicos, para influenciar a tomada de decisão e resolução de problemas em função dos objetivos da empresa.
  • Estrutura seus argumentos de forma coesa e convincente, influenciando nas tomadas de decisão e resolução de problemas da sua área e de outros stakeholders.
  • É persuasivo e consegue influenciar nas tomadas de decisões importantes oferecendo argumentos sólidos que fazem sentido dentro do contexto em questão.
  • Traduz suas opiniões e argumentos para discussões em qualquer nível, sempre com respeito e atenção ao posicionamento do (s) outro (s).
  • Sustenta seus argumentos com conhecimento técnico, contexto e avaliação do custo-benefício da decisão dentro da (s) área (s) em que está inserido.
Eu quero é prova (pensamento crítico e analítico)Capacidade de interpretar fatos, dados e/ou métricas para avaliar, entender cenários e sugerir soluções de forma crítica e embasada.
  • Identifica problemas mais complexos e propõe oportunidades na sua área de atuação gerando soluções com base em análise do contexto e cruzamento de dados e/ou fatos.
  • Aprofunda e questiona junto ao time as implicações e consequências práticas da solução proposta.
  • Possui clareza e contextualiza para o time os trade-offs das soluções propostas, bem como dos benefícios que elas podem trazer para a sua área.
  • Propõe indicadores de sucesso para avaliar as soluções propostas na sua área de atuação, mas os avalia constantemente e muda quando necessário.
Cabeção (domínio técnico)Capacidade de unir teoria, técnicas, ferramentas e referências em uma aplicação prática, trazendo inovações alinhadas às estratégias da empresa. Ser referência em sua área de expertise técnica, garantindo a perpetuação do conhecimento na organização.
  • Difunde dentro da(s) sua(s) área(s) de atuação boas práticas, ferramentas, softwares e tendências da área técnica.
  • Documenta de forma clara e acessível e compartilha aprendizados técnicos que se tornam referência para um núcleo ou parte da companhia.
  • Sua expertise gera impacto dentro de projetos de alta relevância do núcleo ou área da qual participa.
  • Executa e já lidera projetos técnicos de alta complexidade dentro da empresa.

IC 6

Dê a ideia (argumentação/negociação)Capacidade de apresentar argumentos de maneira simples, utilizando conhecimentos técnicos, para influenciar a tomada de decisão e resolução de problemas em função dos objetivos da empresa.
  • Utiliza argumentos técnicos que trabalham a favor dos objetivos macro da companhia, ajustando o conteúdo e/ou materiais de acordo com a audiência.
  • Dentro do processo decisório, apresenta argumentos que envolvem análise de risco, conhecimento técnico e visão de futuro.
  • Ajuda a mediar conflitos e opiniões, avaliar trade-offs e construir consensos convergentes em prol da companhia.
  • Apresenta seus argumentos avaliando também impactos financeiros no negócio e quando enfrenta mudanças de rota sabe a hora de abrir mão das suas convicções e negociar as melhores soluções para a empresa.
Eu quero é prova (pensamento crítico e analítico)Capacidade de interpretar fatos, dados e/ou métricas para avaliar, entender cenários e sugerir soluções de forma crítica e embasada.
  • Correlaciona análises de mercado com o contexto interno para assumir riscos calculados nas tomadas de decisão que maximizam o resultado da empresa.
  • Provoca discussões relevantes a nível estratégico, com o objetivo de garantir o embasamento das decisões a serem tomadas.
  • Apresenta insumos e propõe soluções embasadas, direcionando as tomadas de decisão de maior impacto para o futuro da empresa.
  • Domina indicadores e conceitos avançados da sua área, utilizando ambos para criar padrões de métricas para toda a empresa.
Cabeção (domínio técnico)Capacidade de unir teoria, técnicas, ferramentas e referências em uma aplicação prática, trazendo inovações alinhadas às estratégias da empresa. Ser referência em sua área de expertise técnica, garantindo a perpetuação do conhecimento na organização.
  • Transforma tendências em inovações (projetos e/ou ações práticas) que redirecionam e potencializam a estratégia da empresa.
  • Com domínio e bagagem técnica, eleva os debates em todos os níveis da empresa, mentora e inspira os times.
  • É uma referência técnica para a empresa e para o mercado. Representa tecnicamente a empresa externamente, quando necessário.
  • Lidera e/ou acompanha um conjunto de projetos técnicos, garantindo que os avanços técnicos estejam alinhados com o contexto e estratégia geral da empresa.

M1

Puxa trio (Liderança)Ser um preceptor de cada liderado ao ponto de se tornar dispensável e gerenciar a banda mental do time (segurança psicológica e empolgação), sendo um recrutador natural de talentos.
  • Atua como agente multiplicador da cultura, propósito e estratégia.
  • Responsável por recrutar ativamente para o seu time, com apoio do seu líder nas etapas do processo.
  • Consegue direcionar os desafios corretos para cada pessoa do time, através da observação da conexão cargo <> pessoa.
  • Monitora o desempenho individual e acompanha a evolução, através de rituais claros e definidos.
  • Aprende a ter conversas difíceis no nível do time (resolução de conflitos, desempenho, carreira, desligamento).
  • Consegue acessar competências técnicas, nível de prontidão e fit cultural nos procesos de recrutamento, bem como consegue contribuir na criação de cases que sejam efetivos para acessar esses pontos.
Pega a visão do todo (visão holística)Sempre maximizar a companhia, usando a colaboração com os pares. Ter capacidade de alinhar esforços do time para atingir os objetivos da empresa, garantindo a gestão do conhecimento.
  • Toma decisões com base na estratégia da Sanar.
  • Fornece as ferramentas e compartilha as informações necessárias para que todos do time executem suas funções.
  • Direciona o time para o alcance dos objetivos da organização e contribui para um ambiente de colaboração entre times, áreas cross, e núcleos.
Xá comigo (Lidar com o desafio)Gerir a complexidade que lhe é dada, por meio de pensamento crítico e resolução de problemas.
  • Entende em profundidade o seu desafio dentro do escopo proposto. Conhece os objetivos e dados principais, bem como sabe justicar a estratégia para atingi-lo, identificando os acertos e falhas de direcionamento.
  • Traduz os desafios, métricas, objetivos e estratégias de forma simples, respeitando o grau de entendimento do time. Discute em detalhe o desafio com outros stakeholders.
  • Precisa de suporte eventual nas decisões mais simples e direcionamento nas complexas.
  • Critica e propõe melhoria para as entregas do time.
Vá grandão e sem medo (Coragem e resiliência)Garantir o melhor resultado para a companhia, tendo coragem para tomar decisões difíceis, lidando com a incerteza e ambiguidade e sendo resiliente.
  • Racionaliza os impactos positivos e os riscos das mudanças que propõe na sua área.
  • Consegue ser resiliente na defesa de suas ideias, preservando a inteligência emocional, ainda que seus liderados discordem.
  • Decide mudanças de rotas na área ou no produto em que atua.
Papo reto (comunicação)Capacidade de se fazer entender e compreender de maneira clara e eficaz, sempre levando em consideração seu público-alvo e o efeito amplificador do poder.
  • Capacidade de comunicar com transparência e segurança decisões institucionais com impacto limitado ao time. Consegue dar contexto da sua área para seu time e líder.
  • É responsável por garantir o entendimento e efetividade da comunicação do seu time.
  • Capaz de se comunicar com clareza e efetividade, levando em consideração seu público alvo.

M2

Puxa trio (Liderança)Ser um preceptor de cada liderado ao ponto de se tornar dispensável e gerenciar a banda mental do time (segurança psicológica e empolgação), sendo um recrutador natural de talentos.
  • Atua como agente multiplicador da cultura, empolgando seu time de acordo com o propósito e estratégia da empresa, além de conseguir direcionar desafios para o time que estão conectados com a visão de futuro do produto/núcleo.
  • Responsável por recrutar para sua área e consegue influenciar áreas parceiras por ser referencia. Faz a criação e execução da estratégias de formação de time, olha para as competências gerais da equipe e direciona de forma estratégica o perfil de vagas a serem abertas com base nisso.
  • Possui um olhar crítico e estratégico para o desenho do time e alocação das pessoas.
  • Orienta o desenvolvimento do time de forma clara e estruturada.
  • Conduz conversas difíceis com consistência e eficiência (feedbacks sensíveis, resolução de conflitos, gestão de desempenho, desligamentos).
  • Prioriza investimento para processos de onboarding nos times/núcleo. É responsável por assegurar um ambiente onde as pessoas novas conseguem contribuir o mais rápido possível.
Pega a visão do todo (visão holística)Sempre maximizar a companhia, usando a colaboração com os pares. Ter capacidade de alinhar esforços do time para atingir os objetivos da empresa, garantindo a gestão do conhecimento.
  • Toma decisões mais assertivas/consistentes/embasadas, por conta do seu aprofundamento na estratégia da Sanar.
  • Desenvolve processos consistentes e materiais de apoio que ajudam sua equipe a alcançar os resultados e garantir a gestão do conhecimento.
  • Dá contexto ao time em relação às decisões da Sanar que possam impactar na área liderada.
Xá comigo (Lidar com o desafio)Gerir a complexidade que lhe é dada, por meio de pensamento crítico e resolução de problemas.
  • Entende o papel do seu desafio no todo e conecta-se com a estratégia. Sumariza as informações principais do seu desafio e conhece dados e informações da estratégia.
  • Consegue explicar e dar clareza para pares os principais desafios de sua área, além de entender parte dos desafios de outras áreas e externos da empresa de forma mais básica.
  • Toma decisões com autonomia e precisa de suporte eventual e direcionamentos em casos mais complexos.
  • Critica e propõe melhoria de decisões e rituais do time.
Vá grandão e sem medo (Coragem e resiliência)Garantir o melhor resultado para a companhia, tendo coragem para tomar decisões difíceis, lidando com a incerteza e ambiguidade e sendo resiliente.
  • Racionaliza os impactos positivos e os riscos das mudanças significativas de rotas que propõe na sua área.
  • Consegue ser resiliente na defesa de suas ideias, preservando a inteligência emocional, ainda que seus pares discordem.
  • Decide mudanças de rotas significativas na sua área ou produto que atua.
Papo reto (comunicação)Capacidade de se fazer entender e compreender de maneira clara e eficaz, sempre levando em consideração seu público-alvo e o efeito amplificador do poder.
  • Capacidade de representar seu líder ou área internamente, para além do próprio time (equipe logo acima), com segurança de comunicação e entendimento sobre decisões estratégicas. Consegue dar contexto da sua área e adjacentes para seu time e líder.
  • É responsável por garantir o entendimento e efetividade da comunicação do seu time e times adjacentes (mesma área ou próximos).
  • Capaz de se comunicar (falar e ouvir) com efetividade por meio de linguagens verbais, textuais, corporais e científicas, pessoalmente ou utilizando diferentes plataformas.

M3

Puxa trio (Liderança)Ser um preceptor de cada liderado ao ponto de se tornar dispensável e gerenciar a banda mental do time (segurança psicológica e empolgação), sendo um recrutador natural de talentos.
  • Atua como agente multiplicador da cultura, empolgando seu time de acordo com o propósito e estratégia da empresa, além de conseguir direcionar desafios para o time que estão conectados com a visão de futuro do negócio como um todo.
  • Recruta ativamente para seu time e Sanar - independente de vagas abertas - com excelência e é referência para a empresa. Cria e executa estratégias de formação de time com olhar de longo prazo e apoia M1 e M2 nesse processo.
  • Possui um olhar crítico e estratégico para o desenho do time e alocação das pessoas em áreas multidisciplinares, com embasamento e autonomia nas tomadas de decisões.
  • Dá autonomia ao time e apoia quando necessário - sabe delegar sem ter que se envolver constantemente na operação.
  • Proativamente oferece suporte para líderes menos preparados em temas como feedbacks sensíveis, resolução de conflitos, gestão de desempenho, desligamentos.
  • Sabe direcionar foco e energia para questões mais estratégicas como: formação de sucessores, situações críticas (burnouts, conflitos, etc), gestão de baixo e alto desempenho no time.
Pega a visão do todo (visão holística)Sempre maximizar a companhia, usando a colaboração com os pares. Ter capacidade de alinhar esforços do time para atingir os objetivos da empresa, garantindo a gestão do conhecimento.
  • Identifica e analisa os impactos que as decisões da própria área geram em outras áreas da Sanar.
  • Envolve as pessoas certas e times multidisciplinares na aquisição de dados e conhecimento para embasar decisões.
  • Consegue negociar quando alguma ação da empresa impacta a área liderada (ou vice-versa). Seta ações para promover a colaboração entre sua área e as demais, conectando desafios e problemas com foco no bem maior para a Sanar. É percebido como uma liderança colaborativa, empática, propositiva e resolutiva.
Xá comigo (Lidar com o desafio)Gerir a complexidade que lhe é dada, por meio de pensamento crítico e resolução de problemas.
  • Entende basicamente o papel dos demais núcleos/áreas na estratégia. Conhece e sumariza dados e informações principais da estratégia e mercado.
  • Consegue explicar o seu desafio e dos pares, suas interrelações e conexões, pontos de sinergia e fricção e sugere melhorias estratégicas. Consegue dialogar de forma transversal com diferentes níveis e áreas, mesmo que sem profundidade, entende o papel das demais áreas na estratégia e seu dimensionamento.
  • É responsável pela maior parte das decisões do seu escopo com pouco suporte, avaliando trade-offs complexos e discutindo-os com o líder em profundidade.
  • Critica e propõe melhorias para a estrutura do time. Lidera a estrategia e visão do time.
Vá grandão e sem medo (Coragem e resiliência)Garantir o melhor resultado para a companhia, tendo coragem para tomar decisões difíceis, lidando com a incerteza e ambiguidade e sendo resiliente.
  • Racionaliza os impactos positivos e os riscos das mudanças que propõe em todas as áreas da companhia.
  • Consegue ser resiliente na defesa de suas ideias, preservando a inteligência emocional, ainda que seus líderes discordem.
  • Participa da definição de mudanças de rotas significativas em sua área e nas adjacentes quando necessário.
Papo reto (comunicação)Capacidade de se fazer entender e compreender de maneira clara e eficaz, sempre levando em consideração seu público-alvo e o efeito amplificador do poder.
  • Capacidade de representar a sua área internamente e externamente, com segurança de comunicação e entendimento sobre decisões estratégicas. Consegue dar contexto da sua área ou equivalente, bem como da Sanar para seu time e líder.
  • Consegue garantir o alinhamento de comunicação e atividades entre times ou áreas/ núcleos diferentes da Sanar.
  • Consegue entender além do verbalizado a mensagem que está sendo trazida, interpretando-a de forma coerente, e sabendo a quem transmitir, re-frasear ou adaptar para melhor entender e se fazer entender.

M4

Puxa trio (Liderança)Ser um preceptor de cada liderado ao ponto de se tornar dispensável e gerenciar a banda mental do time (segurança psicológica e empolgação), sendo um recrutador natural de talentos.
  • Atua como agente multiplicador da cultura, inspirando outros líderes e stakeholders de dentro e fora da empresa de acordo com o propósito e estratégia da empresa. É uma referência para toda a empresa em engajamento de times e exemplo de cultura.
  • Consegue vender qualquer desafio da Sanar para um possível candidato e possui um olhar crítico em relação às oportunidades, olhando para diversos négocios atuais e futuros da empresa.
  • Possui olhar crítico e estratégico no desenho da estrutura do time no âmbito da empresa.
  • Forma líderes aptos a assumirem a operação sem que seja necessário fazer grandes intervenções.
  • Proativamente mentora e desenvolve líderes menor senioridade da sua área (futuros líderes, >=M2).
  • Direciona a evolução da estrutura organizacional do seu escopo, incluindo testar novos times, transformar times grandes em times menores e criar grupos de ação quando necessário.
Pega a visão do todo (visão holística)Sempre maximizar a companhia, usando a colaboração com os pares. Ter capacidade de alinhar esforços do time para atingir os objetivos da empresa, garantindo a gestão do conhecimento.
  • Possui um olhar voltado para todo o negócio, sabendo se posicionar nas tomadas de decisões que não afetam somente a sua área.
  • Atua como um multiplicador que compartilha conhecimento e delega para ajudar os outros a crescer, além de promover momentos de socialização do saber.
  • É capaz de mudar a rota de algo que foi planejado e implementar novas soluções de acordo com uma necessidade atual da empresa. Mantém o time engajado nesses momentos.
Xá comigo (Lidar com o desafio)Gerir a complexidade que lhe é dada, por meio de pensamento crítico e resolução de problemas.
  • Consegue traduzir de forma simplificada todo o grau de complexidade das diferentes áreas da Sanar, bem como seu peso e relevância na tese macro. Conhece o mercado, atento para as informações, consegue ler sinal e ruído dentro da tese da Sanar.
  • Navega e é capaz de discutir diferentes áreas, tendo a habilidade de dialogar com diferentes níveis. Traduz a informação do high level para baixo com graus de informação necessária para cada camada.
  • É capaz de tomar decisões com autonomia dentro e fora do seu escopo se necessário. Escala as decisões em casos extremos.
  • Critica e propõe melhorias para a estrutura da empresa, dentro da visão e é capaz de influenciar a estratégia da empresa.
Vá grandão e sem medo (Coragem e resiliência)Garantir o melhor resultado para a companhia, tendo coragem para tomar decisões difíceis, lidando com a incerteza e ambiguidade e sendo resiliente.
  • Racionaliza os impactos positivos e os riscos das mudanças que propõe na estratégia da companhia.
  • Consegue ser resiliente na defesa de suas ideias, preservando a inteligência emocional, ainda que todos stakeholders internos discordem.
  • Participa da definição de mudanças de rotas significativas na estratégia da Companhia.
Papo reto (comunicação)Capacidade de se fazer entender e compreender de maneira clara e eficaz, sempre levando em consideração seu público-alvo e o efeito amplificador do poder.
  • Capacidade de falar e representar a Sanar em cenários internos com segurança de comunicação e entendimento sobre decisões estratégicas. Navega em cenários externos como um embaixador da Sanar, sabendo dos limites e filtrando informações sensíveis e abertas a depender do interlocutor. Consegue dar contexto da Sanar para a maioria dos stakeholders, quando necessário.
  • Consegue garantir alinhamento de comunicação entre a maioria dos stakeholders internos e eventualmente externos. Influencia grandes grupos de forma clara, persuasiva.
  • É referência em comunicação, consegue ser assertivo em sua fala, além de interpretar sinais subjetivos do seu time que vão além do verbalizado.

M5

Puxa trio (Liderança)Ser um preceptor de cada liderado ao ponto de se tornar dispensável e gerenciar a banda mental do time (segurança psicológica e empolgação), sendo um recrutador natural de talentos.
  • Atua como agente multiplicador da cultura, inspirando outros líderes e stakeholders de dentro e fora da empresa de acordo com o propósito e estratégia da empresa. É uma referência para toda a empresa em engajamento de times e exemplo de cultura.
  • Apresenta um papel ativo no recrutamento de vagas complexas e delicadas, incluindo posições de M4, M5 e especialistas. Entende necessidades futuras da Sanar e tangibiliza na formulação dos perfis que precisamos buscar.
  • Transmite confiança na comunicação dos próximos passos do negócio e, com isso, consegue direcionar a empresa de forma assertiva sobre as necessidades organizacionais.
  • Cria e incentiva a cultura da empresa para a formação de ambientes seguros.
  • Busca e desenvolve uma pipeline de futuros líderes seniores (>=M3).
  • Contribui de forma ativa para a evolução do framework de gestão de desempenho, sendo refetência e assumindo uma posição de protagonista nesse tema.
Pega a visão do todo (visão holística)Sempre maximizar a companhia, usando a colaboração com os pares. Ter capacidade de alinhar esforços do time para atingir os objetivos da empresa, garantindo a gestão do conhecimento.
  • Alinha os interesses de stakeholders de maior impacto com a estratégia da Sanar e toma decisões que direcionam o futuro da empresa.
  • Difunde na empresa a importância da gestão do conhecimento, com o objetivo de maximizar a companhia. Produz e divulga conhecimentos para a comunidade além da empresa.
  • Defende os interesses da companhia em primeiro lugar, apresentando racional claro, ainda que seja necessário ir de encontro com a opinião do seu time de líderes (discorda e lidera mudanças quando necessário).
Xá comigo (Lidar com o desafio)Gerir a complexidade que lhe é dada, por meio de pensamento crítico e resolução de problemas.
  • Defende em nível máximo a visão da Sanar interna e externamente, sendo capaz de traduzir de forma simples e com o volume de informação e complexidade necessários para os stakeholders, em diferentes níveis. Do investidor, ao parceiro, ao colaborador. Consegue avaliar tendências, informações e dados do setor da Sanar, seja dentro ou fora da tese da Sanar, antecipando movimentos.
  • Consegue ser diretivo e assertivo em priorização de tempo e energia em temas que deve aprofundar, sumarizando informação e gerindo a complexidade da empresa.
  • É capaz de defender a tese da Sanar nas discussões e consegue entender e diagnosticar com níveis diferentes e assimétricos de informação mesmo sem todos os detalhes. É capaz de tomar decisões em diversos escopos se necessário e de criticar decisões de pares e líderes.
  • É capaz de influenciar mudanças na visão, estrutura e todo direcionamento estratégico.
Vá grandão e sem medo (Coragem e resiliência)Garantir o melhor resultado para a companhia, tendo coragem para tomar decisões difíceis, lidando com a incerteza e ambiguidade e sendo resiliente.
  • Racionaliza os impactos positivos e os riscos das mudanças que propõe na Cultura e Visão da Companhia.
  • Consegue ser resiliente na defesa de suas ideias, preservando a inteligência emocional, ainda que todos stakeholders internos e externos discordem.
  • Decide mudanças de rotas significativas na Visão e na Cultura da Sanar.
Papo reto (comunicação)Capacidade de se fazer entender e compreender de maneira clara e eficaz, sempre levando em consideração seu público-alvo e o efeito amplificador do poder.
  • Capacidade de falar e representar a Sanar em cenários internos e externos com segurança de comunicação e propriedade sobre decisões estratégicas. Atua em cenários externos como o principal representante da empresa, sabendo dos limites e filtrando informações sensíveis e abertas a depender do interlocutor. Consegue dar contexto da Sanar paratodos os stakeholders.
  • É responsável por garantir a comunicação dentro da empresa e com outros stakeholders da Sanar.
  • É referência em comunicação, consegue ser assertivo em sua fala, além de interpretar sinais subjetivos do seu time, pares e stakeholders externos, que vão além do verbalizado.