DESAFIO | Tosse e calafrio. E agora?

DESAFIO | Tosse e calafrio. E agora?

Ligante Responsável: Catarina Cunha

Apresentação do caso: Paciente do sexo feminino, 76 anos, comparece à emergência hospitalar, queixando-se de febre alta com calafrios, dor pleurítica e uma tosse com expectoração purulenta esverdeada há 3 dias. Ao exame físico, apresentou os seguintes dados: FC: 98 bpm; FR: 26 ipm; T: 39,1°; PA: 87×55 mmHg; SatO2 88% em ar ambiente e GCS: 14. Foi identificado ainda uma submacicez em região de base pulmonar direita associada a um aumento do frêmito toracovocal na região.

Questões para orientação da discussão:

  1. Qual o provável diagnóstico dessa paciente?
  2. No que se baseia o escore SOFA?

Gabarito

  1. Com esse quadro clínico, estamos diante de uma paciente com suspeita de infecção respiratória, provavelmente uma pneumonia. Levando em conta a presença da infecção e parâmetros condizentes com todos os critérios do qSOFA (GCS < 15, FR ≥ 22 ipm e PAS ≤ 100 mmHg), pontuando 3 nesse escore. Dessa forma, havendo pontuação igual ou maior a dois, deve-se suspeitar nessa paciente um quadro de sepse e aplicar então o SOFA. 
  2. Nessa escala, pontuação igual ou maior a dois é indicativo de disfunção orgânica que, acompanhada ao quadro infeccioso, é indicativo de sepse, que nada mais é que uma disfunção orgânica gerada por uma resposta desregulada do hospedeiro à infecção.
Sequential (Sepsis-Related) Organ Failure Asessment Score (SOFA)
  Escore
Sistema 0 1 2 3 4
Respiração
PaO2/FiO2, mmHg (kPa)
≥ 400 (53.3) < 400 (53.3) < 300 (40) < 200 (26.7) com suporte ventilatório < 100 (13.3) com suporte ventilatório
Coagulação
Plaquetas, x103/μL
≥ 150 < 150 < 100 < 50 < 20
Fígado
Bilirrubina, mg/dL (μmol/L)
< 1.2 (20) 1.2 – 1.9
(20-32)
2.0 – 5.9
(33-101)
6.0 – 11.9
(102-204)
> 12.0 (204)
Cardiovascular PAM ≥ 70 mmHg PAM < 70 mmHg Dopamina < 5 ou dobutamina (qualquer dose) Dopamina
 5.1 -15 ou epinefrina
 ≤ 0.1 ou norepinefrina
≤ 0,1*
Dopamina > 15 ou epinefrina
 > 0.1 ou norepinefrina
 > 0,1*
Sistema Nervoso Central
Escala de Coma de Glasgow
15 13-14 10-12 6-9 < 6
Renal
Creatinina, mg/dL(μmol/L)

Débito urinário, mL/dia

< 1.2 (110) 1.2-1.9
(110-170)
2.0-3.4
(171-299)
3.5-4.9
(300-440)

<500

> 5.0 (440)

<200

*As doses de catecolaminas são dadas em μg/kg/min por no mínimo 1 hora.

Referências:

  1. Singer M, Deutschman CS, Seymour CW, et al. The Third International Consensus Definitions for Sepsis and Septic Shock (Sepsis-3). JAMA. 2016;315(8):801–810. doi:10.1001/jama.2016.0287.
  2. VELASCO, Irineu Tadeu; BRANDÃO NETO, Rodrigo Antonio; SOUZA, Heraldo Possolo de; et al. Medicina de emergência: abordagem prática. [S.l: s.n.], 2019.
Compartilhe com seus amigos:
Tire 10 nas provas da faculdade

Estude com as melhores aulas de professores padrão USP onde você estiver no SanarFlix.

Vídeo-aulas

Fluxogramas

Mapas mentais

Resumos

Questões comentadas

Cancele quando quiser

Termos de Uso | Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.