Livros

Hemograma: Um Guia Prático

Leia o Livro Completo
Índice
2.1
Índice
1.

DA COLETA AO RESULTADO DO HEMOGRAMA

1.1

DA COLETA AO RESULTADO DO HEMOGRAMA

2.

ÍNDICES HEMATIMÉTRICOS – ERITROGRAMA

2.1

ÍNDICES HEMATIMÉTRICOS – ERITROGRAMA

3.

INTRODUÇÃO ÀS ANEMIAS

3.1

INTRODUÇÃO ÀS ANEMIAS

3.2

DEFINIÇÃO DE ANEMIA

3.3

CLASSSIFICAÇÃO DAS ANEMIAS

3.4

ABORDAGEM DIAGNÓSTICA

4.

ANEMIAS MICROCÍTICAS

4.1

ANEMIAS MICROCÍTICAS

4.2

ETIOLOGIA DAS ANEMIAS MICROCÍTICAS

4.3

AVALIAÇÃO DAS ANEMIAS MICROCÍTICAS

5.

ANEMIAS MACROCÍTICAS

5.1

ANEMIAS MACROCÍTICAS

5.2

ETOLOGIA DAS ANEMIAS MACROCÍTICAS

5.3

AVALIAÇÃO DAS ANEMIAS MACROCÍTICAS

6.

ANEMIAS NORMOCÍTICAS

6.1

ANEMIAS NORMOCÍTICAS

6.2

ETIOLOGIA DAS ANEMIAS NORMOCÍTICAS

6.3

AVALIAÇÃO DAS ANEMIAS NORMOCÍTICAS

7.

ERITROCITOSE

7.1

ERITROCITOSE

7.2

ETIOLOGIA DA ERITROCITOSE

7.3

AVALIAÇÃO DA ERITROCITOSE

8.

INTRODUÇÃO À SÉRIE BRANCA

8.1

INTRODUÇÃO À SÉRIE BRANCA

9.

LEUCOCITOSE

9.1

LEUCOCITOSE

9.2

FISIOPATOLOGIA DA LEUCOCITOSE

9.3

AVALIAÇÃO E ETIOLOGIADA LEUCOCITOSE

9.4

DESVIO À ESQUERDA

9.5

REAÇÃO LEUCEMOIDE

9.6

REAÇÃO LEUCOERITROBLÁSTICA

10.

DESVIO À ESQUERDA

10.1

DESVIO À ESQUERDA

11.

NEUTROFILIA

11.1

NEUTROFILIA

11.2

ETIOLOGIA DA NEUTROFILIA

11.3

AVALIAÇÃO DA NEUTROFILIA

12.

NEUTROPENIA

12.1

NEUTROPENIA

12.2

ETIOLOGIA DA NEUTROPENIA

12.3

AVALIAÇÃO DA NEUTROPENIA

13.

LINFOCITOSE

13.1

LINFOCITOSE

13.2

AVALIAÇÃO E ETIOLOGIA DA LINFOCITOSE

14.

LINFOPENIA

14.1

LINFOPENIA

14.2

ETIOLOGIA DO LINFOPENIA

14.3

AVALIAÇÃO DO LINFOPENIA

15.

EOSINOFILIA E EOSINOPENIA

15.1

EOSINOFILIA

15.2

ETIOLOGIA DA EOSINOFILIA

15.3

EOSINOPENIA

16.

MONOCITOSE E MONOCITOPENIA

16.1

MONOCITOSE E MONOCITOPENIA

16.2

MONOCITOSE

16.3

MONOCITOPENIA

17.

BASOFILIA E BASOPENIA

17.1

BASOFILIA E BASOPENIA

17.2

AVALIAÇÃO DA BASOFILIA E BASOPENIA

17.3

ETIOLOGIA DA BASOFILIA E BASOPENIA

18.

TROMBOCITOPENIA

18.1

TROMBOCITOPENIA

18.2

AVALIAÇÃO DA TROMBOCITOPENIA

19.

TROMBOCITOSE

19.1

TROMBOCITOSE

19.2

AVALIAÇÃO E ETIOLOGIA DA TROMBOCITOSE

20.

PANCITOPENIA

20.1

PANCITOPENIA

20.2

AVALIAÇAO E ETIOLOGIA PANCITOPENIA

21.

ESFREGAÇO PERIFÉRICO

21.1

ESFREGAÇO PERIFÉRICO

ÍNDICES HEMATIMÉTRICOS – ERITROGRAMA

O hemograma é, indubitavelmente, um dos exames laboratoriais mais solicitados na prática clínica. Assim, para que o médico realize o raciocínio correto e chegue ao diagnóstico do paciente, cada um dos valores desse exame deve ser analisado criteriosamente. Apesar de expor medidas quantitativas em relação aos componentes do sangue, a interpretação do hemograma não deve ser unicamente objetiva. Em relação aos eritrócitos, deve-se conhecer o que cada índice hematimétrico expressa, e qual valor se espera de cada um nas respectivas enfermidades. Além disso, é importante associá-los entre si e também relacioná-los com os sinais e sintomas que o paciente apresenta.

Compartilhe com seus amigos:
Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.