Livros

Investimentos para Médicos: Deixe o dinheiro dar plantão por você

Leia o Livro Completo
Índice
3.1

INTRODUÇÃO À FASE DE DIAGNÓSTICO

Diagnosticar é uma tarefa que exige bastante cuidado na interpretação dos exames realizados, além de uma análise do histórico do paciente que permita chegar a conclusões que sejam aderentes à realidade. Quando, no Capítulo 2, aprendemos como elaborar os exames de Balanço Patrimonial e Fluxo de Caixa, estávamos criando exatamente as bases para compreendermos o “sistema circulatório” do dinheiro, de forma a poder intervir quando houver necessidade e sugerir novos hábitos financeiros.

ANÁLISE DO BALANÇO PATRIMONIAL

Com as informações sobre ativos e passivos em mãos, precisamos criar um método de análise desses dados para permitir tomadas decisões financeiras que nos levem à liberdade de escolhas que tanto almejamos. Dessa forma, estudaremos cada componente do Balanço Patrimonial, individualmente, para só depois compreender o todo. Isso significa que, a seguir, iremos estudar 3 elementos principais: os ativos, as dívidas e o patrimônio líquido

ANÁLISE DO FL UXO DE CAIXA

Balanço Patrimonial, por se tratar de um exame de natureza estática, difi cilmente consegue captar a origem dos problemas fi nanceiros, que geralmente está associada a paradigmas baseados no consumismo, maus hábitos fi nanceiros e inabilidade para tomadas de decisões racionais. Dessa forma, para que elementos comportamentais possam ser levados em consideração no diagnóstico, iniciaremos o estudo sobre como interpretar os dados contidos no Fluxo de Caixa.

Compartilhe com seus amigos:
Compartilhe com seus amigos: