Livros

Manual de Atendimento Pré-Hospitalar

Leia o Livro Completo
Índice
1.13

CENÁRIO DO CASO DE EMERGÊNCIAS 13

A solicitante do serviço de atendimento médico do SAMU, mãe da vítima, relatou ao TARM que o paciente do sexo masculino, de 41 anos, etilista crônico, atualmente em abstinência, vinha apresentando tremores associado à náusea e vômitos. Ao falar com o médico regulador relatou que o paciente apresentava agitação psicomotora; tremores generalizados; sudorese profusa; náuseas com vômitos; quadros epileptiformes agudos e febre. Foi então encaminhada uma Unidade de Suporte Avançado (USA).

AVALIAÇÃO DA CENA DO CASO DE EMERGÊNCIAS 13

Ao chegar ao endereço fornecido, a equipe certificou-se de que o ambiente não oferecia risco aos socorristas e ao paciente e que se tratava de um local seguro, sendo, portanto, iniciado o atendimento.

AVALIAÇÃO PRIMÁRIA DO CASO DE EMERGÊNCIAS 13

Nível de consciência: alerta, desorientado. A: via aérea pérvea. B: expansão simétrica, MV presente e simétrico. SaO2 : 97%.

AVALIAÇÃO SECUNDÁRIA DO CASO DE EMERGÊNCIAS 13

S: tremores generalizados, náusea, sudorese, cefaleia. A: relata alergia a dipirona, nega alergias alimentares. M: não faz uso de medicamentos. P: etilista crônico, nega outras doenças. L: última alimentação há 3 horas. E: início do quadro há 2 dias, relacionado a cessação do consumo de álcool

PONTO DE DISCUSSÃO DO CASO DE EMERGÊNCIAS 13

1. Qual o provável diagnóstico? 2. Quais características do quadro nos levam a esse diagnóstico? 3. Quais condutas devem ser realizadas? 4. Quais os diagnósticos diferenciais a serem considerados?

DISCUSSÃO DO CASO DE EMERGÊNCIAS 13

Quando etilistas crônicos, acostumados a ingerirem altas doses em uma grande frequência, cessam o consumo ou diminuem de forma drástica, pode vir a ocorrer um conjunto de sinais e sintomas denominados síndrome da abstinência alcoólica. Uma série de fatores pode estar envolvida no desenvolvimento dessa síndrome associada à cessação ou redução do consumo de etílicos, dentre eles se destacam:

OBJETIVOS DE APRENDIZADO/COMPETÊNCIAS DO CASO DE EMERGÊNCIAS 13

• Conhecer os principais fatores de risco para síndrome da abstinência alcoólica (SAA). • Identificar as manifestações clínicas sugestivas de SAA. • Conhecer as principais complicações da SAA. • Aprender sobre o manejo do paciente que apresenta SAA no pré- -hospitalar

SOLUÇÃO DO CENÁRIO DO CASO DE EMERGÊNCIAS 13

Hipótese diagnostica: síndrome da abstinência alcoólica. Procedimentos: paciente submetido à oximetria de pulso, administrado oxigênio suplementar, administrado tiamina IM 300mg, obtido acesso venoso periférico e administrado 500 ml de solução cristaloide e 10mg de diazepam IV. Aliado a isso, reavaliou-se o paciente constantemente. Desfecho: paciente encaminhado para serviço de emergência do hospital de referência, sem intercorrências.

Compartilhe com seus amigos:
Compartilhe com seus amigos: