Livros

Manual de Cardiologia para Graduação

Leia o Livro Completo
Índice
3.2

DIAGNÓSTICO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL

A HAS é diagnosticada pela detecção de níveis elevados e sustentados de PA pela medida casual. Na primeira avaliação, as medidas devem ser obtidas em ambos os braços e, em caso de diferença, deve-se utilizar como referência sempre o braço com o maior valor. O indivíduo deverá ser investigado para doenças arteriais se apresentar diferenças de pressão entre os membros superiores maiores de 20/10 mmHg para as pressões sistólica/diastólica respectivamente.

PREPARO DO PACIENTE

Explicar o procedimento ao paciente, deixando-o em repouso por pelo menos 5 minutos em ambiente calmo, e instruí-lo a não conversar durante a medida.

PARA A MEDIDA PROPRIAMENTE DITA

Obter a circunferência aproximadamente na metade do braço. Após a medida selecionar o manguito de tamanho adequado ao braço

AUTOMEDIDA DA PRESSÃO ARTERIAL (AMPA)

Realizada por pacientes ou familiares, não-profissionais de saúde, fora do consultório, geralmente no domicílio. Importante fonte de informação adicional.

MONITORIZAÇÃO RESIDENCIAL DA PRESSÃO ARTERIAL (MRPA)

Aferida pelo paciente ou outra pessoa capacitada, durante a vigília, no domicílio ou no trabalho.Pode ser realizada obtendo-se três medidas pela manhã, antes do desjejum e da tomada de medicamento, e três à noite, antes do jantar, durante cinco dias OU duas medidas em cada sessão, durante sete dias.

MONITORIZAÇÃO AMBULATORIAL DA PRESSÃO ARTERIAL DE 24 HORAS (MAPA)

Permite o registro indireto e intermitente da PA durante 24 horas ou mais, enquanto o paciente realiza suas atividades habituais, durante os períodos de vigília e sono.

Compartilhe com seus amigos:
Compartilhe com seus amigos: