Livros

Manual de Cardiologia para Graduação

Leia o Livro Completo
Índice
12.3

FISIOPATOLOGIA DA PERICARDITE

Ao ocorrer uma inflamação ou injúria do pericárdio, a reação consiste na formação de um exsudato, o derrame pericárdico (DP). Caso ocorra de maneira rápida, cursará com compressão ventricular, sendo tolerável de 1 a 2 litros. A constrição (que tem como principal prejuízo a restrição do enchimento ventricular – hipodiastolia) pode surgir durante o processo de cicatrização, quando o pericárdio calcifica, gerando aumento da pressão venosa. O espessamento do pericárdio que ocorre pode, em algumas situações, transmitir-se para a região miocárdica, com redução da contratilidade. Devido a hipodiastolia, a pressão diastólica ventricular aumenta, seguida do aumento da pressão atrial média.

Compartilhe com seus amigos:
Compartilhe com seus amigos: