Livros

Manual de Cardiologia para Graduação

Leia o Livro Completo
Índice
1.3

ENERGIA DE SÍSTOLE E FLUXO

Podemos dizer que a pressão que as paredes dos ventrículos realizam na hora da contração promove uma mudança no volume do próprio ven- trículo, fazendo surgir trabalho. É o trabalho cardíaco

DÉBITO CARDÍACO, PRESSÃO E FLUXO SANGUÍNEO

Considerando o ventrículo esquerdo como parâmetro, e, por conse- guinte, a circulação sistêmica, podemos avaliar a capacidade de ejeção do coração a partir do débito ou volume sistólico (VS), que é a quantidade de sangue expulsa a cada contração, da frequência cardíaca (FC), número de repetições do ciclo cardíaco por minuto, e do débito cardíaco (DC), volume expulso por minuto. Esse último determina o volume de sangue arterial, uma vez que estamos falando da circulação sistêmica, a ser distribuído para atender a demanda tecidual de nutrientes, em especial o oxigênio.

Compartilhe com seus amigos:
Compartilhe com seus amigos: