Livros

Manual de Clínica Médica

Leia o Livro Completo
Índice
5.4

DISTÚRBIOS DO POTÁSSIO

O potássio é um íon que está, em sua maioria, concentrado no meio intracelular (cerca de 120 a 150 mEq/L). Sua concentração plasmática gira em torno de 3,5 a 5 mEq/L. O equilíbrio entre o potássio intra e extracelular é controlado pela bomba de sódio e potássio ATPase e pelos canais de vazamento de potássio. Tal íon é uma peça-chave para manutenção do potencial de repouso da membrana plasmática, atuando de forma significativa na eletrofisiologia celular.

FISIOPATOLOGIA DOS DISTÚRBIOS DO POTÁSSIO

Hipocalemia; Hipercalemia;

EXAMES COMPLEMENTARES DOS DISTÚRBIOS DO POTÁSSIO - HIPOCALEMIA

A. Eletrocardiograma: na hipocalemia as alterações eletrocardiográficas podem ser sutis e incluem: a. Aumento da Amplitude da onda P (onda P “pontiaguda”). b. Aumento da Amplitude e duração do complexo QRS. c. Depressão do segmento ST com infradesnivelamento do ponto J. d. Ondas U (concavidade para baixo ao final da onda T). e. Achatamento da onda T.

EXAMES COMPLEMENTARES DOS DISTÚRBIOS DO POTÁSSIO - Hipercalemia

A. Eletrocardiograma: nos casos de hipercalemia o ECG pode ser muito útil. As alterações principais e progressivas incluem: a. Ondas T apiculadas, estreitas e amplas (“em tenda”). b. Alargamento do complexo QRS. c. Diminuição progressiva da amplitude até a ausência da onda P (aumento do intervalo PR). d. Alterações do segmento ST (supradesnivelamento). e. Ritmos ectópicos e distúrbios da condução atrioventricular de diferentes graus. f. ECG com aspecto sinusoidal.

TRATAMENTO - Hipopotassemia

• Via endovenosa. • Via oral. • Observações: • A reposição do K+ se faz de maneira empírica. Seu esquema usual é a reposição de 40 a 60 mEq/L por via EV a velocidades menores do que 30 a 40 mEq/hora. • Os cirróticos são especialmente suscetíveis às complicações da hipocalemia e devem ser tratados agressivamente com relação a tal problema.

TRATAMENTO - Hiperpotassemia

• Via endovenosa. • Via oral. • Via inalatória;

CASO CLÍNICO

Paciente do sexo feminino, 40 anos, 58 kg, apresenta fraqueza generalizada e achatamento de onda T no ECG. Relata diarreia aguda intensa. K+ : 2,4 mEq/L.

Compartilhe com seus amigos:
Compartilhe com seus amigos: