Livros

Manual de Clínica Médica

Leia o Livro Completo
Índice
8.11

TRAUMATISMO CRÂNIO-ENCEFÁLICO

A definição é: agressão ao cérebro causada por trauma físico externo, com capacidade de gerar alteração no nível de consciência, comprometimento das atividades cognitivas, físicas e comportamentais.

MORFOLOGIA DO TRAUMATISMO CRÂNIO-ENCEFÁLICO

Lesões do Envoltório do Crânio (couro cabeludo, gálea e periósteo) São causados devido lesões diretas por instrumentos cortantes, perfurantes ou contundentes. Levando em conta a grande vascularização do couro cabeludo, pode provocar e/ou resultar em perdas sanguíneas graves e, consequentemente, lesões encefálicas por isquemia.

EXAMES COMPLEMENTARES PARA TRAUMATISMO CRÂNIO-ENCEFÁLICO

Radiografia de Crânio (AP e Perfil) Tomografia Computadorizada de Crânio (Sem contraste) Doppler Transcraniano Ressonância Magnética do Encéfalo Monitorização da Pressão Intracraniana (PIC) Avaliação de Parâmetros Hemodinâmicos Cerebrais

TRATAMENTOS PARA TRAUMATISMO CRÂNIO-ENCEFÁLICO

• Evitar lesões secundárias, por meio da otimização da oferta e da diminuição do consumo cerebral de oxigênio. Manter a SjvO2 68-70%.

Compartilhe com seus amigos:
Compartilhe com seus amigos: