Livros

Manual de Urgências e Emergências em Pediatria

Leia o Livro Completo
Índice
1.11
Índice
1.

ABORDAGEM INICIAL DO PACIENTE GRAVE

1.1

AVALIANDO O “A B C” NA CRIANÇA

1.2

OBSTRUÇÃO DE VIAS AÉREAS SUPERIORES POR CORPO ESTRANHO

1.3

INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA AGUDA E HIPÓXIA

1.4

OXIGENOTERAPIA

1.5

INTUBAÇÃO OROTRAQUEAL

1.6

PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA

1.7

CHOQUE

1.8

SEPSE

1.9

INTOXICAÇÃO EXÓGENA

1.10

AFOGAMENTOS

1.11

ANAFILAXIA E REAÇÕES ALÉRGICAS

1.12

MANEJO DA DOR

1.13

QUEIMADURAS

2.

EMERGÊNCIAS CARDIOPULMONARES

2.1

ASMA

2.2

LARINGITE

2.3

PNEUMONIAS

2.4

MIOCARDITE

2.5

ARRITMIAS

2.6

HIPERTENSÃO ARTERIAL

2.7

INSUFICIÊNCIA CARDÍACA

3.

EMERGÊNCIAS INFECCIOSAS

3.1

A CRIANÇA COM FEBRE SEM FOCO

3.2

MENINGITE BACTERIANA

3.3

ENDOCARDITE INFECCIOSA

3.4

INFECÇÃO DO TRATO URINÁRIO

3.5

CELULITES

3.6

PIODERMITES

4.

EMERGÊNCIAS NEUROLÓGICAS

4.1

CRISE CONVULSIVA

4.2

TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

5.

EMERGÊNCIAS RELACIONADAS AO TRATO GASTROINTESTINAL

5.1

DIARREIA AGUDA E DESIDRATAÇÃO

5.2

DOR ABDOMINAL

6.

EMERGÊNCIAS ENDÓCRINAS E METABÓLICAS

6.1

SUPORTE HIDROELETROLÍTICO

6.2

CETOACIDOSE DIABÉTICA

6.3

LESÃO RENAL AGUDA

7.

EMERGÊNCIAS REUMATOLÓGICAS

7.1

FEBRE REUMÁTICA

7.2

ARTRALGIAS

8.

TEMAS ESPECIAIS

8.1

MAUS TRATOS

8.2

VIOLÊNCIA SEXUAL

INTRODUÇÃOANAFILAXIA E REAÇÕES ALÉRGICAS

pode ser caracterizada como uma reação sistêmica aguda grave que acomete vários órgãos e sistemas simultaneamente, sendo provocada pela atividade farmacológica de mediadores liberados após a ativação de mastócitos e basófi los1 . A real incidência e prevalência da anafi laxia é desconhecida. Nos Estados Unidos, estima-se que a taxa de ocorrência de anafi laxia é de 30 por 100.000 pessoas/ano, e a alergia alimentar responde por mais da metade dos casos de anafi laxia em crianças que procuram o serviço de emergência.3

QUANDO SUSPEITAR DEANAFILAXIA E REAÇÕES ALÉRGICAS

O diagnóstico da anafi laxia é clínico, Sampson et al propuseram os seguintes critérios clínicos objetivos para o diagnóstico: Anafi laxia é altamente provável quando preencher um dos três critérios abaixo: • Aparecimento súbito da doença (de minutos a algumas horas após contato com o alérgeno), com envolvimento de pele, do tecido mucoso ou ambos (urticária generalizada, prurido ou eritema, edema de lábio, língua e úvula).

CONDUTA DE ANAFILAXIA E REAÇÕES ALÉRGICAS

• Avaliar o estado geral do paciente; • Iniciar o ABCDE: permeabilizar vias aéreas; garantir respiração e circulação sanguíneas eficientes; observar as condições neurológicas e o aspecto da pele; estimar peso corpóreo; • Iniciar o controle dos dados vitais e monitorização; • Manter o paciente em posição supina com membros inferiores elevados: para a infusão de fluídos e drogas; para manter permeabilidade das vias aéreas e para facilitar a circulação; • Administrar Epinefrina 1:1000 ( 1mg = 1ml) na dose de 0,01mg/kg/dose por via intramuscular (IM), porque a absorção é mais rápida ou subcutânea. Pode ser repetida até três vezes a cada 5-15 min se a resposta for insuficiente.

Compartilhe com seus amigos:
Compartilhe com seus amigos: