Livros

Manual de Urgências e Emergências em Pediatria

Leia o Livro Completo
Índice
1.7
Índice
1.

ABORDAGEM INICIAL DO PACIENTE GRAVE

1.1

AVALIANDO O “A B C” NA CRIANÇA

1.2

OBSTRUÇÃO DE VIAS AÉREAS SUPERIORES POR CORPO ESTRANHO

1.3

INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA AGUDA E HIPÓXIA

1.4

OXIGENOTERAPIA

1.5

INTUBAÇÃO OROTRAQUEAL

1.6

PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA

1.7

CHOQUE

1.8

SEPSE

1.9

INTOXICAÇÃO EXÓGENA

1.10

AFOGAMENTOS

1.11

ANAFILAXIA E REAÇÕES ALÉRGICAS

1.12

MANEJO DA DOR

1.13

QUEIMADURAS

2.

EMERGÊNCIAS CARDIOPULMONARES

2.1

ASMA

2.2

LARINGITE

2.3

PNEUMONIAS

2.4

MIOCARDITE

2.5

ARRITMIAS

2.6

HIPERTENSÃO ARTERIAL

2.7

INSUFICIÊNCIA CARDÍACA

3.

EMERGÊNCIAS INFECCIOSAS

3.1

A CRIANÇA COM FEBRE SEM FOCO

3.2

MENINGITE BACTERIANA

3.3

ENDOCARDITE INFECCIOSA

3.4

INFECÇÃO DO TRATO URINÁRIO

3.5

CELULITES

3.6

PIODERMITES

4.

EMERGÊNCIAS NEUROLÓGICAS

4.1

CRISE CONVULSIVA

4.2

TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

5.

EMERGÊNCIAS RELACIONADAS AO TRATO GASTROINTESTINAL

5.1

DIARREIA AGUDA E DESIDRATAÇÃO

5.2

DOR ABDOMINAL

6.

EMERGÊNCIAS ENDÓCRINAS E METABÓLICAS

6.1

SUPORTE HIDROELETROLÍTICO

6.2

CETOACIDOSE DIABÉTICA

6.3

LESÃO RENAL AGUDA

7.

EMERGÊNCIAS REUMATOLÓGICAS

7.1

FEBRE REUMÁTICA

7.2

ARTRALGIAS

8.

TEMAS ESPECIAIS

8.1

MAUS TRATOS

8.2

VIOLÊNCIA SEXUAL

INTRODUÇÃO AO CHOQUE

é uma síndrome clínica determinada pela redução signifi cativa e sistêmica da perfusão tissular. Sua apresentação é variável, mas algumas manifestações clínico- -laboratoriais são comuns, devendo levantar a suspeita quando presentes

CLASSIFICAÇÃO DO CHOQUE

Do ponto de vista etiopatogênico, o choque pode ser desencadeado por quatro amplos mecanismos: hipovolêmico, distributivo, cardiogênico e obstrutivo. Cumpre ressaltar que uma dada etiologia pode apresentar mais de um desses mecanismos

CONDUTA INICIAL AO CHOQUE

Proceder com o triângulo de avaliação pediátrica, visando à identificação imediata de condições emergenciais (causas de choque obstrutivo, angioedema com obstrução de vias aéreas superiores e arritmias cardíacas), de comprometimento circulatório e à classificação precoce do tipo e da etiologia do choQUE

OBSERVAÇÕES SOBRE CHOQUE

A linha do tempo ideal para o manejo inicial do choque em crianças é incerta e pode ser inalcançável na prática clínica. Mesmo assim, os limites de tempo destinados para cada etapa relembram o médico a respeito da condição de urgência

Compartilhe com seus amigos:
Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.