Livros

Manual de Urgências e Emergências em Pediatria

Leia o Livro Completo
Índice
3.4

INTRODUÇÃO DE INFECÇÃO DO TRATO URINÁRIO

bacteriana mais comum na infância. Decorre do crescimento signifi cativo de bactérias no trato urinário, destacando-se as bactérias Gram-negativas, e manifesta-se clinicamente por cistite, quando limitada à bexiga , e por pielonefrite, quando acomete os rins. Na infância, tem importância pela elevada morbidade, e também, por sinalizar a presença de anormalidades no trato urinário

QUANDO SUSPEITAR DE INFECÇÃO DO TRATO URINÁRIO

• Defi ciência de ganho ponderal; • Irritabilidade; • Letargia; • Febre em 30 a 40 % dos casos.

CONDUTA DE INFECÇÃO DO TRATO URINÁRIO

importante pesquisar dados de história e exame físico que podem indicar predisposição a ITU, como doença renal prévia, malformações conhecidas do trato urinário, constipação intestinal, hábito urinário alterado (urgência, disúria, perda de urina), jato urinário fraco, presença de massas abdominais e bexiga palpável, secreção vaginal ou peniana, sinal de Giordano positivo, aderências ou corpos estranhos na região genital, presença de fimose nos meninos, anomalias sacrais e doença renal crônica familiar

TRATAMENTO DE INFECÇÃO DO TRATO URINÁRIO

esterilizar o mais rapidamente possível a urina e o parênquima renal, reduzir os sintomas e prevenir a disseminação bacteriana e a evolução em cicatrizes renais. Dessa forma, deve ser iniciado antes mesmo do resultado da urocultura, principalmente, na pielonefrite aguda

Compartilhe com seus amigos:
Compartilhe com seus amigos: