Livros

Manual de Urgências e Emergências em Pediatria

Leia o Livro Completo
Índice
1.13
Índice
1.

ABORDAGEM INICIAL DO PACIENTE GRAVE

1.1

AVALIANDO O “A B C” NA CRIANÇA

1.2

OBSTRUÇÃO DE VIAS AÉREAS SUPERIORES POR CORPO ESTRANHO

1.3

INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA AGUDA E HIPÓXIA

1.4

OXIGENOTERAPIA

1.5

INTUBAÇÃO OROTRAQUEAL

1.6

PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA

1.7

CHOQUE

1.8

SEPSE

1.9

INTOXICAÇÃO EXÓGENA

1.10

AFOGAMENTOS

1.11

ANAFILAXIA E REAÇÕES ALÉRGICAS

1.12

MANEJO DA DOR

1.13

QUEIMADURAS

2.

EMERGÊNCIAS CARDIOPULMONARES

2.1

ASMA

2.2

LARINGITE

2.3

PNEUMONIAS

2.4

MIOCARDITE

2.5

ARRITMIAS

2.6

HIPERTENSÃO ARTERIAL

2.7

INSUFICIÊNCIA CARDÍACA

3.

EMERGÊNCIAS INFECCIOSAS

3.1

A CRIANÇA COM FEBRE SEM FOCO

3.2

MENINGITE BACTERIANA

3.3

ENDOCARDITE INFECCIOSA

3.4

INFECÇÃO DO TRATO URINÁRIO

3.5

CELULITES

3.6

PIODERMITES

4.

EMERGÊNCIAS NEUROLÓGICAS

4.1

CRISE CONVULSIVA

4.2

TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

5.

EMERGÊNCIAS RELACIONADAS AO TRATO GASTROINTESTINAL

5.1

DIARREIA AGUDA E DESIDRATAÇÃO

5.2

DOR ABDOMINAL

6.

EMERGÊNCIAS ENDÓCRINAS E METABÓLICAS

6.1

SUPORTE HIDROELETROLÍTICO

6.2

CETOACIDOSE DIABÉTICA

6.3

LESÃO RENAL AGUDA

7.

EMERGÊNCIAS REUMATOLÓGICAS

7.1

FEBRE REUMÁTICA

7.2

ARTRALGIAS

8.

TEMAS ESPECIAIS

8.1

MAUS TRATOS

8.2

VIOLÊNCIA SEXUAL

INTRODUÇÃO A QUEIMADURAS

causadas por agentes externos (térmicos, químicos, elétricos ou radioativos), que acometem o tecido de revestimento do corpo humano, por vezes também camadas mais profundas, determinando destruição parcial ou total do local. As lesões produzidas por líquidos quentes são as mais comuns, especialmente em menores de 5 anos. Com o passar da idade, as crianças tornam-se mais susceptíveis a acidentes com fogo. Por isso, a ênfase do capítulo será em queimaduras por agentes térmicos.

CONDUTA A QUEIMADURAS

• Afastar o paciente do agente causador ou o agente do paciente; • Retirar roupas ou substâncias aderidas à pele lesada; • Realizar limpeza local com água e sabão ou desbridamento se necessário; • Realizar avaliação primária e priorizar o suporte básico de vida; • Estimar a porcentagem de superfície corporal queimada (SCQ); • Pacientes com SCQ ≥ 20%:

Compartilhe com seus amigos:
Compartilhe com seus amigos: