Livros

Manual Prático para Urgências e Emergências Clínicas

Leia o Livro Completo
Índice
5.16

INTRODUÇÃO DE SÍNDROMES ICTÉRICAS

A icterícia refere-se à pigmentação amarela da pele, da esclerótica e do frênulo da língua pela bilirrubina, resultante de níveis elevados desta na circulação sistêmica. Níveis considerados normais: bilirrubina total (BT) 0,3 – 1 mg/dl, bilirrubina direta (BD) 0 – 0,2 mg/dl e bilirrubina indireta (BI) 0,2 – 0,8 mg/dl.

ETIOLOGIA DE SÍNDROMES ICTÉRICAS

Divide-se em cinco mecanismos principais: 1. Superprodução: hemólise, eritropoiese inefi caz; 2. Diminuição da captação: medicamentos, jejum prolongado, infecção, doença hepatocelular; 3. Diminuição da conjugação: síndrome de Gilbert (defi ciência parcial da glucoronil-transferase); Crigler-Najar tipo I (defi ciência grave da glucoronil-transferase); Crigler-Najar tipo II (ausência da glucoronil-transferase); defi ciência adquirida de glucoronil-transferase (medicamentos, doença hepatocelular); icterícia neonatal fi siológica (imaturidade enzimática do fígado);

MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS DE SÍNDROMES ICTÉRICAS

Mialgia; ascite; hepatomegalia; esplenomegalia; escoriações e feridas na pele (indicam prurido, em geral na colestase); sinais de hipertensão portal; sinais de hepatopatia crônica (telangiectasias, ginecomastia, eritema palmar); sinais de ingesta alcoólica (aumento de parótidas, contratura de Dupuytren, hálito); sinais de doenças específicas (anel de Kayser-Fleischer, pigmentação da pele na hemocromatose)

DIAGNÓSTICO DE SÍNDROMES ICTÉRICAS

Exames laboratoriais: bilirrubina total e frações, aminotransferase de aspartate (AST), aminotransferase de alanine (ALT), fosfatase alcalina (FA) e gama-GT (GGT), hemograma completo, coagulograma, sorologias para hepatites virais A, B e C

DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL DE SÍNDROMES ICTÉRICAS

Causas de hiperbilirrubinemia não conjugada: 1. Aumento da produção de bilirrubina: hemólise, eritropoiese ineficaz, transfusão sanguínea, reabsorção de hematomas; 2. Diminuição da captação hepática: drogas (rifampicina, contraste colecistográfico), Síndrome de Gilbert; 3. Diminuição da conjugação hepática: hipertiroidismo, drogas (gentamicina, inibidor da protease HIV).

TRATAMENTO DE SÍNDROMES ICTÉRICAS

O tratamento das causas basais diagnosticadas deve seguir as condutas abordadas nos protocolos correspondentes deste manual.

PROGNÓSTICO DE SÍNDROMES ICTÉRICAS

Os escores prognósticos variam de acordo com a causa basal ou patologia específica.

Compartilhe com seus amigos:
Compartilhe com seus amigos: