Livros

Sistema Cardiovascular - Coleção Medicina Resumida

Leia o Livro Completo
Índice
2.3
Índice
1.

INTRODUÇÃO AO SISTEMA CARDIOVASCULAR

1.1

CASO CLÍNICO

1.2

INTRODUÇÃO AO SISTEMA CIRCULATÓRIO

1.3

ARTÉRIAS, VEIAS E CAPILARES

1.4

OUTROS CONCEITOS IMPORTANTES

1.5

CONFERÊNCIAS

2.

DINÂMICA DOS FLUÍDOS (HEMODINÂMICA)

2.1

CASO CLÍNICO

2.2

DISTRIBUIÇÃO DO VOLUME SANGUÍNEO

2.3

PROPRIEDADES DOS VASOS SANGUÍNEOS

2.4

FISIOLOGIA DA MICROCIRCULAÇÃO

2.5

CONFERÊNCIAS

3.

REGULAÇÃO DA CIRCULAÇÃO E DA PRESSÃO ARTERIAL

3.1

CASO CLÍNICO

3.2

REGULAÇÃO DO SISTEMA CIRCULATÓRIO (VASOS SANGUÍNEOS)

3.3

REGULAÇÃO NERVOSA

3.4

CONFERÊNCIAS

4.

O CORAÇÃO

4.1

CASO CLÍNICO

4.2

INTRODUÇÃO

4.3

ANATOMIA TOPOGRÁFICA – O MEDIASTINO E PERICÁRDIO

4.4

ANATOMIA DESCRITIVA

4.5

HISTOLOGIA DO CORAÇÃO

4.6

ANATOMIA CARDÍACA

4.7

SUPRIMENTO E DRENAGEM DO CORAÇÃO

4.8

CONFERÊNCIAS

5.

O FUNCIONAMENTO MECÂNICO DO CORAÇÃO

5.1

CASO CLÍNICO

5.2

PAPEL DO CORAÇÃO COMO BOMBA

5.3

O MECANISMO DE CONTRAÇÃO E RELAXAMENTO

5.4

O CICLO CARDÍACO

5.5

OUTROS CONCEITOS IMPORTANTES

5.6

CONFERÊNCIAS

6.

O FUNCIONAMENTO ELÉTRICO DO CORAÇÃO

6.1

CASO CLÍNICO

6.2

O SISTEMA ELÉTRICO DO CORAÇÃO

6.3

REGULAÇÃO DA FORÇA E DA VELOCIDADE DE CONTRAÇÃO DO CORAÇÃO

6.4

CONFERÊNCIAS

PROPRIEDADES DOS VASOS SANGUÍNEOS

Imagine um aparato de bombeamento de algum líquido que consegue, de acordo com as próprias necessidades, através de um software avançado, reduzir ou aumentar o seu diâmetro, suas pressões internas, modificar o fluxo em seu interior, deixar mais líquido no reservatório e menos líquido corrente ou vice-versa, aumentar a força da bomba – tudo sem a necessidade de um operador manual. Pois bem, esta máquina perfeita existe e está dentro de cada um de nós. Os vasos sanguíneos são mais do que apenas tubos em um sistema de hidráulico de pressão. Como vimos, são estruturas de lúmen adaptável, e quem controla isso não é um software.

FLUXO SANGUÍNEO

O fluxo sanguíneo é o movimento contínuo do sangue através do sistema cardiovascular, resultado dos gradientes de pressão criados pela bomba do sistema, o coração

DISTENSIBILIDADE X COMPLACÊNCIA (CAPACITÂNCIA)

A distensibilidade vascular e a complacência vascular são conceitos interligados. A distensibilidade é o percentual do aumento do volume a partir de aplicada uma determinada pressão. Enquanto que a complacência ou capacitância é o aumento absoluto do volume a partir de aplicada uma determinada pressão. Ou seja, quanto um vaso pode acomodar de volume a depender do aumento da pressão.

PRESSÃO SANGUÍNEA

A pressão arterial é um dado clínico de suma importância na rotina de consultório. Por isso, precisamos dedicar uma atenção especial em todos os seus conceitos (todo médico precisa entender a pressão arterial). A pressão sanguínea é definida como a força exercida pelo sangue contra qualquer unidade de área da parede vascular e a unidade utilizada é milímetros de mercúrio (mmHg). Isso significa que, por exemplo, uma pressão de 100 mmHg realizada pelo sangue contra a parede de um vaso sanguíneo é suficiente para suspender a coluna de mercúrio de um manômetro em 100 mm.

FATORES DETERMINANTES DA PRESSÃO SANGUÍNEA

Os fatores reguladores mais importantes da pressão arterial são a resistência periférica e o débito cardíaco

O PULSO

O pulso é o reflexo do estiramento das artérias ao receber a energia propagada pela contração cardíaca. Podemos senti-lo em algumas artérias superficiais, como a artéria radial, e por isso, é uma das formas de avaliação indireta do sistema circulatório no exame clínico.

Compartilhe com seus amigos:
Compartilhe com seus amigos: