Anatomia de órgãos e sistemas

Músculos da face, uma revisão de anatomia | Colunistas

Músculos da face, uma revisão de anatomia | Colunistas

Compartilhar
Imagem de perfil de Saulo Borges de Brito

Os músculos da expressão facial tem sua localização na tela subcutânea do couro cabeludo e da face e pescoço, eles movimentam a pele, modificando assim a expressão facial e exprimindo o humor, sua fixação pode ocorrer tanto na pele ou mucosas quanto em cartilagens e ossos. Esses músculos são extremamente delicados e podem estar relacionados também com a mastigação, fonação e o piscar dos olhos, o nervo responsável pela motricidade deles é o facial e normalmente a sua função vem expressa em seu próprio nome.

O primeiro deles, o músculo occipitofrontal, faz parte do couro cabeludo e é responsável pela tração desse para trás, elevando os supercílios. A parte occipital fixa a aponeurose epicraniana para a ação do frontal à medida que a parte frontal eleva o supercílio, o que origina as rugas da expressão facial.

Músculo temporoparietal: É o responsável por tracionar a pele das têmporas para trás, ele atua junto ao occipitofrontal no processo de enrugamento dos olhos para ampliar a visão e em emoções como medo e horror. Sua origem se dá na fáscia temporal e sua inserção na lateral da galea aponeurotica.

Músculos auriculares: Como o nome deixa bem claro, são responsáveis pela movimentação das orelhas, são 3, o auricular anterior, o auricular médio e o auricular posterior. O anterior origina-se na aponeurose epicrânica e insere-se na espinha da hélice; o médio também tem sua origem na aponeurose epicrânica, porém insere-se na face medial da orelha e por fim o posterior origina-se no processo mastóide e tem sua inserção na iminência da concha da orelha

Músculos orbitais: São aqueles responsáveis por fechar os olhos e auxiliar no escoamento da lágrima, sua origem se dá em 3 pontos, a margem medial da órbita, no osso lacrimal e no processo frontal do osso maxilar e ele vai inserir-se em volta da órbita ocular e nas pálpebras.

Ocorre aqui uma pequena divisão em parte orbital e parte palpebral, por sua vez a parte palpebral é composta por 2 áreas, mais perifericamente a pré-septal e mais centralmente a pré-tarsal.

O músculo corrugador do supercílio: É responsável por tracionar a sobrancelha medialmente, causando uma expressão de concentração ou seriedade, sua origem é na região medial do arco superciliar e sua inserção na lateral da pele do supercílio.

Músculo prócero: Vai tracionar inferiormente, aproximando assim os supercílios e enrugando a glabela, ele vai ter sua origem ligada à sutura frontonasal, além da cartilagem do nariz e vai se inserir na glabela.

Músculo nasal: Tem sua origem atrelada a fossa incisiva, contudo esse vai ter 2 inserções uma na região alar e outra na região transversa, a primeira, como bem diz o nome, insere-se na asa do nariz, e a segunda por sua vez, tem sua fixação na parte dorsal do nariz.

Músculo orbicular da boca: Esse é o responsável por comprimir os lábios contra os dentes, fechar a boca e protair os lábios, sua origem são nas fossas incisivas e no tecido cutâneo da mandíbula e da maxila e ele insere-se nos lábios. Ocorre uma divisão em 3 partes, a semiorbicular superior, a semiorbicular inferior e o modíolo, é muito utilizado para indicar raiva ou ira. 

O músculo bucinador: Origina-se na região dos processos alveolares da maxila e da mandíbula e vai se inserir no ângulo da boca, tem como função tracionar o ângulo da boca lateralmente, distender a bochecha e fazer parte de movimentos como sucção, sorriso, beijo e assobio

Músculo risório: Origina-se na pele da bochecha e na fáscia massetérica e insere-se na pele da bochecha, é responsável principalmente pelo riso forçado, pois vai tracionar súpero-lateralmente o ângulo da boca.

Músculo levantador do lábio superior: Como o nome sugere, ele é responsável pelo levantamento do lábio superior, comum em expressões faciais de riso, insulto ou desaprovação, sua origem é na margem infraorbital e sua inserção no lábio superior.

Músculo levantador do lábio superior e asa do nariz: Origina-se no processo frontal do osso maxilar e insere-se na asa do nariz e no lábio superior, e responsável pelo levantamento desses dois (asa e lábio) dilatando a narina e favorecendo expressões faciais

Músculo zigomático maior: É responsável pela tração do ângulo da boca facilitando o sorriso, origina-se no processo temporal do osso zigomático e insere-se no ângulo da boca

Músculo zigomático menor: É responsável por realizar a tração do lábio superior também agindo do sorriso, origina-se no corpo do osso zigomático e insere-se no lábio superior

Músculo levantador do ângulo da boca: É responsável por realizar elevar o ângulo da boca durante o riso, origina-se na fossa canina e insere-se no ângulo da boca

Músculo depressor do ângulo da boca: É responsável por realizar a tração do ângulo da boca para baixo, expressando sentimentos negativos, origina-se  na porção anterior da linha oblíqua e insere-se no ângulo da boca

Músculo depressor do lábio inferior: É responsável por realizar a tração do lábio inferior, para baixo e para os lados, origina-se na porção anterior da linha oblíqua e se insere no lábio inferior

Músculo mentual: É responsável por realizar a tração superiormente do mento e dobrar para fora o lábio inferior, em expressões duvidosas ou de choro, tem sua origem na fossa mentual e sua inserção no lábio inferior 

Músculos da mastigação: O músculo temporal é o responsável pela elevação e retrusão da mandíbula, sendo inervado pelo nervo temporal, por sua vez o masseter trabalha também favorecendo a elevação da mandíbula e sua inervação e de responsabilidade do nervo massetérico. O músculo pterigóideo medial tem sua origem no processo pterigóideo, na superfície medial da lâmina lateral e na superfície escavada do processo piramidal do osso palatino, e se insere no ramo da mandíbula, tem como função a elevação da mandíbula sendo inervado pelo nervo pterigóideo medial.

Autor: Saulo Borges de Brito.

Instagram: @sauloborges.medstudies

Referencias:

1) MOORE, Keith L.; DALLEY, Arthur F.; AGUR, Anne M R. Anatomia Orientada para Clínica, 8ª edição. [Barueri]: Grupo GEN, 2018. 9788527734608.

O texto acima é de total responsabilidade do autor e não representa a visão da sanar sobre o assunto

Gostou do artigo? Quer ter o seu artigo no Sanarmed também? Clique no botão abaixo e participe: