Carreira em Medicina

O Médico que operou a si mesmo: Leonid Rogozov

O Médico que operou a si mesmo: Leonid Rogozov

Compartilhar
Imagem de perfil de Carreira Médica

Durante uma viagem a Antártida, Leonid Ivanovich Rogozov precisou remover o seu próprio apêndice. Assim, ele ficou conhecido como o médico que operou a si mesmo.

A Expedição na Antártida

Leonid embarcou para a base Novolazarevskaya em 1960. Com apenas 27 anos, o médico participou de uma Expedição Soviética na Antártida. Contudo, durante seu primeiro ano na base, houve um imprevisto.

Fraquezas, náuseas, febre e dor na região ilíaca direita: um quadro de apendicite.

Estava durante o inverno e sem nenhum médico na expedição, apenas Rogozov. O jovem era especializado em medicina familiar e cuidados da comunidade.

No dia seguinte ao início dos sintomas, sua temperatura começou a subir ainda mais. Sem chances de ser transportado até um Hospital, o médico decidiu realizar a cirurgia em si mesmo.

O procedimento de Leonid Rogozov

Na noite do dia 30 de abril de 1961 o procedimento começou. Rogozov teve ajuda de um engenheiro e um meteorologista, que eram seus companheiros na base.

leoniz-rogozov
Rogozov realizando o procedimento

Os auxiliares ajudavam segurando um espelho e passando os instrumentos para o médico. Dessa forma, Rogozov aplicou uma anestesia local e abriu uma incisão de 12 centímetros.

leonid-rogozov-mesa-equipamentos
Mesa de equipamentos de Leonid Rogozov

Contudo, após 30 minutos de cirurgia, o médico sofreu um desmaio. Após algumas pausas para descanso, em um procedimento de 1 hora e 45 minutos, a operação foi finalizada.

Depois de 5 dias, Leonid Rogozov já estava recuperado. Assim, seus pontos foram retirados sem dificuldades e a temperatura do corpo voltou ao normal.

O Museu do Ártico e da Antártida de São Petersburgo, na Rússia, expõe os instrumentos utilizados no procedimento.

Opa, se interessa por cirurgia? Clique aqui para conhecer nosso Guia Prático em Cirurgia Geral!