Outros

Preciso ganhar dinheiro cedo como médico. E agora?

Preciso ganhar dinheiro cedo como médico. E agora?

Compartilhar

Uma preocupação muito comum entre médicos recém formados que precisam ganhar dinheiro em um curto período de tempo é com o futuro da carreira. Assim, várias perguntas são comumente feitas, por exemplo: “quando vou poder fazer residência?”; “terei que dar plantão pelo resto da vida?”; “como ganhar dinheiro sem deixar de evoluir academicamente?”.

Se você se pergunta algo do tipo, não se preocupe! Com o correto planejamento, você consegue moldar a sua carreira de forma que atenda os seus interesses, como já falamos nesse post.

Mas para quem sente receio de perder a chance de se especializar apenas porque precisa trabalhar, presta atenção nas dicas a seguir.

Não quero dar plantão, mas preciso ganhar dinheiro

Primeiramente, é bom desmistificar a ideia de que apenas com plantão o médico generalista ganha dinheiro. É verdade que muitos acabam optando por essa forma e dão vários plantões logo após a formatura? Sim! Mas existem outras oportunidades que também são boas opções, tanto de retorno financeiro quanto de qualidade de vida.

Trabalhar na atenção básica do SUS é uma dessas alternativas. Assim, você pode atuar como generalista em uma UBS ou USF, sendo que a forma de contratação e o regime de trabalho depende da instituição gestora das unidades de saúde do seu estado. Assim, busque se informar como é a realidade aonde você reside, para entender o processo de admissão.

Médicos recém formados também podem prestar concursos médicos, sejam deles de prefeituras, órgãos federais ou até das Forças Armadas. E por falar nelas, você também pode ser médico voluntário do exército, marinha ou aeronáutica pelo período de 1 ano, e a remuneração é boa!

A necessidade de ganhar dinheiro rapidamente é a sua realidade? Então não fique preso na ideia de plantão, especialmente se ela te desagrada e interfere nos seus planos de vida.

Como ganhar dinheiro e me especializar?

A residência médica é a forma mais escolhida de especialização médica, mas não é a única. E para quem precisa começar a trabalhar, ela não é a mais indicada para recém formados.

Como residente, você precisará ter dedicação exclusiva, o que te impede de complementar a renda com outros trabalhos. Além disso, a bolsa fornecida aos residentes não costuma dar conta das necessidades financeiras de quem precisa pagar uma dívida da faculdade, ajudar a família ou começar a se sustentar. Então, para muitas pessoas, sair da faculdade fazendo residência não é uma opção.

Mas se a ideia de parar o investimento acadêmico e não se especializar te incomoda, uma Pós-Graduação em Medicina pode ser pra você! Afinal, com uma Pós você não precisa de dedicação exclusiva. Então pode continuar dando seus plantões ou trabalhando em uma unidade de saúde.

Ao contrário do que muitos pensam, a Pós não serve como um atalho para quem não quer fazer residência. Mas sim como uma forma de agregar conhecimento médico a respeito de uma especialidade, para melhorar a sua prática clínica e se destacar no mercado. Assim, é muito melhor optar por uma Pós do que apenas continuar trabalhando sem especialização.

Conheça a Pós-Graduação em Medicina da Sanar

Perguntas Frequentes:

1 – Por que fazer uma pós graduação e não uma residência médica?

Ao contrário do que muitos pensam, a Pós não serve como um atalho para quem não quer fazer residência. Mas sim como uma forma de agregar conhecimento médico a respeito de uma especialidade, para melhorar a sua prática clínica e se destacar no mercado. Assim, é muito melhor optar por uma Pós do que apenas continuar trabalhando sem especialização.

Compartilhe com seus amigos: