Carreira em Medicina

Prova de título em Medicina de Emergência: o que é, etapas e mais

Prova de título em Medicina de Emergência: o que é, etapas e mais

Compartilhar
Imagem de perfil de Especialização Médica

Tudo que você precisa saber sobre a prova de título em medicina de emergência (pré-requisito, etapas e funcionamento). Aprenda com a Sanar!

Quer ser especialista em emergência? A Prova de Título em Medicina de Emergência pode ser um caminho. Especialidade responsável pelo diagnóstico e tratamento de pacientes que tenham uma doença aguda ou lesão que precise de suporte imediato. 

Além disso, a especialidade também vem da necessidade de ter uma organização do sistema de atendimento às urgências e emergências.

Vale ressaltar que os médicos que almejam atuar nesses ambientes devem ter muita habilidade e aptidão. Afinal, na maioria dos casos, estarão cuidando de pacientes vivendo os piores momentos de suas vidas. 

História da Medicina de Emergência no Brasil

A história desta especialidade é recente, pois ela só deixou de ser uma subespecialidade clínica na década de 90. O site da Associação Brasileira de Medicina de Emergência (ABRAMEDE) disponibilizou um breve resumo. Para que você fique por dentro listamos os momentos mais importantes abaixo: 

Primeiros passos

  • 1992 – Criação da disciplina de emergências clínicas na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Ainda neste período foram criados os primeiros sistemas de atendimento pré-hospitalar do país em Campinas, Ribeirão Preto e Porto Alegre;
  • 1996 – Criação da primeira residência de medicina de emergência em Porto Alegre. No momento inicial era uma subespecialidade clínica, mas logo adotou um modelo de área básica, com formação de 3 anos;

Início das associações

  • 2002 – Fundação da SOBRAMEDE (Sociedade Brasileira de Medicina de Emergência), porém durou pouco tempo; 
  • 2003 – Fundação da Associação de Medicina de Emergência do RS – AMERS; 
  • 2002 – Implantação do SAMU em todo o Brasil com foco em organizar serviços dedicados ao atendimento às emergências; 
  • 2007 – Realização do primeiro Congresso Brasileiro de Medicina de Emergência acontece em Gramado; 

Início da ABRAMEDE e outros avanços na especialidade

  • 2008 – Fundação da ABRAMEDE (Associação Brasileira de Medicina de Emergência); 
  • 2008 – Criação da segunda residência médica de medicina de emergência do Brasil em Fortaleza (CE);
  • 2009 – Realização do 2° Congresso Brasileiro de Medicina de Emergência; 
  • 2013 – O Conselho Federal de Medicina (CFM) reconheceu a especialidade; 
  • 2015 – Conselho Científico de Especialidades da Associação Médica Brasileira (AMB) aprovou a criação da especialidade; 
  • 2016 – A ABRAMEDE se tornou oficialmente a representante da especialidade.

Após essas datas, a especializada começou a ganhar cada vez mais reconhecimento e valorização. Atualmente, vários são os encontros científicos de emergencistas.

Também começaram a surgir resoluções sobre medicina de emergência, principalmente voltadas para o funcionamento dos pronto-socorros, SAMU, UPAs, etc. 

Vale acrescentar ainda que atualmente já existem + de 40 centros de formação de emergencistas no Brasil. Anualmente, a ABRAMEDE promove a aplicação da prova de título de especialista em parceria com a AMB. 

A Associação Brasileira de Medicina de Emergência (ABRAMEDE) 

A ABRAMEDE foi criada com o objetivo de apoiar e qualificar o atendimento de emergência. A associação promove jornadas, simpósios e cursos voltados para potencializar os conhecimentos em práticas de emergência. 

Médicos, residentes, estudantes de medicina e outros profissionais da saúde podem se associar à ABRAMEDE.

Para isso, só é necessário acessar o site deles, criar uma conta, preencher os dados necessários e fazer o envio da documentação exigida. 

Após a aprovação dos dados e documentos, os associados garantem benefícios. Entre eles: descontos em eventos e cursos da associação e de parceiros da associação e outros.

Prova de título em Medicina de Emergência: o que é, como funciona e mais

Anualmente, a ABRAMEDE, em parceria com a AMB, promove a prova de título em Medicina de Emergência.

Os interessados devem se inscrever, fazer o envio de todos os documentos exigidos para confirmar a formação e passar por todas as etapas do processo seletivo. Confira tudo que você precisa saber: 

Pré-requisitos para realizar a prova

Os médicos que desejam se tornar especialistas em medicina de emergência podem buscar a obtenção do título de especialista através da realização da prova de título em medicina de emergência.

No entanto, para realizar a prova de título em medicina de emergência, é necessário preencher alguns pré-requisitos estabelecidos pelas entidades responsáveis pela prova. Esses pré-requisitos têm como objetivo garantir que o candidato tenha as habilidades e conhecimentos necessários para atuar como especialista em medicina de emergência. São eles:

Candidatos com treinamento específico na área ou residência completa em medicina de emergência: 

  • Possuir pelo menos 3 anos de formado até o último dia de inscrição do concurso. E apresentar o certificado de conclusão de residência médica em Medicina de Emergência reconhecido pela CNRM/MEC. 
  • Possuir pelo menos 3 anos de formado até o último dia de inscrição do concurso. E apresentar certificado de conclusão de Programa de Especialização em Medicina Emergência (PEME) reconhecido pela ABRAMEDE.
  • O certificado de conclusão de Residência Médica em Medicina Emergência no exterior será aceito caso seja validado de acordo com as normas do CNRM/MEC. 

Candidato que não tem formação na área: 

  • Experiência mínima de 24h semanais como plantonista/coordenador em serviço de Emergência fixo e/ou móvel, por pelo menos 6 anos, ininterruptamente.
  • Conta apenas se você tem experiência profissional em território brasileiro.
  • Pontuação mínima de 70 pontos na análise curricular. 

Inscrição 

A ABRAMEDE divulga todo ano edital para fazer prova de título. Atendendo aos pré-requisitos exigidos, os interessados devem fazer a inscrição no site da associação. Inserir os dados cadastrais, confirmá-los, fazer o envio dos documentos solicitados e pagar a taxa de inscrição.

No ano de 2022 custou R$ 1.600 para associados da ABRAMEDE e R$ 2.600 para não associados.

Como funciona as etapas da Prova de título em Medicina de Emergência? 

O processo seletivo conta com uma prova objetiva, análise curricular e uma prova prática.

As avaliações têm como objetivo avaliar o conhecimento, as habilidades e atitudes recomendadas para a atuação no exercício da Medicina de Emergência.

Primeira etapa

Prova objetiva de 120 questões de múltipla escolha, com 4 alternativas e apenas 1 opção correta, valendo 10 pontos. A 1° etapa possui caráter eliminatório.

Para ser considerado aprovado(a), é preciso atingir índice de pelo menos 70% de acertos em relação a maior nota aferida após julgamento dos recursos. 

Segunda etapa

Prova prática é uma avaliação de conhecimento em discussões de 5 cenários relacionados a Medicina de Emergência. É de caráter eliminatório.

A análise curricular é avaliado o envolvimento e a dedicação do candidato com a especialidade e foco na pontuação de atividades relacionadas à área. 

Emissão do título 

Após ser aprovado(a) no exame, o(a) candidato(a) recebe um e-mail com informações para preencher um formulário cadastral para solicitar a confecção do título de especialista.

Vale acrescentar que o(a) candidato(a) é responsável por arcar com os custos da confecção. 

Quer se aprofundar mais em Medicina de Emergência?

Você deseja estar preparado para lidar com as mais diversas situações de emergência e ser capaz de tomar decisões rápidas e precisas? A Sanar oferece um curso de pós graduação completa em medicina de emergência.

Nosso programa é projetado para preparar médicos para lidar com emergências médicas complexas e desafiadoras. Além disso, nosso conteúdo é ministrado por especialistas em medicina de emergência e combina aulas práticas e conteúdo online, para que você possa aprender de forma flexível e prática.

Sugestões de leitura complementar

Veja também: