Questões na prática

Pediatria

Doenças Respiratórias

A bronquiolite é uma doença respiratória aguda de crianças, que incide principalmente durante o inverno e primavera. Na definição do tratamento, é importante afirmar que:

A
a teofilina é a droga de primeira opção terapêutica.
B
as medidas de suporte resolvem a maioria dos casos.
C
o corticoide está indicado nos casos de quadros recorrentes.
D
os antibióticos de amplo espectro estão indicados em lactentes jovens.
E
o uso de broncodilatadores venosos diminui o tempo de evolução da doença.
Na síndrome compartimental aguda dos membros inferiores, o achado clínico inicial de maior sensibilidade para o diagnóstico é:
Uma paciente de 70 anos, hipertensa, apresenta quadro súbito de dificuldade na articulação da palavra e perda dos movimentos do dimídio direito, com reversão completa e espontânea após 20 minutos. Ao exame clínico apresenta-se consciente e lúcida, sem déficits motores aparentes; corada eupneica; PA: 145 x 95 mmHg; pulso arrítmico e acelerado (120 bpm); ausculta cardíaca sem sopros, pulmões livres, sem anormalidades nos pulsos periféricos. O eletrocardiograma revela taquiarritmia ventricular por fibrilação atrial; sua tomografia computadorizada não evidenciou sinais de sangramento cerebral e não havia ateromatose apreciável no ultrassom das carótidas. Qual a conduta imediata mais adequada:
Você recebeu um lactente de 6 meses com história de estridor desde os primeiros dias de vida. Na anamnese, você registra que o ruído surgiu nos primeiros dias de vida e que vem se agravando a cada dia, não ocorrendo variações com as mudanças de decúbito. O lactente já foi atendido em emergência duas vezes, pois apresentou cianose e sufocação durante as alimentações. A mãe não observou choro rouco. Nos antecedentes, o parto foi cesáreo, a termo, sem intercorrências, Apgar 9/10. Nas suas considerações diagnósticas, em primeiro lugar, você incluiria:
Muito frequentemente alguns pacientes são rotulados pela equipe de saúde como pacientes problemas. Dentro deste rótulo são englobados um amplo conjunto de problemas psicosociais e físicos que se manifestam como demandas por atenção. Estes casos geram intenso sofrimento aos pacientes e familiares, grande apreensão para os profissionais de saúde e gastos elevados para o sistema de saúde. Estes casos têm sido classificados como Transtornos Somatoformes. Na avaliação e conduta destes casos é INCORRETO afirmar:
Compartilhar