Questões na prática

Clínica Médica

Preventiva

Infectologia

Pneumologia

Dermatologia

Dermatologia

A busca ativa e investigação dos sintomáticos respiratórios é uma boa estratégia para se detectar precocemente os casos novos de tuberculose e iniciar o tratamento. Considera-se falência do tratamento:

A
Prescrição de um esquema de drogas para um doente já tratado.
B
O doente que, após iniciar o tratamento para tuberculose, deixou de comparecer à Unidade de Saúde por mais de trinta dias consecutivos.
C
A persistência da positividade do escarro, ao final do quarto ou quinto mês de tratamento, tendo havido ou não negativação anterior do exame.
D
O doente com tuberculose em atividade que já se tratou anteriormente e recebeu alta por cura e a data do diagnóstico de recidiva não ultrapassem cinco anos.
E
Os pacientes que nunca se submeteram à quimioterapia antituberculosa ou fizerem-na por menos de trinta dias.
Qual das afirmações abaixo, a respeito da colangite, é verdadeira?
Em relação à ascite é CORRETO afirmar:
Primigesta, 33 anos, chega ao pré-natal com 28 semanas de gestação, considerada a data da última menstruação. Ainda não realizou nenhum exame complementar. Na realidade, esta é a primeira vez que vai a um médico. Ao exame físico, constata-se feto único, FU: 26 cm, BCF: 144 bpm, regular, e PA: 160 x 100 mmHg. O exame destinado a fazer o diagnóstico diferencial entre Doença Hipertensiva Específica da Gravidez (DHEG) e hipertensão crônica é:
Na gravidez ectópica, o aspecto do endométrio mais sugestivo é:
Compartilhar