Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Neurologia

Cirurgia Geral

A cefaleia que aparece após uma raquianestesia:

A
Independe do calibre da agulha.
B
É agravada quando o paciente deita.
C
Aparece logo após o término do efeito de raquianestesia.
D
É aliviada quase que imediatamente após um tampão (“patch”) de sangue epidural no mesmo local da raqui.
E
É facilmente tratada com analgésicos (dipirona ou paracetamol).
Paciente de 35 anos, nuligesta, ciclos menstruais regulares, comparece à consulta com ultrassonografia endovaginal evidenciando lesão em parede posterior de corpo uterino, subserosa e intramural sugestiva de Leiomioma. A melhor conduta neste caso é:
Considera-se como de baixo risco o tumor de próstata que apresenta as seguintes características:
Vinicius, 45 anos, é empresário e viajará para Manaus a trabalho por 6 meses. Queixa-se de rouquidão pela manhã e azia há 4 anos. Sua mãe contava que ele apresentava episódios de diarreia na infância, acompanhados de distensão abdominal, cólica e assaduras (dermatite) persistentes. Na época foram retirados de sua alimentação o leite e seus derivados, sendo permitido o uso de iogurte. Evoluiu sem sintomas até a adolescência quando abandonou a dieta. Ao exame físico está eutrófico. Foram prescritos alguns medicamentos sintomáticos e inibidor de bomba de próton (IBP), proposta a investigação diagnostica e a profilaxia de doenças do viajante Vinicius está assintomático após um mês de tratamento diário com IBP. A endoscopia digestiva mostra esôfago de Barret e a histopatologia afasta displasia. A esofagomanometria revela pressão normal do esfíncter esofagiano inferior e ausência de distúrbios motores. A esofagomanometria é exame:
Paciente feminino, 49 anos, emagrecimento de 8 kg nas últimas 4 semanas, insônia, tremores e labilidade emocional. Peso atual = 72 kg. Tireóide de tamanho normal, sem nódulos, móvel e de consistência fibroelástica. Exames laboratoriais: TSH 0,001 (referência: 0,4-4,0mUI/mL) e T4L 1,60 (referência: 0,8-1,9ng/dL). Anticorpo anti-tireoglobulina positivo. Captação tiroidiana nas 24h (I131): 20%. A PRINCIPAL HIPÓTESE diagnóstica é: Referência: GOLDMAN, L.; AUSIELLO, D. Cecil - Tratado de Medicina Interna - 21ª Edição
Compartilhar