Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

A coarctação da aorta costuma estar associada a outros defeitos congênitos, cardíacos ou vasculares. Dentre as anormalidades associadas, assinale a mais frequente, e que costuma apresentar repercussão hemodinâmica na evolução tardia dos pacientes portadores de coarctação da aorta corrigida.

A
Duplo arco aórtico
B
Comunicação interventricular
C
Válvula aórtica bicúspide
D
Persistência do canal arterial
E
Displasia da valva mitral
Bebê com 30 dias de vida, sexo masculino, nascido a termo, sem comorbidades, em aleitamento materno exclusivo. Há um dia começou a apresentar episódios de regurgitação que evoluíram para vômitos em jato após aproximadamente 12 horas. Ao exame apresenta-se desidratado (++/++++). afebril e sem alterações do exame físico abdominal. Considerando-se o quadro acima, qual exame a ser solicitado e o diagnóstico mais provável?
Mulher de 54 anos, hipertensa apresenta sangramento nasal ativo há 200 minutos. Apresenta sinais vitais estáveis sem outras comorbidades. Diz que isso lhe acontece com frequência e geralmente consegue estancar o sangramento com as medidas inicias que seu médico lhe recomendou (pressionar o nariz entre o polegar e o indicador, limpeza nasal, assoar o nariz para remover coágulos de sangue remanescentes e até usou oximetazolina a 0,05% na forma de spray nasal), mas desta vez, nada parece resolver. Neste caso, sua conduta é:
Quanto aos aspectos cirúrgicos mais prevalentes na infância, assinale a alternativa correta.
Criança de 10 anos, sexo feminino, procura atendimento na UPA apresentando quadro de epistaxe moderada. História de 4 episódios nos últimos dois meses. Exame físico: Corada, sem sinais de fenômenos hemorrágicos em outros locais. Ao exame local irritação apresenta irritação da região anterior do septo nasal com pontos de sangramento visíveis. A conduta inicial a ser instituída deve ser:
Compartilhar