Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

A conduta em uma paciente de 50 anos, sem alteração palpatória e sem biópsia prévia, com alteração mamográfica com area espiculada do tipo cicatriz radial de 1,5 cm, classificada como categoria BIRADS IV (suspeita de malignidade), é:

A
punção aspirativa com agulha fina orientada por estereotaxia.
B
biópsia percutânia com agulha grossa orientada por estereotaxia.
C
biópsia percutânia por mamotomia orientada por estereotaxia.
D
biópsia excisional precedida por agulhamento.
E
biópsia aspirativa com agulha grossa orientada por esterotaxia.
Um doente de 15 anos com comprometimento neurológico múltiplo, cujo exame ocular revela a existência do anel de Kayser-Fleischer, o diagnóstico que se impõe é a doença de:
Mulher, com 19 semanas de gestação chega à maternidade com um quadro de abortamento em curso. Houve expulsão de um feto de 350 g, 18 cm, apresentando movimentos respiratórios e batimento do cordão umbilical. Após 30 minutos, constatou-se o óbito do feto. Qual (is) documento (s) deve (m) ser emitido (s) pelo médico obrigatoriamente?
Segundo as recomendações do Plano Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, a vacina Tríplice Viral deve ser aplicada, pela primeira vez, aos 12 meses de idade. O tipo de vacina utilizado e o critério para escolha desta idade são, respectivamente:
Mulher de 35 anos, G2P2, previamente hígida, com ciclos menstruais regulares e fluxo normal, já tendo realizado ligadura tubária, foi encaminhada ao ambulatório de Ginecologia por apresentar, ao exame citopatológico de colo uterino, células glandulares atípicas. Sobre este caso, considerar as assertivas abaixo: I - Os dados permitem suspeitar-se de carcinoma invasor. II - A colposcopia está indicada. III - A cirurgia de alta frequência (CAF) é preferível a conização a frio. É (são) correta (s) a (s) assertiva (s):
Compartilhar