Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

A conduta na retenção da placenta no secundamento com hemorragia copiosa é a:

A
curagem.
B
curetagem.
C
histerectomia.
D
observação.
E
capitonagem.
Mulher de 71 anos procurou auxilio médico com queixa de fraqueza e coloração amarelada da esclera e urina escura. Negou uso de álcool, medicamentos e drogas ilícitas. Ao exame observou-se icterícia. O baço e o fígado não eram palpáveis. Os exames complementares evidenciaram: anemia normocitica e normocrônica com hemoglobina =10,1g%, bilirrubina sérica total <8,9g/dL, fosfatase alcalina = 3 vezes o limite superior de referência (LSR), gama- glutamiltransferase = 4 vezes o LSR, e presença de bilirrubina na urina ao exame pela fita reagente. Os demais aspectos do exame de urina não evidenciavam alterações e as aminotransferases estavam dentro dos valores de referência. Considerando-se os dados clínicos e as alterações laboratoriais observadas, qual seria o próximo passo na abordagem diagnóstica deste caso ?
Com relação à reanimação neonatal, assinale a opção INCORRETA:
Paciente do sexo feminino, 68 anos, apresenta hipertensão arterial sistêmica de 160 X 110mmHg, diabetes mellitus tipo 1 e angina estável. Indicado tratamento cirúrgico para colecistolitíase sintomática não-complicada. Em relação ao pré-operatório dessa paciente podemos afirmar, EXCETO:
Pré-escolar de 9 anos, previamente hígido, iniciou há 5 dias com quadro de amigdalite, sendo prescrito amoxicilina. Há 2 dias houve piora do estado geral, com surgimento de cefaleia, vômitos e rigidez de nuca. Procurou atendimento de urgência, sendo diagnosticada meningite bacteriana e iniciado antibioticoterapia venosa com ceftriaxone. A via de infecção e etiologia mais prováveis do quadro meníngeo são:
Compartilhar