Questões na prática

Clínica Médica

Reumatologia

A confirmação diagnóstica da gota é feita quando há:

A
hiperuricemia.
B
lesões em sacabocados justarticular.
C
neutrofilia com linfopenia no líquido sinovial.
D
cristais de birrefringência negativa forte intraleucocitários no líquido sinovial.
Escolar de 8 anos foi encaminhado ao pediatra por solicitação da professora por ser agitado, desatento, não está alfabetizado e troca letras e sílabas. Os pais referem que a criança em casa é tranquila e gosta de trabalhos manuais. Brinca com outros amigos. História prévia de otites médias de repetição. O provável diagnóstico é:
Recém-nascido, filho de mãe negra, de parto normal, com ruptura de bolsa amniótica no momento do parto, atendido na sala de parto, apresentou ao nascimento lesões cutâneas em face, nuca e dorso, algumas com conteúdo de coloração amarelada que evoluíram para máculas acastanhadas. O diagnóstico provável é:
Recém-nascido a termo com seis horas de vida, com provável encefalopatia hipóxico-isquêmica, decorrente de asfixia neonatal, apresenta episódios subintrantes de crises convulsivas clônicas multifocais. Para o tratamento inicial dessa condição, deve-se iniciar a seguinte droga:
Mulher de 68 anos com diagnóstico prévio de megaesôfago chagásico foi internada para tratamento de pneumonia aspirativa. Prescreveu-se: amoxicilina-clavulanato, 1500 mL de soro glicosado a 5% para hidratação venosa e dieta enteral padrão (1,2 Kcal/ml) a 80 mL/h, durante 24 horas. A paciente evoluiu bem nos primeiros dois dias, observando-se desaparecimento da febre e redução da frequência cardíaca e respiratória. No 3º dia, desenvolveu diarreia (quatro episódios/dia) e edema discreto de membros inferiores. Exames laboratoriais neste dia: glicemia = 188 mg/dL, níveis séricos da ureia = 23 mg/dL, sódio = 133 mEq/L, potássio = 2,7 mEq/L e fósforo = 1,2 mg/dL. Qual o diagnóstico mais provável?
Compartilhar