Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Gastroenterologia

Neurologia

A constipação intestinal é um sintoma frequente na faixa etária pediátrica. Sobre ela, é incorreto afirmar:

A
A informação sobre eliminação do primeiro mecônio, além da ausência de incontinência fecal crônica, é importante na suspeita de doença de Hirschsprung.
B
O enema opaco não é útil para avaliar dilatação de segmentos colônicos secundária à retenção fecal contínua, portanto, não deve fazer parte da investigação de constipação crônica na pediatria.
C
Na doença de Hirschsprung, é útil a manometria anorretal que evidencia a ausência de reflexo inibitório retoanal.
D
A desimpactação fecal deve ser realizada antes de se iniciar a terapia de manutenção, pois a remoção das fezes retidas suprime ou reduz as possíveis alterações secundarias à retenção fecal.
E
O uso de laxantes lubrificantes, como o óleo mineral, não deve ser usado em crianças menores de 1 ano e naquelas que têm risco de aspiração, como os neuropatas.
Em uma radiculopatia compressiva de 1,5 unilateral, qual quadro clínico é compatível:
São cardiopatias cianóticas com hipofluxo pulmonar, exceto:
Júlio, de 26 anos, queixa-se de dor de cabeça e pressão na face há 4 dias, secreção nasal, febre não aferida e mal-estar geral. Acha que pode ser sinusite. Ao exame físico, a temperatura axilar é de 37,2° C, sente dor à palpação dos seios da face e percebe-se gotejamento nasal posterior. Assinale a alternativa que apresenta a melhor abordagem para o caso.
Criança de 8 meses é levada à emergência com quadro de diarreia aguda, sem sangue e com desidratação leve. Com a introdução de soro oral, ocorre um aumento da frequência das evacuações. A conduta deve ser:
Compartilhar