Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

A cripta de Lieberkuhn:

A
É encontrada em todas as partes do esôfago e estomago
B
É encontrada em todas as partes do intestino delgado, entre as vilosidades intestinais
C
A célula de Paneth não faz parte da cripta
D
Não é composta de células calciformes e enterócitos
E
É composta somente por enterócitos
Lactente de 10 meses com peso de 11 kg é atendido no pronto-socorro pediátrico com queixas de que há 12 horas alterna momentos de irritabilidade e choro com sonolência. Vomitou duas vezes no início do quadro e apresentou uma evacuação amolecida. Há 2 horas piorou, ficando extremamente letárgico. Antecedentes de que há 10 dias apresentou um quadro respiratório alto com coriza, tosse e febre, sendo medicado com dipirona para “dor de ouvido”. Ao exame físico, observa-se uma criança com temperatura de 36,3°C, extremamente letárgica, que reage a estímulos dolorosos. No exame abdominal, palpa-se uma massa no quadrante superior direito. Esse quadro sugere:
M.F.I., 47 anos, sexo masculino, hipertenso e diabético tipo II não insulino-dependente, queixa-se de dificuldade de deambulação devido perda da sensibilidade nos membros inferiores há 3 horas. Apresenta extremidades inferiores frias bilateralmente, pulsos não palpáveis. Considerando um quadro de oclusão arterial aguda, o que torna o membro isquêmico inviável é:
Renato, 5 anos, apresenta tumoração na linha cervical média com evolução de 6 meses, móvel à deglutição, indolor, sem sinais inflamatórios e de caráter cístico à ultrassonografia. O diagnostico MAIS provável é:
Criança de 4 anos, previamente hígida, apresenta sangramento retal importante, com queda significativa de hematócrito/hemoglobina. Endoscopia alta e colonoscopia normais. Para esse caso, o diagnóstico MAIS provável é
Compartilhar