Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

A Embolia Pulmonar tem uma frequência que varia de 20 a 25 por 100.000 pacientes hospitalizados nos E.U.A. São causas de tromboembolia pulmonar, exceto:

A
Cirrose hepática.
B
Policitemia.
C
Uso de anovulatório.
D
Câncer disseminado.
E
Fibrilação atrial.
O teste do coraçãozinho é obrigatório em todos os pacientes do SUS, tendo grande importância na triagem neonatal de cardiopatias congênitas críticas dependente de canal arterial. É CORRETO afirmar:
G.C., 17 anos queixa-se de tumor em região cervical anterior, único, indolor, sem dor à palpação e com movimentação craniocaudal à manobra de Sistrunk. A principal hipótese diagnóstica e o exame mais indicado na investigação são:
Homem de 65 anos procurou o pronto-socorro com queixa de dificuldade miccional há três anos, caracterizada por micção com jato fraco e gotejamento terminal, intervalo miccional diurno de aproximadamente uma hora e nictúria de quatro vezes por noite. Há uma semana refere aumento da frequência miccional com micções a cada 10 minutos em pequena quantidade e jato urinário reduzido. Há dois dias apresenta quadro de fraqueza e vômitos. Ao exame físico, apresenta-se afebril, eupneico, pulso = 8 bpm; PA = 150 x 100 mmHg; globo vesical palpável na altura da cicatriz umbilical e o toque retal revelou próstata aumentada com nódulo endurecido de cerca 8 mm na base do lobo lateral D. Os exames complementares revelaram ureia = 90 mg/dl; creatinina = 8,5 mg/dl; sódio = 142 mEq/L e potássio 4,8 mEq/L. A ultrassonografia mostrou bexiga de esforço com resíduo pós-miccional de 400 ml e próstata com peso aproximado de 70 g, além de uretero-hidronefrose bilateral. A melhor conduta inicial consiste em:
Qual das seguintes medicações pode precipitar o glaucoma de fechamento angular agudo?
Compartilhar