Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

A estudar a anatomia das artérias coronárias, observou-se que a dominância é atribuída ao sistema da artéria coronária direita (ACD), pergunta-se (assinalar uma resposta correta):

A
a artéria do nódulo sinoatrial provém da origem da ACD em 90% dos corações normais.
B
quando a dominância é direita, a ACD não ultrapassa a cruz do coração e dá origem aos ramos descendente posterior e posterolateral direito.
C
praticamente em 90% dos corações humanos o nódulo atrioventricular é irrigado por ramos da ACD.
D
ocasionalmente a artéria descendente posterior (ADP) nasce tanto da ACD, quanto da artéria circunflexa esquerda: neste caso a dominância é esquerda.
E
a artéria circunflexa esquerda dá origem à artéria descendente posterior em 90% dos casos.
Paciente de 63 anos, sexo masculino, apresentando quadro de icterícia e perda de peso não especificada, queixando-se de astenia, inapetência e prurido intenso. Exames laboratoriais revelam Hb: 10mg/dl, HTC: 30%, Bilirrubina total: 24,7 mg/dl ; leucocitos : 9300, Bastoes : 3, bilirrubina direta : 20,1mgldl; bilirrubina indireta:4,6mg/dl; TGO: 512, TGP: 316 e FA: 2100. Diante do exposto, qual o provável diagnóstico?
Qual o cuidado pré-operatório de herniorrafia em homem de meia-idade para o procedimento cirúrgico de Stoppa?
Paciente de 15 anos, sexo masculino, vitima de queda de árvore, com fratura de arcos costais à esquerda, apresentando-se com, EGB, FC: 84 BPM, e PA; 110/70 mmHg. USG abdominal revelou pequena quantidade de liquido cavitário, baço com-lesão capsular extendendo-se ao parênquima e vasos trabeculares, conservando hilo, sem lesões associadas. Radiografia abdominal sem alterações. A lesão esplênica é classificada como:
Com relação ao uso do teste tuberculínico para o diagnóstico de tuberculose, considerar as assertivas abaixo: I - Resultados falso-negativos são comuns em pacientes imunodeprimidos. II - O resultado do teste pode indicar reator forte mesmo na ausência da doença. III - Em indivíduos imunocompetentes, um teste não reator é útil para excluir a doença. É (são) correta(s) a(s) assertiva(s):
Compartilhar