Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

A experiência clínica demonstra que o fármaco ideal para o tratamento hipotensor da eclâmpsia deveria: reduzir a pressão arterial, principalmente a diastólica; atuar predominantemente sobre o fator humoral, responsável pela hipertensão; amenizar a resistência circulatória geral; melhorar o fluxo sanguíneo em cérebro, rins e sistema útero placentário; elevar o débito cardíaco e diminuir a excitabilidade neuropsíquica. Quais as drogas hipotensoras que mais se aproximam desses efeitos?

A
Hidralazina e clorpromazina.
B
Metildopa e nifedipina.
C
Nifedipina e nitroprussiato de sódio.
D
Diazóxido e sulfato de magnésio.
E
Hidralazina e nifedipina.
Recém-nascido com 15 dias de vida, com peso ao nascimento de 3.800 g e peso atual de 4.350 g, foi trazido ao ambulatório por apresentar coloração alaranjada da pele que atingiu face, tronco, abdômen e raiz dos membros. A mãe informou que a criança vinha sendo amamentada, exclusivamente, ao peito e que tanto ela como o filho eram O+. O valor obtido no bilicheck transcutâneo foi 13, razão pela qual encaminhou-se o paciente para internação no hospital. Os exames laboratoriais mostraram bilirrubina total de 19 mg% e hemoglobina de 16 g%. Qual o tipo de fototerapia mais adequado para o tratamento deste recém-nascido?
Criança e três anos e 6 meses, com história de tosse produtiva há quinze dias, inaptência, febre não aferida e tumefação cervical à direita. Ao exame físico, mostra-se emagrecida, percentil 10 do gráfico de crescimento e desenvolvimento, gânglio de 2,5 cm de diâmetro na região cervical à direita. Ausculta pulmonar comn estertores crepitantes na base do hemitórax direito. Fígado a 4 cm do rebordo costal direito. Restante sem anormalidades. Diante do relato, assinale a principal hipótese diagnóstica e a conduta complementar:
A afirmativa correta em relação à doença diverticular dos cólons é:
Leia o caso clínico a seguir. Um paciente de 28 anos, do sexo masculino, procurou atendimento médico devido a edema generalizado há dois meses, hipertensão arterial, história prévia de três episódios de hematúria macroscópica isolada nos últimos dois anos, sem investigação. Os exames solicitados revelaram: creatinina = 1,5 mg/dl, ureia = 52 mg/dl, dosagem de C3 normal, EAS com proteinúria +++, hemácias= 55000, pesquisa de hemácias dismórficas na urina positiva com presença de acantócitos, proteinúria = 3,9 g/24horas, hipoalbuminemia e hipercolesterolemia, sorologias positivas para vírus B, C e HIV negativas, FAN não reagente, ultrassom renal com rins de tamanho e volume normais. Foi submetido à biópsia renal percutânea.Os achados histopatológicos e o diagnóstico mais provável, nesse caso, são, respectivamente:
Compartilhar