Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Dermatologia

A hanseníase ainda é um importante problema de saúde pública no país, sendo uma doença de notificação compulsória em todo território nacional, devendo todo médico estar atento a possíveis casos novos. Para a descoberta de novos casos de hanseníase são necessários os seguintes passos: I. Anamnese e exame físico cuidadosos que resultem em uma suspeição diagnóstica. II. Confirmação diagnóstica. III. Internação e isolamento do caso. IV. Exame dos contatos do caso através de investigação epidemiológica. Estão corretas as afirmações:

A
I, II e III, somente.
B
I, II e IV, somente.
C
I, III e IV, somente.
D
II, III e IV, somente.
E
I, II, III e IV.
Em relação à rubéola, indique a alternativa incorreta.
Paciente, sexo masculino, 57 anos de idade, hipertenso e portador de fibrilação atrial crônica, cursando há 3 horas com dor em membro inferior esquerdo, associado à palidez cutânea, parestesia e diminuição da força muscular. Não possui antecedente de claudicação. Ao exame físico, apresenta fáscies de dor aguda, ausência, ausência de pulsos tibiais posteriores e pediosos no membro inferior esquerdo. Pulsos contralaterais normais. A síndrome de neoplasia endócrina múltipla tipo I corresponde às seguintes neoplasias:
Paciente, 24 anos de idade, G2P1A0, com gestação de 12 semanas, vem ao pré-natal referindo cansaço e tontura. Queixa-se, ainda, de náuseas e vômitos eventuais. Trouxe exames com Ht: 30%, Hb: 10, 2 g%, VCM e HCM diminuídos e RDW de 15,8%. Com a reposição adequada, espera-se que os níveis de hemoglobina aumentem semanalmente de:
Paciente, oito anos de idade, natural e procedente de Salvador, apresenta quadro de febre há 3 dias, com adinamia e dores pelo corpo, hoje foram notados exantema macropapular no tronco. O hemograma revelou Hb: 18, HTc: 46%, 4200 leucócitos, 58% segmentados, 5% bastões, 4% linfócitos. Plaquetas: 32000 mm³. O exame solicitado para esclarecimento diagnóstico é:
Compartilhar