Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

A incontinência urinária é definida como perda involuntária de urina, sendo um sintoma e não um diagnóstico. Perante uma paciente com esse sintoma, deve-se:

A
solicitar estudo urodinâmico para confirmar o diagnóstico e indicar cirurgia ou tratamento clínico.
B
concluir que a perda involuntária de urina tem como diagnóstico incontinência por hipermotilidade uretral.
C
concluir que a incontinência é devido à hipermotilidade vesical e prescrever medicações inibidoras desta contratibilidade.
D
solicitar exame urinário, medida de urina residual pós-miccional e gráfico de frequência e volume vesical.
A forma de câncer hepático primário mais frequentemente encontrada é o:
Num paciente com hipertensão arterial sistêmica, sem tratamento, espera-se que a ação do aumento do tônus simpático e da diminuição do tônus parassimpático venha determinar cronicamente alterações:
Adolescente do sexo feminino de 12 anos de idade vem para consulta por estar apresentando no último mês quadro de agitação, dificuldade de concentração e queda no rendimento escolar. Apresenta, ao exame físico, sudorese, taquicardia, emagrecimento, mãos úmidas e quentes, tremores finos de extremidades e aumento de volume em região cervical anterior, doloroso à palpação. A principal hipótese diagnóstica é:
Sobre amebíase intestinal, podemos afirmar que :
Compartilhar