Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

A indução do trabalho de parto está indicada quando os benefícios materno-fetais ultrapassam aqueles da continuação da gravidez. São indicações de indução do trabalho de parto, EXCETO:

Recém-nascido com 2 horas de vida apresentou convulsões. Trata-se de um recém-nascido a termo, adequado para a idade gestacional, com respiração espontânea ao nascer e Apgar no 1.º minuto de 7 e no 5.º minuto de 8, cuja mãe recebeu fenitoína durante a gestação. A hipótese diagnóstica mais provável para explicar as convulsões é
Lactente de 11 meses portador de atresia de vias biliares interna para realização de transplante intervivos no dia seguinte. A mãe conta que a criança apresentou febre há 1 dia e no dia da internação, irritabilidade, além de discreto aumento do volume abdominal. Ao exame físico apresenta-se ativa, ictérica, com ascite volumosa, ausculta pulmonar limpa. A conduta recomendada neste momento é:
Oito dias após um quadro viral com poucos sintomas respiratórios, pré-escolar de quatro anos apresentou dores abdominais muito intensas seguidas de vômitos persistentes, algumas vezes biliosos. Duas semanas após esse quadro, seu pediatra palpou uma massa em mesogástrio, pouco móvel, com aproximadamente 8 cm de diâmetro. O exame indicado e o provável diagnóstico são, respectivamente:
Lactente de 9 meses dá entrada no pronto-socorro com história de febre, diarreia e vômitos há 24 horas. Refere fezes líquidas, sem muco ou sangue, cerca de 20 episódios desde o início do quadro. Ao exame: Peso = 8kg, FC = 140 bpm, FR = 56ipm, Temperatura = 36,5º. Regular estado geral, irritado, intranquilo, chorando durante todo o exame. Perfusão periférica = 4 segundos. Olhos fundos, choro sem lágrimas, boca seca. Qual sua conduta diante desse paciente?
Compartilhar