Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

A infecção de parede abdominal na operação cesariana tem incidência em torno de 7% e representa a principal causa de infecção puerperal. Assinale dentro das afirmativas abaixo relacionadas, aquela que é falsa.

A
A tromboflebite pélvica séptica é geralmente unilateral e é mais comum à direita.
B
Quando se apresenta nas 48 horas o agente etiológico é único e geralmente Streptococcus do grupo B ou Clostridium Perfrigens.
C
Conduta correta é colher material para cultura, hemograma, drenagem do sítio infectado e antibioticoterapia parenteral com puérpera internada.
D
A fascite necrotizante é a complicação mais temida com mortalidade de 30%.
E
O uso de antibiótico profilático na cesariana só deve ser realizado em situações de risco como, por exemplo, na rotura de membranas para não selecionarmos flora.
Paciente deu entrada no pronto-socorro referindo perda visual abrupta há 12 horas no olho direito, sem dor associada e com pródromo de fotopsias. Ao exame, a acuidade visual no olho direito é de movimentos de mãos. Qual o diagnóstico e conduta mais adequados?
Qual das seguintes condições NÃO está associada à fístula perianal?
Em qual das situações relacionadas a seguir o exame do cariótipo provavelmente não ajudará no esclarecimento do diagnóstico?
Uma criança de 7 anos deu entrada no HUGO com febre (39º C) e dor intensa localizada na região metafisária proximal da tibia direita. Apático, anorético e com grande dificuldade para deambular há 24 horas. Ao exame fisico: joelho direito com edema (2+/4+) sem derrame articular, com flexoextensão preservada, calor e rubor. Exames complementares: leucocitose com desvio para a esquerda e VHS aumentado. Radiografias normais. Qual é o provável diagnóstico?
Compartilhar